Últimas

Quarta-Feira, 24 de Outubro de 2007, 17h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CUIABÁ

Estudantes vão às ruas e negam apoio político

      Estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) se organizam para manifestarem contra a aprovação da restrição do uso do passe-livre. Um ato está programado para esta quinta, a partir da 9h, com participação da Frente em Defesa do Passe-Livre. Fazem parte do movimento o Diretório Central dos Estudantes (DCE-UFMT), União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundáristas (UBES) e Centros Acadêmicos.

    Os manifestantes vão sair da praça bispo Dom José, no centro de Cuiabá, passarão em frente à Câmara Municipal e seguirão à praça Alencastro, em frente à prefeitura. A estratégia é chamar atenção da sociedade e também das autoridades, inclusive dos vereadores e do prefeito Wilson Santos (PSDB), na tentativa de ganhar força e levar a derrubada da restrição do passe estudantil.

   O direito à passagem gratuita para estudante foi limitado apenas ao itinerário casa-escola e vice-e-versa. Antes, o transporte coletivo estava liberado à vontade. Para restringir o passe-livre, o prefeito fez um combinado com sua bancada na Câmara. Assim, vetou a proposta e, 14 dos 19 vereadores, por sua vez, derrubaram o veto na sessão no último dia 18.

    Panfletagem

    A diretora da UBES, Ana Flávia Botelho, nega que a panfletagem que antecedeu a manisfestação tenha sido subsidiada ou incentivada pelo vereador por Cuiabá Levi Levi (PP), conforme relata a matéria "Ex-secretário já faz panfletagem contra prefeito". Nesta terça, o parlamentar pepista foi até a praça bispo Dom José, antigo terminal de ônibus. "Esta é uma ação dos estudantes, jamais fomos subsidiados por qualquer parlamentar. Nós não aceitamos politicagem. Esse é um movimento sério e não pode servir de palanque", contestou a diretora. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Ray Soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Movimento Sério?

    Isso é uma palhaçada isso sim, devia era fazer esses desocupados pagarem pela passagem, são um bando de mau agradecidos, deveriam estudar em Varzea grande e pagar meia passagem.

    reclamaram do aumento da passagem mas nenhum desses infelizes pagam pela passagem, e o aumento se deu porque os trabalhadores tem q pagar a mais para dar conta da passagem deles.

    E na minha opnião deveria restringir essa tal "liberdade" de horario sim, pois oq eles querem é passagem pra ir passear em shopping, da uma passada pelos shopping de cuiabá e contem quantos "estudantes" vocês encontram por lá.

    Eles são tão manipulados, tão ignorantes que não sabem o que estão reivindicando, estão reividicando o que eles já tem.

    A prefeitura tem que arcar com os ditos "estudantes" de todas as escolas, Estadual, Federal, Particular e claro, os alunos da rede municipal.

    Prefeito, acabe com essa delenga, passe a passagem para 1 real e manda todo mundo pagar.

    Por isso esse país não vai para a frente, os estudantes estão muito ignorantes, viraram massa de manobra de politicos.

    Ah, para os politicos de plantão que estão manipulando esses estudantes, se atentem ao fato que a maioria deles tem entre 16 e 18 anos e é onde tem o maior indice de não comparecimento nas urnas.

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A estoria do passe-livre ja virou queda de braço entre oposiçao eo Prefeito, visando ganhar dividendos politicos para o proximo ano.
    Porque esses politicos tão zelosos dos estudantes para o direito de andar sem controle pelas custas dos trabalhadores, porque não dizem que após essa lei, as escolas da periferia foram abandonadas por sua comunidade , são saqueadas , depredadas, não participam dos cdces querem andar nos onibus para depredarem , pois existem boas escolas em toda periferia que podem receber esses estudantes sem necessidade de de tantos passes, porque essa demagogia , de que temos nos trabalhadores sustentar tanto luxo que sabemos CUIABA não cosegue arcar com essa despesa e coloca nos nossos ombros ja tao calejado. Porque não dizem a ver4dade nua e crua e deixem de demagogia , estudante aqui em CUUIABA pagando meia passagem ja ta de bom tamanho, pois isso simm seria DEMOCRACIA> e nós cidadãos comuns pagariamos o correto que as INSTITUIÇOES delegarem como justo... basta de demagogia o voto vem com consciencia sem essas manobras eleitoreiras de todos eles ..... aguarde e verá......

  • GABRIELA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É UMA PENA AQUI EM CUIABÁ NÕS TERMOS PESSOAS TÃO IGNORANTES COMO ESTAS!!!

    DIREITO ADQUIRIDO É DIREITO CONQUISTADO!!!


    E DIREITO CONQUISTADO NÃO SE PERDE!!!!


    TEM QUE LUTAR POR ELE MESMO!!!

    REITERO!!!


    ESTUDANTES, VAMOS TODOS AS RUAS AMANHÃ AS 09:00!!!

    CONCENTRAÇÃO NA PRAÇA BISPO DOM JOSÉ!!!

    "PERDOEM, ELES NÃO SABEM O QUE FAZEM!!!!

  • Lane Costa - Professora | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É isso mesmo!

    Os estudantes precisam reagir a esta palhaçada que está acontecendo contra o passe-livre!

    Engana-se quem pensa que eles são massa de manobra. Em outros momentos se mobilizaram pela instituição do passe-livre, pela meia-entrada, pela gestão democrática nas escolas públicas...

    Tenho certeza que está bem próximo o dia em que, de forma organizada, vão dar resposta aos gatunos da política cuiabana/ mato-grossense.

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...