Últimas

Quarta-Feira, 27 de Maio de 2009, 11h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

Unemat

Estudantes pressionam deputados a instalar CPI

   Dezenas de estudantes e professores da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) fizeram uma manifestação nesta quarta (27) nas galerias da Assembleia Legislativa. Capitaneados pelo presidente da Comissão de Educação da Casa, deputado Alexandre César (PT), e pela presidente da Associação dos Docentes da Unemat (Adunemat), Maria Ivonete de Souza, os manifestantes gritaram "fora Taisir. Esta vergonha tem que acabar, CPI da Unemat já!", numa referência ao descontentamento da categoria com o reitor da instituição, Taisir Mahmudo Karim. Estudantes e professores da Unemat de Barra do Buges, Tangará da Serra, Alto Araguia, Cáceres e Sinop, onde os alunos deflagraram greve na última terça (19), participam da sessão na AL.

   Segundo os manifestantes, a decisão do reitor de suspender as aulas na Unemat por quatro meses, desrespeita a lei estadual 319/2008. Os professores pedem a "cabeça" do reitor porque as alterações no calendário escolar devem ser discutidas e deliberadas pelo Conselho de Ensino e Pesquisa que, conforme a categoria, ainda não foi ouvido. Na sessão desta terça (26), a proposta de criação de uma CPI para análise administrativa da instituição recebeu o aval da maioria dos deputados em Plenário, mas não houve quórum para votação de um requerimento, de autoria do deputado Alexandre Cesar. O requerimento voltou à pauta na sessão desta quarta (27). O presidente da Assembleia, deputado José Riva (PP), disse que votará a favor da instalação da CPI, mas ponderou que a medida não vai solucionar os problemas da Unemat. "É muito importante a luta pela Unemat, mas não podemos ser injustos, pois ninguém lutou mais pela implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos funcionários do que o governador Blairo Maggi. Entendo que isto deve ser resolvido com diálogo e melhoria do gerenciamento", defendeu.

   Riva reclamou das críticas recebidas na sessão desta terça (26), quando não estava em plenário.  "Respeitamos as manifestações, mas não podemos aceitar que um estudante suba à tribuna e digam palavras de baixo calão. Se tem alguém que é democrático nesta casa, este alguém sou eu. Acho que vocês foram extremamente deselegantes comigo ontem quando fizeram críticas na minha ausência. O governador e eu apoiamos muito a Unemat, inclusive com a aprovação do PCCS. Mas, depois do episódio, conversei com o governador e ele disse que não vai mais mexer uma palha em relação a este assunto", disparou.

   O presidente da AL também alertou estudantes e professores sobre os interesses políticos em jogo. "Vocês vão ter um aliado aqui na pessoa do deputado Riva, mas desde que não haja interferência política-partidária", disse, numa referência do PT de Alexandre César. Mesmo negando a possibilidade de ser candidato ao governo do Estado, Riva admitiu que, se chegar ao Palácio Paiaguás, vai priorizar a Unemat. "Não tenho expectativa de ser governador, nunca trabalhei com esta perspectiva. Mas, se um dia for governador, a Unemat vai ter 5% da receita corrente liquida. O Brasil não é pobre, pobre é quem não investe em educação", disse, sob aplausos dos mesmos estudantes que o vaiaram um dia antes.

   Engrossando o coro dos manifestantes, Alexandre César defendeu a autonomia institucional e administrativa da Unemat, apesar das suspeitas de irregularidades na gestão de Taisir. "Autonomia institucional não significa que o reitor pode fazer o que bem entender. Primeiro, tem que cumprir a lei. Em segundo lugar, ter órgãos externos de controle. Não há instituição alguma sem controle externo. A Unemat é autônoma e não queremos perder esta liberdade administrativa, mas não significa que a Constituição não deva ser cumprida pelo reitor", sustentou.

(14h20)Deputados aprovam requerimento que denuncia reitor da Unemat

   A Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta (27) o requerimento que denuncia o reitor da Unemat, Taisir Mahmudo Karim, pelo crime de responsabilidade, previsto na ei nº 1.079/50 e no artigo 28 da Constituição Estadual. Apresentado pelo presidente da Comissão de Educação, deputado Alexandre César (PT), o requerimento pode ser o primeiro passo para que seja instaurado um processo de impugnação do mandato de Taisir, também conhecido por impeachment.

--------------------------------------------------------------------------------------
Clique no play
e veja o manifesto dos estudantes da Unemat na Assembleia 

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Suely | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nossos estudantes deveriam abrir mais o olho nessa gestão, olhar para outros campus e comparar a estrutura da nossa Unemat que é sede em cáceeres e outras, é por falta de estudantes sem opinião que ficam a fovor dessa reitoria que desvia a verba na nossa instituição e os estudantes que sofrem ....principalmente aqui em cácere que o banheiro é um lixo ....já estive no campus de Sinop onde observo uma Unemat mais estruturadas... agora eu me pergunto seria porque eles não tem vergonha de meter a boca na mídia.....CHEGA DE ACREDITAR EM TUDO QUE A REITORIA DAQUI FALA TEMOS QUE LUTAR POR UMA UNEMAT MELHOR ..... e se tem político deputado ou sei lá o que ajudando pra pedir investigação ..... tem que ser feita mesmo não adianta esses povinho de merda ficar choramingando ai metendo pau em alguns ...TEM QUE MOSTRAR A VERDADE COMO É...

  • Mário Quidá | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    LUTAR COM PALAVRAS É A LUTA MAIS VÃ, PORÉM LUTANDO SE ROMPE O AMANHÃ!

    não me lembro o nome do autor da frase, mas ela é muito apropriada para o momento.

