Últimas

Segunda-Feira, 10 de Novembro de 2008, 13h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CÂMARA DE CUIABÁ

Espero que governador seja estadista, diz Edivá


Vereador Edivá Alves (PSDB) disputa presidência da Câmara
Foto: Romilson Dourado

   O líder do PSDB na Câmara de Cuiabá, vereador Edivá Alves, afirmou nesta segunda, em visita à redação do RDNews, esperar que o governador Blairo Maggi, principal "estrela" do PR no Estado, não prejudique os investimentos na Capital, após a vitória do tucano Wilson Santos, reeleito no segundo turno sobre o "afilhado" do governador, empresário Mauro Mendes (PR). "Se ele for um estadista, o fato de Wilson Santos ter vencido não vai prejudicar Cuiabá. Agora, se ele pensar com a cabeça da esposa dele, Terezinha Maggi, aí Cuiabá não terá mais investimentos", dispara o parlamentar. As críticas são uma resposta às declarações da primeira-dama sobre a administração de Santos frente à prefeitura nos últimos quatro anos. Para Terezinha, a área social da gestão tucana está um caos - saiba mais aqui.

   Sobre a disputa pela nova Mesa Diretora, Edivá Alves diz que espera a formação de um bloco de parlamentares compromissados com a imparcialidade e que trabalhem em harmonia com o Poder Executivo. Ele admite que está no páreo pela presidência do legislativo cuiabano, mas não se trata de "projeto pessoal". Lembra que a nova base governista é composta de 11 dos 19 vereadores. "Eu não penso que tem que ser eu o novo presidente. Coloquei meu nome porque acredito que posso contribuir. Vou assumir o quarto mandato como vereador e conheço muito bem o Regimento Interno da Casa", assegura.

   Mesmo assim, Edivá afirma que entre a coligação que ajudou a reeleger Santos, todos os 11 vereadores têm condições de assumir a presidência. "A coligação tem que se manter unida. Não pode se fragilizar porque acredito que dá pra conseguir vencer", diz ele. "Espero sinceramente que a nova Mesa Diretora não faça oposição ao Executivo por questões eleitoreiras".
  
   Edivá cita o projeto que previa o aumento do tempo da licença-maternidade de 4 para 6 meses. "Esse é um dos milhares de exemplos que existem na Câmara. O prefeito foi um dos primeiros a enviar o projeto para o Legislativo, mas a atual Mesa segurou e só colocou a mensagem em votação depois que o Estado aprovou. Eles agiram contra os interesses da sociedade", dispara o vereador tucano. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • goncalo carmindo de moraes junior | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O nobre vereador Ediva, esqueceu de dizer que nao foi eleito vereador na Eleiçao de 2004, ficando como suplente da vereadora Chica Nunes, Lueci Ramos,etc.E posteriormente assumindo em 2006 no lugar da Vereadora Chica Nunes.Espero que o prefeito reeleito Wilson Santos, reveja seus conceitos,quanto a eleiçao da Presidencia da mesa da Camara Municipal de Cuiaba/MT.

  • Ailon Rodrigo (Digão) | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    nobre vereador, o Governo do Estado nunca virou as costa pra nenhum municipio qto mais pra nossa Cuiabá. Este jeito de administrar atendendo apenas o reduto eleitoral é do seu partido PSDB, que só olha onde está seus aliados. A política do PR é bem diferente, por isto não se preocupa. Com relação a dona Terezinha, você realmente não tem a competencia de falar dela, pois qdo vc assumiu a pasta de Social do municipio nem se importo pelo menos favorecidos, e só pelo o orçamento em que o Estado estava disposto a passar. Tira a bunda da cadeira e vai atrás das 5.000 familias sem o bolsa auxilio, este estão precisando de vc, e para de ficar falando e começa agir, pelo menos agora, já que no 1º mandado vc não fez nada.

  • Flávio Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha o tanto que os tucanos metem!! Na campanha o WS disse que o governo do Estado não faz nada por Cuiabá, agora o Edivá quer que os investimentos do governo do Estado, em Cuiabá, continuem!! Oras bolas, como pode os investimentos do Estado na capital continuarem se o WS disse que o Estado não faz (investe)nada em Cuiabá???

    Quem vota no 45 é pq realmente adora a mentira!!

