Últimas

Quinta-Feira, 24 de Maio de 2007, 15h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Ex-adversária, petista recebe botina de presente

   Agora incorporada à gestão Maggi, Verinha é presenteada no final do encontro que durou 2 dias; Maggi  pede para descontentes saírem  

   O encontro de dois dias, no Hotel Sesc Pantanal, em Poconé, do governador Blairo Maggi com cerca de 50 auxiliares, foi marcado por alguns momentos tenso, mas também por descontração. A ex-deputada opositora Vera Araújo (PT), que agora incorporou de vez a turma da botina ao assumir o cargo de secretária-adjunta de Gestão de Pessoas, foi até presenteada com um par de botina. A brincadeira, sob aplausos puxados pelo governador, fechou o encontro, encerrado às 17h desta quarta (23).

    Na reunião, o governador mais ouviu do que falou. E quando resolveu falar, bateu duro. Disse que administrar exige sacrifício de todos, cobrou maior controle dos gastos públicos, condenou a politicagem e, por fim, avisou: "quem não estiver contente com a nossa filosofia de trabalho que saía".

    Secretários, adjuntos, presidentes de órgãos, empresas e autarquias da máquina estatal, ouviram o governador em silênco. Cada secretário e alguns adjuntos apresentaram espécie de um balanço de suas ações. O de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito, fez um discurso emocionado. Ele teve um filho envolvido em homicídio e vem sofrendo ataques da oposição, que aponta aumento do índice de violência. Na reunião, Brito, que se passou de vítima,  detalhou números que mostram o contrário do que propagam os seus adversários políticos, ou seja, que os casos de violência no Estado apresentam declínio. Foi aplaudido e recebeu respaldo de Maggi.

   Maggi não tocou em nenhum momento na questão político-partidária, muito menos na crise que enfrenta com Assembléia Legislativa. Destacou que a discussão deveria se limitar aos projetos rumo ao desenvolvimento do Estado. Pediu apoio da equipe para o atual governo ser reconhecido publicamente como detentor de uma marca de boa e incomparável gestão na história de Mato Grosso.

    Presente

    Para encerrar o encontro, o líder do governo na Assembléia, deputado Mauro Savi, resolveu fazer sorteio de um par de botina. De propósito, todos manobraram para que a ex-radical Verinha fosse escolhida. Assim que o nome da petista foi anunciada, Maggi pediu aplausos. A ex-deputada, um tanto sem jeito, recebeu o presente logo no primeiro encontro do staff do qual faz parte. Sem recordar o passado, quando atuava como opositora ferrenha ao governo Maggi, ele agradeceu o brinde. Maggi emendou: "sem bem-vinda. O governo é um só e tem que marchar unidos".

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é Verinha, quem te viu, quem te vê. O que a pessoa não faz para estar no poder né? Ainda bem que você já deixou de lado suas pretensões de ainda candidatar a algum cargo político.

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa ex-deputadazinha é uma vergonha!!!

  • vereador zynho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO É UMA VERGONHA. ESSE TAL PT PERDEU MESMO SUAS ORIGENS, PERDEU A VERGONHA, PERDEU TUDO, O QUE FALA MAIS ALTO PARA ELES É O INTERESSE PESSOAL. O QUE ESSA SENHORA FALOU DO GOVERNADOR, E AGORA ONDE ELA VAI POR A CARA?
    ADMIRO TAMBEM A ATITUDE DO GOVERNADOR. INFELIZMENTE ESTÁ ACABANDO A SERIEDADE NA POLITICA, PREVALECE OS INTERESSES PARTICULARES.

  • Maria do Carmo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem diria Professsora Verinha, quem vê a cara não vê o coração, um dia a máscara cai mesmo. De companheira passa para Turma da Botina.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem te viu, quem te ve...

  • Marcio Godoy | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que brincadeira de mau gosto, que essa turma da bonita fez e faz, isso demonstra o grupinho de bairristas da região Sul do país. Eles têm que trabalhar e baixar a "bola" e respeita o povo cuiabano e mato-grossense.

  • RODRIGO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A VERINHA DEVE TER LEVADO UMA BOTINADA NA CARA.

  • cassia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    è não dá para entender a politica,antes adversários agora tem que marchar juntos em prol do governo, espero que a botina não aperte e dê calos,agaurdemos as proximas surpresas no cenário politico.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu concordo com o marcio Godoy,que os sulistas tem que trabalhar e respeitar os matogrosensses mas eu tambem acho que os matogrosensses tem que se dar ao respeito o que aconteceu com a ex- critica do senhor REI DA SOJA foi uma vergonha para nós aqui de Cuiaba.

  • Eduardo lemos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eh Verinha, nunca guspa no prato q um dia vc podera comer. Espero q esteja arrependida de tanto ter criticado o governador maggi,nos ultimos 4 anos na maioria das vezes expressando "raiva", agora tem seguir ordens pra manter o cargo e salario,,, Decepecionante.

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...