Últimas

Quarta-Feira, 25 de Julho de 2007, 09h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Eu também vou vaiar Lula!

     São uns imbecis!
     Foi assim, com essa frase que o brigadeiro José Carlos Pereira, presidente da Infraero, respondeu à Associação Internacional dos Controladores Aéreos que sugeriu uma intervenção internacional para resolver a crise aérea no Brasil. A associação acha que o governo brasileiro "não tem capacidade" para resolver a crise sem ajuda da comunidade internacional. Eu também acho. Mas o brigadeiro ainda acha que pode resolver, no entanto, de janeiro a junho deste ano a Infraero, que tem como missão "garantir a infra-estrutura aeroportuária e aeronáutica, primando pela eficiência, segurança e qualidade", investiu na infra-estrutura apenas 32% do previsto para todo o ano de 2007. Seu antecessor, Carlos Wilson, gastou no aeroporto de Congonhas R$ 16 milhões numa obra superfaturada, segundo o Tribunal de Contas da União.
     Onde foi empregado esse dinheiro? De que forma? A prioridade foi investir no terminal de passageiros, o conforto antes da segurança. Por outro lado, melhorando o terminal de passageiros possibilitaria à Agência Nacional de Aviação Civil conceder mais linhas às companhias aéreas para operação no Aeroporto de Congonhas. Essa é a suspeita do Senado, que pretende, caso isso seja comprovado, destituir Milton Zuanazzi do cargo de presidente da Anac.
     Agora levantaram a hipótese de que as empresas aéreas pressionaram o governo para que liberasse a pista de Congonhas antes das férias. E para que serve este governo de energúmenos? Foi pressão ou foi bola, agrado, suborno?
     Onde estão as autoridades deste governo? É exatamente aí que começam os problemas, na falta de autoridade e no excesso de covardia. Ninguém cuida de nada, ninguém se responsabiliza por coisa alguma.
     Este parece ser um governo de meliantes que se preocupam mais com a própria imagem que com o sofrimento da população.
     A situação aérea do Brasil é surreal, como descreveu o jornal La Nacion: "Os aeroportos se tornaram acampamentos de "sem terra": as pessoas se deitam nos corredores à espera de vôos que atrasam horas". E com ironia diz que Congonhas virou "escala virtual para o terminal de ônibus". Viramos chacota da América Latina.
     E o presidente desta joça toda? Não menos meliante e covarde que sua equipe, está preocupado com a sua imagem. Fugindo de lugares onde possa ser vaiado, cancelou sua ida ao Sul do país onde ia lançar o PAC do Saneamento Básico (mais uma abobrinha virtual), cancelou também sua ida ao encerramento do Pan no Rio de Janeiro.
     Mas está prevista sua vinda a Cuiabá no dia 31 (terça-feira), também para lançar o PAC do Saneamento.
     Vem Lula, vem! Eu junto a um enorme grupo de pessoas de bom senso, estamos confeccionando adesivos para recepcioná-lo: "Eu também vou vaiar Lula". Os interessados podem entrar em contato.

Adriana Vandoni é economista, especialista em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas/RJ (avandoni@gmail.com Site - www.prosaepolitica.com ) Cuiabá - MT

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...