  • França | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Boa tarde a todos mas infelizmente esse nobre Ailon que esta em Jaciara que fala mal de Edivá mamou nas tetas da SETECS como chefe da informática por 06 anos so saiu pq passou em um concurso agora quer falar dos outros, para com isso, faça seu trabalho, deixa os outros trabalharem, agora 5 mil familias foram dos programas sociais naum e culpa do municipio mas do governo federal, pq quem cadastra e o muicipio e quem libera e o governo federal, precisa se informar mais e vc assim como os demais da bota ta desesperado, espere mais 04 anos, alias se é que ate la vc´s tem chanse ne rsssss, abraços a todos.

  • Jorge Henrique | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Oh cidadão Edivá,
    Larga de ser leiteiro kkkkkkk puxa saco, lambe pé kkkkkk
    Ah, avisa os narigudos q o SALÁRIO DA PREFEITURA ta atrasadoooooooooooooooooooooooo kkkkkkkkkkkk
    Wilson quer criar um clima artificial para justificar a sua incapacidade de cumprir promessas de campanha. Ele não cumpre nada do que fala. Acho uqe é isso que deveria mesmo ser fiscalizado.

    xiiiiiiiiiiiiii, salário já está atrasado. Dia 10 é hoje. Cadê notícia de pagamento dos funcionários da prefeitura?

    Ademais, pagar em dia é pagar no final do mês e não até o 5º dia últil. Essa foi uma medida criada para evitar atrasos, e acaba por dar folga malpagadores.

    Ai, gente, tadinho do Prefeito, ele esqueceu do pagamento rsrs.. Ôw Edivá, relembre seu companheiro, por favor! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Pedro Getúlio Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Espero que o nobre vereador reeleito eleja presidente da camara e faça uma boa administração! Edivá: Temos que deixar saudades por onde passamos então se eleja e mostre pra eles sua competencia! Abraços!

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É triste ver as mesmas figurinhas: Cuiabá sofreu quatro anos por ter um prefeito de faz-de-conta e uma Câmara Municipal que vergonhosamente não tem um projeto relevante, alíás, sumiu em dois anos com mais de SEIS MILHÕES DE REAIS.

    Menos da metade da população Cuiabana escolheu Wilson Santos. Infelizmente não temos escolha, a maioria perdeu, e não será surpresa já em 2009 aqueles que elegeram Wilson Santos terem mais uma decepção. O Brasil é um país emergente, porém Cuiabá não acompanha essa evolução. Enquanto tivermos políticos como Edivá, Wilson Santos, Chica Nunes, entre outros, certamente não teremos investimento de verdade em favor do povo. A frase não é minha, porém é verdadeira: Porque os políticos investirão em saúde e educação se o povo ignorante, fraco é mais fácil ser mantido em seu curral eleitoral.

  • matheus meira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Poís é Edivá teve na camara municipal por 4 mandatos e não aparece nunca fez nada que mereça reconhecimento.È lamentável que ainda apesar de tudo teve máquina (SME)pra usar os coitados dos professores interinos.Tão impopular,arrogante... deveria ir trabalhar com primeira dama do estado, pois os dois se parecem muito apesar dele falar mal assemelha-se a ela.

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este e o ediva que conheçemos,um politico que gosta de relativar a verdade,igualzinho ao seu chefe Wilson Santos.O governo Blairo Maggi que tanto ajudou a prefeitura de Cuiaba foi duramente atacado,e ate mesmo a hospitalidade que sempre foi a marca registrada da nossa cuiabania foi colocada em cheque quando o prefeito que e da querida cidade de Dracena-SP atacou os cuiabanos que vieram de fora como ele proprio e seu vice.Com certeza,apesar de não possuir procuração do gov.Blairo Maggi agira como sempre agiu de forma republicana que o povo espera de um verdadeiro estadista e faço votos que o nosso prefeito faça o mesmo,primeiro deixando a arrogância de lado e lembrando que governar e mandar com e respeite o povo honrrando os seus compromissos de campanha a começar mandando de volta o trabalho de asfalto aqui pro cpa que so foi ganhar para as equipes desaparecerem como numa bluma.

  • Maria de Jesus Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Felizmente o Governo Estadual não usa o método dos tucanos que forçou inúmeros diretores a apoiarem Edivã sob a ameaça de não reformar escolas...Cala a boca Edivá!!!Cala a boca!!!

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...