Últimas

Quinta-Feira, 14 de Junho de 2007, 12h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Estudantes promovem quebra-quebra na Câmara

   Sob a liderança do jornalista Gibran Laschowski, um grupo de 100 estudantes promoveu quebra-quebra na Câmara Municipal de Cuiabá nesta quinta (14). A sessão ordinária foi suspensa devido ao ato de vandalismo. Eles protestaram contra a decisão da Câmara, que, sob argumento jurídico da inconstitucionalidade, derrubou a proposta de redução da tarifa do transporte coletivo.

   Na manifestação, os estudantes quebraram vidros e destruíram todas as fotos que estavam fixadas na galeria de vereadores. Jogaram bomba em frente ao prédio e riscaram alguns veículos. Uma gestante que passavam pela Barão de Melgaço passou mal.

   O vereador Dilemário Alencar (PSB), um dos aliados do prefeito Wilson Santos (PSDB), se mostrou revoltado. Cobrou do presidente Lutero Ponce (PP) a divulgação de uma nota pública e providências jurídicas. "Todos têm direito de se manifestar de forma ordeira. Isso é constitucional. Mas, quando parte para a agressão moral e à propriedade privada do cidadão, ai é crime".

    Dilemário lembra que quando foi presidente do Sindicato dos Bancários do Estado conseguiu mobilizar mais de duas mil pessoas numa manifestação em frente à Assembléia, onde hoje abriga a Câmara da Capital. "À época, a gente protestava contra o projeto de extinção do Bemat, mas nunca depredamos um bem público e nem atacamos o cidadão que não tem nada a ver com essas manifestações".

    Para o vereador, o protesto desta quinta se transformou num caso de polícia. Classifica o ato de politiqueiro. Considera que manifestações como essa desmoralizam o Comitê de Luta pelo Transporte Coletivo (CLTP). "Exigo que a Mesa Diretora tome providências em relação a esses atos de vandalismo que vêm ocorrendo através desses pseudo líderes estudantis. Eles estão usando adolescentes para praticar atos ilícitos", atacou o vereador.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • RITA DE CÁSSIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O comentário feito pelo Luiz lEITE é louvável, realmente nada justifica o ato de vandalismo praticados pelos estudantes, mesmo sentindo a revolta pelos "tipos" de vereadores eleitos pelo proprio povo,o que devemos fazer é dar resposta na proxima eleição,e para isso devemos avaliar cada vereador que ali estão (seu compromisso com a sociedade em modo geral, suas atitudes morais) pois os meios de comunicação (fala e escrita) diariamente leva informações de atos absurdos praticado por alguns desses homens, podemos resaltar as denuncias contra o Sr. Eden Capristano, Lutero Ponce. PENSEM BEM NAS PROXIMA ELEIÇÃO PARA VEREADORES E PREFEITO.

  • Paulo Henrique | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSAS ATITUDES NÓS REPROVAMOS MAS TAMB~EM NÃO CONCORDAMOS COM O COMPORTAMENTO AMORAL DE VEREADORES COMO ESS DILEMÁRIO QUE É UM OPORTUNISTA, QUE VOTA DE ACORDO COM OS INTERESSES DELE E NÃO DA SOCIEDADE GENTE DESSE TIPO DE VIDA CURTISSIMA NA POLITICA.

  • Antonio Luiz de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que essa manifestação foi apenas uma bravata de alguns estudantes ou isso é uma materialização de um sentimento generalizado da sociedade cuiabana frente a estes pseudo-representantes vereadores? Reparem que estou apenas fazendo uma pergunta. Que tal um instituto sério de pesquisa (esqueçam ipec da vida) levantar o que pensa a sociedade cuiabana sobre a câmara dos Vereadores?

  • pedro carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quer Vandalismo maior que Lutero e Chica Fizeram nas finanças daquela casa? essa de hoje não existe em comparação da que nós estamos assistindo estarrecidos praticado pelo Lutero e chica.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu tbem não concordo com este ato, mas voces vereadores queriam oque? que eles fossem até à camara p/bater palmas? eles foram até educados !me desculpem vereadores mas voces são todos uns pelêgos qualquer um de voces,para falar em:MORAL tem que lavar bem a boca, seus bando de traidores do povo.ASSINADO O POVO.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Honestamente, apesar de certa agressividade por parte dos estudantes, penso que estão corretos. Muitos dos nobres parlamentares 'caçoam' da população ao permitirem aumentos abusivos.
    Ou melhor, muitos desses vereadores se aliam a alguns empresários do transporte coletivo para obter 'vantagens', 'agrados' em época de campanha eleitoral. Basta lembrar que no próximo ano acontecem eleições MUNICIPAIS!!!
    Quem sabe com atitudes mais enérgicas por parte da população nossos legítimos representantes aprendem que tem que Governar para o Bem da Coletividade.
    A esperança é a última que morre!

