Últimas

Domingo, 29 de Novembro de 2009, 12h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SEGURANÇA PÚBLICA

Estado fará CDPs para reduzir superlotação nos presídios

   A construção de novos Centros de Detenção Provisória (CDPs) vai criar 1,2 mil novas vagas e deve "desafogar" as cadeias e presídios de Mato Grosso. O déficit de vagas para detentos é um grave problema no Estado. Neste ano, a Justiça determinou a interdição parcial, por exemplo, do presídio Capão Grande, em Várzea Grande, da cadeia de Comodoro e do presídio militar de Santo Antônio do Leverger, todos por falta de infraestrutura adequada e/ou superlotação. A segurança é tida como um dos "tendões de Aquiles" da administração Blairo Maggi (PR). O governo, por sua vez, fez entrega de dezenas de viaturas e trocou armamentos, mas enfrenta problemas com a falta de policiais, agentes prisionais e de cadeias e presídios. Os agentes, inclusive, ameaçam deflagrar greve nesta segunda (30).

  O secretário de Justiça e Segurança Pública Diógenes Curado administra um orçamento de R$ 826 milhões para este ano e tenta, sem êxito, sanar as deficiências. O Estado possui 53 cadeias e cinco penitenciárias, sendo elas a Central e Feminino Ana Maria de Couto (ambos em Cuiabá), Mata Grande, em Rondonópolis, de Água Boa e o Ferrugem, em Sinop, além do Centro de Ressocialização, em Cuiabá. A população prisional do Estado chega a 10,5 mil. Cada detento custa R$ 1,2 mil aos cofres públicos, o que corresponde a R$ 12,6 milhões mensais (R$ 151,2 milhões/ano). São gastos 27% do orçamento da Segurança com transporte, alimentação e tratamento médico dos reeducandos.

    Ampliação

    Até dezembro deste ano o governo promete ampliar a capacidade do sistema prisional em 1,2 mil vagas, em unidades de Cuiabá e do interior. Já inaugurou um CDP em Tangará da Serra para abrigar 152 detentos. No próximo ano, estão previstas a inauguração dos CDPS de Pontes e Lacerda, em janeiro, com capacidade de 152 reeducandos, de Juína, em junho, para 152 pessoas e de Peixoto de Azevedo, para daqui a um ano, com previsão de abrigar 256 presos. O secretário Curado afirma que serão investidos R$ 22 milhões nessas unidades. Em Cuiabá foi feita a ampliação de Penitenciária Central (antigo Pascoal Ramos), criando 350 vagas. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • IRINEU....advogado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito natural população não estar satisfeita com CDP em Peixoto, mas é um mal necessário, afinal tem que ser construído em algum lugar da região, Hospital Municipal, não dará conta da demanda mesmo que CDP tenha enfermaria e médico. O maior problema é o que fazer com as mulheres e os menores infratores, não há local para eles na região. Parabéns pela iniciativa, afinal Cadeia local é muito frágil, só serve para queimar carcereiros e diretores.

  • luis pela ordem | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o governo pode ate ter entregue viaturas mas em alto garças, ponte branca e araguainha naum chegou nenhuma só sucata interior esquecido e mais policiais naum chegaram tambem ta feio companheiro essa pianca ta mais pra propaganda do que pra verdade.

  • Elaine | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será menos PMs nas ruas, e mais violencia. Ora, é simples, vão tirar PMs das ruas e colocar nas cadeia criadas. Melhora para o preso que já roubou e matou, e, piora para o cidadão que trabalha e paga imposto. QUE INVERSÃO DE VALORES.

    Essa segurança bem que podia ajudar a PF a identificar os donos dos 4 milhões encontrados na eleição passada.

  • Mariana Xavier | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Brincadeira o que esse Governo Blairo Maggi faz com Mato Grosso, pois assume o deficit no final do seu governo, e ainda coloca que vai sanar ano que vem, coisas que eles não fizeram em 8 anos.

