Últimas

Quinta-Feira, 18 de Outubro de 2007, 19h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CUIABÁ

Estudante vai pagar 2 vezes, afirmam vereadores

      Em meio à polêmica sobre restringir ou não o uso do passe-livre para estudantes, cinco dos 19 vereadores por Cuiabá engrossam as críticas ao projeto aprovado nesta quinta (18) por 14 de seus colegas parlamentares. Enelinda Scala (PT), Lúdio Cabral (PT), Levi de Andrade (PP), Luiz Poção (PP) e Domingos Sávio (PMDB) entendem que a medida visa beneficiar os empresários que podem receber duas vezes pela passagem de ônibus do estudante.

      Eles argumentam que a prefeitura vai pagar a quantidade de crédito de transporte que o estudante deve usar por mês no momento de carregar o cartão. Neste caso, com a restrição do passe-livre, se o estudante não utilizar o "crédito" no horário definido, os pais serão obrigados a pagar outra passagem, já tendo a empresa recebido pelo passe. “Moral da história: essa medida sobrecarrega a vida dos pais. A prefeitura não economiza nada. Os empresários ganham duas vezes”, explica Lúdio.

     O petista acusa o prefeito Wilson Santos de usar a bancada do PSDB como escudo para evitar desgaste pela aprovação da lei. “Está claro que a lei não gera nenhuma economia aos cofres públicos. Pela primeira vez, nesses 2 anos e 9 meses que estou na Câmara, vejo o prefeito vetar um projeto e não conversar com sua bancada de vereadores para mantê-lo. E mais: vereadores aliados do prefeito, capitaneados pelo seu próprio líder na Câmara, proporem, votarem e articularem a derrubada do veto? Tudo aponta para um grande acordo, em que o maior prejudicado é a população”, completa Lúdio. 

      Alternativas 

       O projeto que restringe o direito ao passe-livre foi apresentado e votado em regime de urgência, urgentíssima por 14 vereadores no mês passado. Para muitos, a situação foi uma manobra que contrariou o regimento interno da Câmara. Com base nesse argumento, Lúdio, Poção e Enelinda entraram com um mandado de segurança na Justiça para anular a sessão e invalidar o projeto. Eles aguardam decisão judicial. Caso o mandado seja acatado, a votação será invalidada.

      Os vereadores também já pensam em mais uma alternativa. Pretendem mobilizar a sociedade civil para que apresente um projeto de lei de iniciativa popular com vistas a revogar a lei aprovada nesta quinta. Neste caso, seriam necessárias 17,5 mil assinaturas. (Simone Alves com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Alguma tramóia existe, será que foi de graça o desgaste dos 12 Vereadores que votaram pela derrubada do veto? Foi para proteger o Prefeito? Ou a foR$a dos empresários?. Muito estranho. Até você Ver. Dilemário, quem te viu,quem te vê.

  • Jeovaldo Rosa de Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma vez a população solicita a atuação do Juiz do Bem, aqui tem acordo e gordo, para a campanha de 2008, diz ai como que o chefe não conversa com os aliados???? Tá tirando da reta, com certeza, e aquele churrasquinho lá em Chapada em!!!! Não foi para aprovar o veto????? E pessoal o trem ficou feio, "Galinho" cantando de "Garnizé", falou alto na TV em bom tom, "Vou vetar a lei, os estudantes não vão ser prejudicado"... e agora Srº Prefeito, como fica, vai jogar a culpa nos vereadores, que são de sua bancada, como explica isso á nos Povo. Desistiu do 2º mandato e não avizou a base??? Pessoal temos 14 pré-candidatos á reeleição para ser expurgado em 2008. Eu pergunto??? os vereadores não são para defender o bem da população??? aqui o povo se futricou e os "empresarios se engordou, e o caixa 02 se extufou"...Olha a mala preta ai gente....Vamos acionar o Ministerio Público, Policia Federal, TRE, TRT e assim vai alguem tem que tomar providencias, o acordo está muito na cara, alguem esta ganhando muito em cima disso ai, até cego viu, surdo ouviu e o careca arrepiou os cabelos....Fui....mais volto. Para reflitir, será que vale ser obrigado á votar!!!Vote.

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A maior arma da Democracia é o voto e o direito de expurgamos da vida pública os políticos que só preocupam com seus interesses pessoais,sou de família humilde e só consegui assensão social com muita luta,lembro-me no Rio de Janeiro tendo que andar vários KM a pé para poder estudar,por isso fico indignado ao ver aqueles que outorgamos o poder de legislar em nosso nome tomando atitude contra os nossos interesses e a favor dos financiadores de campanha,ai que entra o nosso papel de não nos deixarmos seduzir pelo canto da sereia de quatro em quatro anos.Em nome da descência e dos nossos filhos CLAMO À TODOS QUE EM 2008 VOTEM CONSCIENTE E NÃO VENDAM OS SEUS VOTOS,quem sabe assim os nossos homens públicos saiam dos seus castelos de sonhos e procurem as suas bases para verem as suas reais necessidades,somente assim teremos uma sociedade mais justa e igualitária para todos com igualdade de oportunidade.Os senhores lembram de alguma bandeira levantada e conduzida a vitória pelo vereador que o senhor votou?

  • juca do guarana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É SABIDO POR TODOS QUE A CAMARA MUNICIPAL DE CUIABA SE RENOVA DE QUATROEM QUATRO ANOS EM CINQUENTA PORCENTO NAS ELEIÇÕES DE 2008 ELA SERÁ DISSOLVIDA OU SEJA SERÁ RENOVADA EM 100% O POVO CUIABANO NÃO MEREÇE OS REPRESENTANTES QUE AI SE ENCONTRA FORA JÁ.

  • Plinio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Desde o começo dessa encenação que eu disse que isso era manobra do Prefeito enganador Wilson Santos. Tá na cara que tudo foi armação dele, para jogar nos vereadores a culpa de um ato que ele mesmo ordenou. Quer se livrar do ônus do desgaste, pois na realidade foi ele que fez essa manobra para se sair bem perante os estudantes e seus familiares. Quanta enganação.

  • silvio rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTE EPISÓDIO É DEGRADANTE PARA OS POLÍTICOS
    É UM VERDADEIRO ESTELIONATO ELEITORAL.
    O PREFEITO DE UM VETO SEM FUNDO... E NÃO TERÁ APORTE NO FUTURO... SR PREFEITO E VEREADORES: O JURO É ALTO - A FUTURA VENCE EM 2008

    ESTUDANTES, O PREJUIZO VAI SER TODO DELES, VOTEM DIFERENTE - FAÇAM A DIFERENÇA

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Certamente o Wilson e seus 14 dependentes estão comemorando a derrubada do veto e rindo da cara dos estudantes.

    Os empresários (pobres injustiçados), certamente acompanham as comemorações.

    Foi uma encenação mais grotesca que alguém poderia encarar em fazer. E muito é de se admirar que vereadores que se dizem inteligentes tenham caído nessa farsa do Wilson.

    Verdade seja dita: foi uma prova cabal que essa turma que aí está, nada querem com o povo. Em 2008 fora Wilson Santos e seus 14...

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...