Últimas

Sexta-Feira, 27 de Fevereiro de 2009, 18h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

PALÁCIO PAIAGUÁS

Estado desembolsa R$ 6,5 mi com combustível

Secretário estadual de Administração, Geraldo de Vitto   O secretário estadual de Administração, Geraldo de Vitto, autorizou a assinatura de 51 contratos emergenciais, com validade de apenas dois meses, para o fornecimento de combustível ao Poder Executivo pela "bagatela" de R$ 6,5 milhões. Ou seja, serão gastos mais de R$ 3 milhões mensais com combustível para atender a administração estadual apenas no interior do estado. Os valores dos contratos variam. Vão de R$ 2 mil a R$ 295 mil. Em Cuiabá, o Executivo mantém contrato com a empresa BR Distribuidora. Geraldo de Vitto explica, por meio da assessoria de imprensa, que os contratos foram fechados em caráter emergencial porque a ADM Comércio e Distribuidora, empresa que prestava o serviço ao governo estadual, rompeu o contrato em janeiro sob a alegação de ter sido afetada pela crise econômica mundial.

   Ele explica ainda que mesmo com duração de dois meses, os contratos podem ser suspensos antes do prazo, assim que for realizada um novo processo licitatório para a contratação de uma empresa que substituirá a ADM. Nos contratos, porém, existe a cláusula sobre a possibilidade de prorrogação. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • MARCIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Carlos Roberto da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse é o governo que tinha como proposta o novo, ousado, mas que novo é esse? Como pode alguém romper um contrato assim, sem prévio aviso? E aquela coisinha chamada SUPREMACIA DO INTERESSE PÚBLICO SOBRE O PARTICULAR? Se realmente houve desequilíbrio econômico financeiro a Lei faculta a repactuação, oras, essa história está mal contada, ou será que alguém tem rabo preso?
    Esperemos que o Ministério Público acompanhe de perto essa recisão e a nova contratação, sem licitação, de irrisórios seis milhões e meio de reais...
    É só a ponta do iceberg, afinal, estamos em fim de governo e pra não fugir a regra, infelizmente, pois votei duas vezes nesse governo, a história parece que vai se repetir, começou na Segurança Pública.
    Acorda Governador Blairo, não me decepcione.

  • pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Orlandir Cavalcante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    este é o secretário do recadastramento?!
    Hum ele quer pegar os funcionários fantasmas do Estado?
    Coitado!!!!!!
    Primeiro ele não sabe que funcionario fantasma não é sinonimo de funcionario inexistente! MAs de funcionario que não trabalha!
    Segundo ele não sabe que os fantasmas foram os primeiros a se recadastrar pois vivem sem fazer nada! Só em busca de atestados medicos! logo foram os primeiros a providenciar toda a parafernalia de documentações que o recadastramento exige!!!!
    Eita falta do que fazer!!!!!!!

  • JUSEVAN AGENOR SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando por ocasião da contratação dessa empresa ADM, vi o Roberto França rasgar elogios aos irmões, que são proprietários da empresa. Disse que o Devito estava certo em valorizar o pessoal e o sistema da terra. Precisa agora o Roberto França mandar o pessoal saber porque realmente o Estado rompeu com os dois irmões da ADM e dar um novo recado. Estão dizendo que ouve calote nos Postos de Combutível do interior por parte da ADM, será Roberto? Queremos saber se isso é verdade.

  • joão nepomuceno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • paulo ricardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    mais uma vez o bom moço, na mídia, e outra vez metido em imbroiglio, só e somente só o governador acredita no de cujos, será porque , porque será?

    se bem me lembro ,o mocinho de olhos azuis , a poquíssimo tempo atrás aqui mesmo , nesta mídia, se vangloriava da política de aquisições da sua sad/mt., pricipalmente do item combus tível. o que aconteceu?

    é bom o sr. governador e a mídia darem uma olhadela em outros cotratos. por exemplo: o registro de preços de alimentaçãi, coof - brak, hospedagens,almoços, jantares. os contratos de telefonia , viche, maria. tava esquecendo ; o de lavagem de carros oficiais, finalizando o de manutenção do palacio paiaguás etc.etc.

    e a consignum. ta certo empresa privadíssima ter acesso à vida salarial de sevidores públicos? o que faz a sad, então? pra que a sad então? se até ALTERAÇÃO NO SALÁRIO E DESCONTOS DE SEVIDORES É GERENCIADA POR EMRESA CONTRATADA.

    que papel enfim, a sad executa no governo ,alem de gerenciar pessimamente a política de recursos humanos?

    a verdade é que não há gerencia em recursos humanos , em política salarial e outros bihos mais. a praxe em recursos humanos , é fazer concurso público e remunerar mal o servidor .

    e sad treina sevidores para que eles prestem serviços fora do estado ,porque o quadro de vagas pemanece elevado em função de baixissimos sa larios . resumo : faz-se concurso- treinam-se servidores prepram-se servidores- e os mesmos saem do estado- aí faz-se novo concurso e tudo continua com dantes ... e o dinheiro público seu deusvito? e a qualidade do serviço prestado à população?

    e as secretarias de gestão, cuja,criação diminuiria custos? com todos os cargos criados será que houve diminuição de custos? nos , cidadaõs pagadores de impostos queremos saber.

    SR. GOVERNADOR MANDA O BOTELHO LEVANTÁ


Rejeição a Abílio sobe e cai a de EP

abilio junior 400 curtinha   Nos últimos 15 dias, o candidato a prefeito da Capital, Abílio Júnior (foto), do Podemos, viu a rejeição aumentar 12 pontos percentuais, quase um por dia, saindo de 19% para 31%, de acordo com a nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada nesta sexta pela TV Centro América....

Fávaro deixa governador em saia-justa

carlos favaro 400 curtinha   O senador interino do PSD, Carlos Fávaro (foto), que busca a reeleição, deixou o governador Mauro Mendes (DEM) em uma saia-justa em Barra do Garças. Mendes, que já declarou apoio no horário eleitoral ao candidato à sucessão municipal Wellington Marcos, do mesmo...

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...