  • JOAO ALBERT | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Antonio (Lus), como diretor do ``IPEC da vida``, gostaria de informar-lhe que atuamos no ramo de pesquisas de opiniao pública em Mato Grosso e na regiao Centro Oeste a mais de uma década. Portanto, caro LUS, neste mercado altamente policiado pela opiniáo pública, somente sobrevivem os Institutos de Pesquisa que trabalham com seriedade, como é o nosso caso. Hoje, temos a honra e o prazer de dizer que somos o mais antigo instituto de pesquisa do Estado de Mato Grosso e em razao disso, servimos de escola e modelo para outros institutos que surgiram nos últimos anos em busca de ``um lugar ao sol`` neste mercado extremamente competitivo.
    Nao seria a avaliaçao institucional de um poder municipal que faria o IPEC colocar em xeque a sua credibilidade adiquirida ao longo dos anos em que atua em Mato Grosso e nos estados do Centro Oeste brasileiro.
    Atenciosamente

    Joao Carlos Albert
    Diretor do IPEC ```da vida``

  • Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa é a esquerda que todo mundo adula e aplaude e que quer botar fogo nesse país..

    Chega de MST !
    Chega de estudantes invadindo reitoria !
    Chega de corruptos do PT !
    Chega de Chavistas humilhando o nosso país !
    Chega de Evo Morales perseguindo brasileiros..!
    Chega de Ditadura Castrista em Cuba..!
    Chega de xenofobismo antiamericano e pregação do ódio de classes !

    CHEGA DE ESQUERDA NO MUNDO..ELES SÃO ATRASADOS, SÃO BÁRBAROS COMO SEUS LÍDERES..PUNIÇÃO A ESSES BANDIDOS !

  • Joelma Pontes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olá!
    Eu também não concordo com a maneira como os estudantes agiram. Porém, uma "manifestação ordeira", como destacou o parlamentar, passaria despercebido. a verdade é, que o "prefeito" Wilson santo, não está nem um pouco preocupado com o cidadão, e de mãos dadas com esses "vereadores", posição melhor, não poderiamos esperar, é claro!
    Esses jovens que em protesto foram até a Câmara, com certeza não queria destruir nenhum patrimônio, mas sim, chamar a atenção de quem diz que está no poder em prol da sociedade, E NÃO FAZ ABSOLUTAMENTE NADA!acredito ai que 15% apenas, dos vereadores, não concordam com o aumento da tarifa! deixo aqui o meu repúdio, quanto a atitude dos vereadores que concordam com tudo isso!

  • Maurício Silva de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enquanto se fala na reativação da ZPE, ou melhor, na implantação da zona de exportação, a cidade de Cáceres sofre com o descaso das autoridades locais e estaduais. Para o prefeito está uma maravilha, uma cidade com potencial turístico, margeada pelo sofrido rio Paraguai.O festival de pesca, em vez de benefício, trás fracasso ambiental a apenas favirece alguns empresários do setor náutico e o prefeito. 18% da cidade possui asfalto e de péssima qualidade, a miséria na periferia é notória, pois falta oportunidade de trabalho em todos os segmentos da economia.
    A grande riqueza da município é a UNEMAT em esmo assim, os recursos para mantê-la são insuficientes. um caos.

    MAURÍCIO SILVA DE OLIVEIRA
    SERVIDOR PÚBLICO

Máquinas para reciclar garrafas pets

maquina 400 curtinha   Sob iniciativa da secretaria de Inovação e Comunicação da Capital, dentro dos projetos que buscam a sustentabilidade, a prefeitura vai colocar máquinas de reciclagem de garrafas pets em 15 pontos da cidade e com possibilidade de ampliar os locais de recolhimento. Em troca, o cidadão...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

Salvando 1º ano de mandato no cargo

selma arruda 400 curtinha   Embora "sangrando" e com a imagem arranhada, a juíza aposentada e senadora cassada pelo TRE-MT Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, consegue concluir este primeiro de oito anos de mandato. E vai se licenciar nos próximos dias para ceder espaço aquele que financiou a sua campanha,...

Barbudo é menos empreguista de MT

nelson barbudo 400 curtinha   Dos oito deputados federais de MT, o estreante Nelson Barbudo (foto) é o menos "empreguista". Nestes 10 primeiros meses de mandato, ele nomeou no gabinete em Brasília e no escritório político em Cuiabá apenas 15 assessores. Cada gabinete pode ter até 25 secretários...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.