Últimas

Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2007, 11h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

Artigo

EUA querem transformar o Líbano em base militar

    O jornal libanês As Safir publicou ontem matéria exclusiva que denuncia a intenção do governo Bush de transformar o Líbano em base militar “para contrabalançar a presença de forças russas na cidade de Ladikia, norte da Síria”.
    As Safir informa que os americanos apresentaram rascunho de um acordo para instalar bases aéreas, marítimas e terrestres no país. O acampamento de Naher Al Bared, às margens do mar Mediterrâneo, seria transformado num centro de treinamento marítimo. Perto da localidade, está o aeroporto de Al Klailat. As terras em seu redor seriam desapropriadas pelo governo para transformar o local numa base aérea americana.
    As informações coincidem com a visita de uma comitiva de chefes militares do Pentágono a Beirute. Eles foram recebidos pelo primeiro-ministro libanês Fouad Saniura, pelo ministro da Defesa, Elias Al Mor e pelo comandante do Exército Michel Sleiman, aos quais foi apresentado oficialmente o plano.
    Na semana passada, Saad Hariri, deputado e filho do assassinado Rafic Hariri, que comanda de fato o governo libanês, e as chamadas forças 14 de março, foi recebido como herói pelo presidente americano George W. Bush e por todos os secretários e chefes militares americanos. Nesta semana quem está nos Estados Unidos é Walid Jumblat, do grupo de Hariri. Também está tendo uma recepção de chefe de Estado.
     Pelo plano, a base aérea de Riak, no Vale de Bekaa e a planície de Damour ao sul de Beirute, também seriam transformadas em bases militares americanas.
     Em troca, os Estados Unidos querem anular os acordos militares entre a Síria e o Líbano e o país receberia uma ajuda financeira inicial de meio bilhão de dólares.
     O projeto, ainda de acordo com o jornal, remontaria a 2003, pouco antes do assassinato do então premiê Rafic Hariri.Os americanos instalariam estações de monitoramento por radar nas montanhas dos Cedros, Yarmuk e Dahr Al Baidar (são as regiões mais altas do Líbano).
     O desarmamento do Hizbollah ficaria para uma próxima etapa a ser comandada pelos próprios americanos.
     O fato é que milhares de pessoas foram expulsas do acampamento de Naher Al Bared, outras centenas assassinadas. Os motivos da destruição do campo, ainda são obscuros. Os alegados grupos terroristas como o chamado “Fateh Al Islam” foram armados e financiados pela Arábia Saudita, justamente para combater a Resistência Libanesa comandada pelo Hizbollah. Agora se explica porque o Fateh Al Islam buscou abrigo no acampamento de Naher Al Bared: deixar a área livre para a futura base militar.
     Resta saber como o povo libanês vai reagir a mais essa agressão.

Lameh Smeili é jornalista e articulista do Blog do Bourdoukan

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Extremista vai ter que se explicar na PF

Marcelo Stachin 400   O barulhento militante de extrema-direita Marcelo Stachin (foto) tem perdido o palco desde que teve um pífio desempenho nas urnas e acabou com apenas 0,8% dos votos para prefeito de Sinop. Em sua busca incessante por aparecer, o bolsonarista, que é investigado pelo STF por espalhar fake news, decidiu ironizar e...

Prefeitos, MPE e afastamento do cargo

jose antonio borges 400 Prefeitos de MT que descumprirem as diretrizes do decreto estadual que impôs o toque de recolher em todo o território podem até mesmo ser afastados do cargo. O alerta é do procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira (foto), e reforçada pelo procurador Domingos...

Prefeito se rebela e é enquadrado

vander masson 400 curtinha O prefeito de Tangará da Serra Vander Masson (foto), do PSDB, bem que quis ser rebelde, mas acabou enquadrado pelo MPE. Vander fez um decreto mais ameno que o do governo do Estado, impondo toque de recolher a partir das 23h, mas teve de recuar após ser notificado pelo MPE. Nas redes sociais, para evitar desgaste com...

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...