Últimas

Sexta-Feira, 18 de Abril de 2008, 19h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

RONDONÓPOLIS

Ex-adversário coordena a campanha de Sachetti

 O prefeito de Rondonópolis, Adilton Sachetti (PR), buscou num ex-adversário político "combustível" para acelerar sua campanha à reeleição. Trata-se do deputado federal de quinto mandato Wellington Fagundes, derrotado pelo próprio Sachetti nas urnas de 2004. Agora, Fagundes será o coordenador-geral do grupo. Em encontro nesta sexta em Rondonópolis, que reuniu lideranças republicanas da região Sul, Fagundes compõe a mesa de autoridades e recebeu rasgados elogios de Sachetti.

  Segundo o prefeito, Fagundes vem trabalhando na aproximação e cobrança de partidos políticos, no sentido de buscar recursos federais à região Sul, que congrega 17 municípios. O deputado mostra toda uma estratégia política, visando ao pleito de 2010. Se dedicará ao projeto de reeleição de Sachetti para, em troca, ser apoiado pela turma da botina ao Senado. 

  Durante o encontro, as lideranças do PR reforçaram o nome de Luiz Antonio Pagot para o governo do Estado. Enfatizaram que é importante se construir uma boa base no pleito deste ano para alicerçar o projeto majoritário. em torno do nome do hoje diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes.

    Câmara Municipal

    O PR, dono hoje da maior bancada na Câmara Municipal de Rondonópolis, com 8 das 12 cadeiras, conta com 20 pré-candidatos a vereador. Vão tentar novo mandato o atual presidente do legislativo,  Ananias Filho, além de Valdir Clemente, Aristóteles Cadidé, Zé Márcio Guedes, João Gomes, Hélio Pichione, Olímpio Alvis e Mohamed Zaher. Integram a lista os ex-secretários municipais Ailton das Neves, Fábio Cardoso e Hussein Daud, além do vice-prefeito Manoel Machado, o Maneco. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Zé Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    É o Sachetti tá frito mesmo, com o W. Fagundes na sua coordenação, só vai acontecer uma coisa, vão os dois para o BUQUE, como o bom cuiabano sabe. A população de Rondonópolis já sinalizou várias vezes que não vota em W. Fagundes para prefeito. Será que vão votar em quem ele pedir?
    A oposição em Rondonópolis só perde essa, se não unir, isto é, Zé Carlos do Pátio e Percival Muniz só perderão esta eleição para eles mesmos.

    Zé Cuiabano, nestes butinudos em 2010.

  • Cesar de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O DEPUTADO E OS BOTINUDOS.

    Quem anda com quem quer tem que ouvir o que não quer. O deputado Welligthon ao assumir a coordenação da campanha de sachetti vai ter que ser cobrado de adversários e companheiros sobre a história do famoso dossiê que lhe tirou a vitória nas últimas eleições municipais de Rondonópolis. E vai ter que ouvir muito, inclusive corre o risco de ser usado e depois descartado, pois a turma da botina é mestre em fazer isso com aqueles que não nasceram lendo a sua cartilha lá para os lados do Sul Maravilha..

    O dossiê é aquele mesmo que saguetthi empunhou no final da campanha, que entre coisas escaborosas sobre a vida do deputado, falava do verdadeiro dono da Agroboi,empresa embrião da fortuna que o deputado ostenta. Segundo os mentores do dossiê, o verdadeiro dono da Agroboi está enterrado numa cova rasa em Alto Coité, no município de Poxoréo. Os mentores chegaram até apresentar cenas na televisão, mostrando a citada cova.

    Agora Wellegthon rscolhe integrar a turma da botina. Apoiar quem o derrotou com infâmias. Lamentamos muito, pois não sabemos se é medo de novas denúncias ou pura acomodação. Parece que o deputado é refém dos botinudos. Tal ato na Bahia, terra dos pais do deputado, tem outro nome e, ele sabe muito bem como isso se chama.

    Rondonópolis lembra, que quando o dossiê foi apresentado Welligthon tanto nos palanques, como na televisão, chorou copiosamente ao lado da mulher e dos filhos. Na ocasião, dizia-se injustiçado. Não sabia ele que aquele era o jeito dos botinudos fazer campanha. Será que o deputado aderiu a esse jeito sórdido de fazer campanha?.

    Acredito que o Deputado está indo no canto da sereia, tudo fazendo para cair nas graças dos botinudos e ser candidato a Senador com o apoio deles. Bobagem: O Clube dos Botinudos está fechado, nele baiano não tem vez. E jamais como candidato a Senador. Caia na real deputado.

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...

DEM tem derrotados em 2020 pra AL

anelise silva 400   Alguns filiados do DEM do governador Mauro Mendes estão se movimentando por conta própria, visando as eleições de deputado estadual no próximo ano, alheios ao comodismo do presidente regional do partido, ex-deputado Fabinho Garcia. Em Cáceres, por exemplo, dois são cogitados para...

Vereadores vão devolver a VI de abril

agostinho carneiro 400   Presidida por Agostinho Carneiro (foto), a Câmara Municipal de Ribeirãozinho, um dos menores municípios do Estado, com cerca de 2,5 mil habitantes, decidiu suspender o pagamento da verba indenizatória deste mês de abril de todos os seus nove vereadores. Com isso, os R$ 9 mil que iriam para o...