Últimas

Sexta-Feira, 04 de Dezembro de 2009, 12h:48 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

COMUNICAÇÃO

Ex-ombudsman agora coordena Comunicação da Agecopa

Eduardo Ricci  O jornalista Eduardo Ricci será um dos 14 coordenadores da Agecopa. Sua nomeação já foi definida pelos sete que compõem a Diretoria Colegida. Ricci foi o primeiro ouvidor-geral e ombudsman da Prefeitura de Cuiabá, sob o tucano Wilson Santos, pré-candidato a governador. Ele ocupou o posto equivalente ao de primeiro escalão durante dois anos (dois mandatos), com a atribuição de levantar falhas da gestão e fazer críticas. No ano passado, Ricci ajudou na campanha à reeleição de Santos, que garantiu novo mandato numa disputa no segundo turno contra Mauro Mendes (ex-PR e hoje no PSB).

 Agora na Agecopa, vai coordenar a área de Comunicação, num contato mais próximo com o diretor de Comunicação e Marketing da Agência, ex-prefeito de Cuiabá e ex-deputado Roberto França. Eduardo Ricci é um jornalista experiente. Atuou em vários jornais e emissoras de TV. Foi diretor-executivo, por exemplo, do Jornal A Gazeta, e também da TV Record Cuiabá.

   A Agecopa é vinculada à estrutura do governo estadual e terá sobrevivência até dezembro de 2014, ano em que Cuiabá sediará a Copa. Foi criada para cuidar dos projetos milionários voltados à preparar a capital mato-grossense para o Mundial. Entre os 80 cargos, estão 14 de coordenadorias. Um deles já foi "loteado" para Eduardo Ricci, que vai ganhar R$ 4,5 mil mensais pelos próximos cinco anos.

    Apesar do diretor-presidente Adilton Sachetti desconversar sobre o assunto, vários nomes já foram definidos para integrar a Agecopa, principalmente quanto aos 9 assessores especiais e 7 no cargo de técnico I cujos salários serão de R$ 7,5 mil. Os demais cargos estão assim divididos: 1 chefe de gabinete, 14 coordenadores, 28 gerentes, 7 assessores de gabinete e 7 assistentes de gabinete, além do presidente, 6 diretores e 14 coordenadores.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Arthur Galli | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que Tribunal de Contas cara pálida?
    Aquele que aprovou as contas de Lutero Ponce?

  • Observador Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Observador Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • jorge maciel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Seguramente, um profissional de rara visao e fertilidade de criação incomuns, já provadas em ocasiões diversas. Ricci é um dos mais brilhantes jornalistas na atualiodade e tem, por igual, talento para a liderança e para gestão. Como jornalista de A Gazeta por longos 9 anos, conivi com bons profissionais, entre os quais o Edu, de quem destaco aptidão para essa tarefa que lhe vai exigir muito. Acessíel e aberto ao diálogo, Eduardo Ricci, certamente, emprestará contribuiçao indispensável à a empresitada .

    Desejo-lhe sucesso!

  • Franco Querendo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Profissional competente, dedicado e aguerrido. Ganha a Copa e o povo de Mato Grosso. Ganha a serenidade e a humildade. Parabens, Eduardo Ricci, jornalistas como você é raridade.

    Franco Querendo - Professor e advogado

  • RobsonPedroso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Belissima escolha,já estavam na hora de valorizar quem trabalhou e trabalha nesse estado, exelente profissional,competencia e seu nome, e sempre soube construir barcos que não afundasse. Parabéns Eduardo vc sabe fazer e os cuiabanos e Mato Grosso será bem representado com vc. Felicidade e sucesso.

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...