    Fui presidente até a poucos dias do DCE da Unemat Cáceres e junto com demais DCEs, CAs e a ADUNEMAT iniciamos em 2007 um movimento para averiguação das contas e procedimentos administrativos da Reitoria.

    Todo tipo de imoralidade e ilegalidade foram e estão sendo praticadas na Unemat por gestores ligados ao grupo do Taisir, que é afilhado político do Pedro Henry e do Riva. Isso acontece desde o seu primeiro mandato (7 anos atrás), parentes cuidando da chave do cofre (Faespe), cursos abertos por ad referendu conforme interesses políticos, todas as bolsas estudantis cortadas, nada investido em assistência estudantil, evasão estudantil recorde, desfalque de milhões, desrespeito às leis, ações ajuizadas pelo MP por improbidade administrativa, desrespeito às deliberaçõs do congresso geral, compra de voto em eleição estudantil e eleição sindical, até demissão de vice reitor nós presenciamos.

    Enfim, foram tantos os absurdos que presenciei enquanto líder estudantil que ficaria difícil enumarar todos.

    Por isso fico extremamente contente em ver que companheiros têm continuado a luta, e a resposta aos poucos está vindo, essa CPI aprovada à UNANIMIDADE na Assembléia mostra que até os ditos padrinhos do Reitor estão abandonando o seu barco furado.

    A verdade demorou aparecer mas certamente prevalecerá. E todos sabem que essa CPI afastará do poder aqueles que se julgavam donos dele.

  • Fabio Coelho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho que o Alexandre César deveria olhar teu passado e futuro, poque suas contas de canduidato a prefeito de Cuiabá ainda esta em débito DEPUTADO. Está olhando em algum espelho.
    Me admiro a vereadora de Sinop, pedindo que se desmembre a UNEMAT.
    Peça a teu marido SEcretário de Esportes de MT,

  • Washginton | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • CLAUDIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ´UMA VERDADEIRA VERGONHA OQUE ESTA SE FAZENDO COM RELAÇAO A UNEMAT ... USANDO COMOM MASSA DE MANOBRA POLITICA ALGUNS ESTUDANTES E A MINORIA DOS PROFESSORES....... E AINDA VEM POR CIMA UMA OPORTUNIDADE DE COLOCAR O NOME EM EVIDENCIA ...FAZ FAVOR DA LICENÇA NOBRE DEPUTADO .. CREIO Q A SUA ALA POLITICA TEM UM POUCO DE CULPA AO DEIXAR E ABANDONAR A UNEMAT ...E COM ISTO O REITOR SE DEIXAR LEVAR E FAZER COISAS ERRADAS .... FAZ FAVOR NOBRE DEPUTADO DO CABELINHO ESVOAÇANTE.... A UNEMAT ESTA QUEBRADA PELOS GATSOS ELEVADOS COM PROFESSORES Q FOI APROVADO O PCCS ELAVDOS DOS MESTRES E DOUTORES ONDE JA SE VIU UM PROFESSOR GANHAR ATÉ 10 MIL POR 30 HORAS AULAS E AINDA FICAR FAZENDO SERVIÇO ADMINISTRATIVO INVES DE LECIONAR E SE DEDICAR AO DESENVOVIMENTO EDUCACIONAL.... DESCULPE MAS QUEM VE ASSIM NAO SABE Q A VERDADEIRA SITUAÇAO DA UNEMAT.... ABRE O OLHO COMPANHEIROS SAUDAÇOES..;.

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Fora Taisir! pede pra sair!

    talvez seja a sua última opção.. melhor sair livre pelos fundos..

    está para ser descoberto algo muito maior que oo escândalo Chica Nunes/Lutero na Câmara de Cuiabá..

    mas como a sede fica em Cáceres.. onde toda mídia local (henry) fez uma blindagem no Reitor.. vcs de Cuiabá se esqueceram da Unemat.. com seus 100 milhoes/ano..

    Tem muita podridão.. mais de 15 milhões simplesmente SUMIRAM!

    Quero ver agora os PADRINHOS do Reitor se vão defendê-lo!! Será??! Pela fala do Riva.. imagino que não!

  • André Luiz Curimbatá | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    O que estão fazendo com o professor Taisir e consequetemente a UNEMAT e todo o seu corpo docente, é lichamento moral, uma vergonha para MT. Cadê a autonomia universitária.
    Esses politiqueiros estão atendendo a interesses politcos da região, visando a próxima eleição.
    Só podia acontecer dentro de um governo estadual frouxo.
    Qem te viu e quem tevê né Alexandre Cezar!

  • Clovis Vailant da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É pura politicagem que estão fazendo com a Unemat.Este deputado que a todo o momento é citado por falcatruas não tem moral e o direito de axincalhar com o nome da instituição séria que é a unemat e não o reitor.Deputado e o povo infeliz do norte ao dividir a unemat não esqueça de dividir as despesas.

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A população de Cáceres vai lembrar de vc Dep. Alexandre cesar do PT vem aqui pedir um voto se quer nas proximas eleiçoes....

    vou pessoalmente ver essa cara de pau sua...

  • Cássio Cunha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Romilson,

    gostaria de registrar aqui minha indignação, e perguntar ao Sr. Alexandre César o que ele representa na ordem do dia pra UNEMAT.

    É bastante preocupante um dep. que nunca se mexeu pra nada, agora querer gritar e se impor.
    invés de ficar criticando pq não vem até Cáceres e visite o prédio da UNEMAT, pra obter as informações que esta pedindo.

    Meu senhor, que não ajuda, tbém não pd atrapalhar, vá fazer sua chacrinha em outro terreno.

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...