    Os Agentes Prisionais não tiveram nenhum respeito do Governador Blairo Maggico, pois nenhum a funcional eles tem e muito menos a Lei Organica!

    A superlotação é desumana!

    A falta de servidores é enorme!

    Blairo Maggico e Silval Bobagem vão ver essa semana o resultado tragico que eles construiram no sistema prisional, logo que os Agentes Prisionais deflagar a greve geral na segunda, e paralisar os serviços de regalias aos presos.

    Na hora que as visitas tiverem conhecimento que eles não vão entrar nos presidios, cadeias penitenciarias e fundos de delegacias, os PRESOS VÃO VIRAR A CADEIA SE MANIFESTANDO, APROVEITANDO A SITUAÇÃO E VÃO FUGIR, JÁ SE OUVE ISSO NO INTERIORES DOS PRESIDIOS.

    O CAIS VAI SER APENAS HOMOLOGADO ESSA SEMANA.

    PARABENS MAGGICO E AO SEU VICE BOBAGEM

  • Flávio Pinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Afirmar que cada detento custa R$1,2 mil aos cofres públicos é um absurdo, serve apenas para justificar GASTOS dessa Administração. Por isso a NECESSIDADE DO CAOS no sistema (QUANTO PIOR, MAIS RECURSOS VÃO PRO RALO), quanto maior o INVESTIMENTO maior será o custo por detento, com menos retorno em melhorias para o SISTEMA PRISIONAL, AGENTES PRISIONAIS e para o PRÓPRIO DETENTO. Este último, que também é de responsabilidade do ESTADO é o menos assistido!!! INCRÍVEL, QUANTO MAIS VIDAS HUMANAS GUARDADAS, MAIOR RECURSO FINANCEIRO, BASTA VERIFICAR OS FORNECEDORES DE MARMITAS E OUTROS, AONDE ESTAMOS....

  • Fernades Arcanjo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    De Curado não tem nada. A Segurança está DOENTE .

  • João Batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    aqui em Cáceres o trafico corre solto, até a policia ta envolvido devido o baixo salario, e ainda goza do sistema prisional quando preso la no santo antonio.

    a cadeia de Cáceres mesmo, é a fofolandia para os presos, la regalias estão ao arrepio da lei, agentes prisionais são ameaçados caso contrariam a direção.

    diretor alega, que regalias são dadas para manter a tranquilidade.

    é uma metodologia aplicada no sistema prisional.

    isso por que cada preso só custa 1.200 reais.

  • Luis Bento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    hahahahaha,

    os agentes prisionais vão entrar de greve nesta segunda, e o Curado vem fazer marketing do sistema prisional, é uma piada, tudo isso é pra justificar o salario. é achar que o povo é bobo mesmo.

    estilo gerado d vito no concurso do estado!

    povo que falta humilidade

    vai trabalhar e resolver os problemas que vcs mesmo estão criando por ficar brincando de administradores

    demiti curado Blairo
    demiti devito Blairo

    entrega logo o governo pro Sival também Maggi e sai fora

  • Ana Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    do jeito que ta esse governo, ano que vem, o marketing da oposição não vai ter muito trabalho, pois o governo maggi cria as proprias bombas administrativas.

    é, o senado vai continuar dando resposta negativa aos ex governadores

  • Wagner Saff | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Criar 350 vagas Para a PENITENCIARIA CENTRA DO ESTADO é uma MENTIRA!!, pois a capacidade da PCE, é de cerca de 500 vagas, porem hoje encontra se recluso + - 1400 reeducandos, com as 350 novas vagas, apenas apenas desafoga os CELAS onde foi projetada para 08 pessoas emcontra 30 pessoas. ISSO QUE E INVESTIMENTO., SEM CONTAR QUE EFETIVO DE AGENTES PRISIONAIS POR PLANTÃO E O MESMO. QUE BELEZA, O ESTADO DAS ESTATISTICAS, QUE NÃO REFLETE A REALIDADE DO SISTEMA PRISIONAL...............

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.