Últimas

Terça-Feira, 04 de Novembro de 2008, 13h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CÁCERES

Ex-prefeito e vereador derrotados vão aos tapas

 Túlio e Alcy trocam socos e pontapés durante festa

 O ex-prefeito Túlio Fontes (DEM), derrotado à sucessão municipal em Cáceres (a 210 km a Oeste da Capital), entrou numa luta corporal contra o vereador Alcy Silva (PR), outro reprovado nas urnas. O campo de batalha, sob olhares de vários expectadores, ocorreu no último sábado durante uma festa de aniversário na chácara do servidor público Renato Fidélis, no bairro Garcês. Ambos participaram para socos e pontapés.

  Testemunhas, como o ex-secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Benedito Xavier Corbelino, o Vica, confirmam a "luta livre", assim como Alcy Silva. Túlio nega. Afirma que “estão fazendo tempestade em copo d’água”. O curioso é que Túlio e Alcy foram velhos aliados. Quando prefeito (2000 a 2004), Túlio teve Alcy como secretário de Governo, de Administração e de Obras.

Vereador Alcy Silva (PR)  Alcy conta que estava se despedindo das pessoas presentes à confraternização quando foi agredido pelo ex-prefeito. “Eu já estava de saída. Fui despedir da aniversariante quando ele (Túlio), totalmente descontrolado, veio correndo em minha direção e me agrediu. Estava todo mundo tomado e eu revidei”, contou o vereador. Alcy diz que “foi uma agressão gratuita". Túlio teria provocado. Criticou Alcy por ter se aliados à turma do Mensalão, numa referências aos escândalos nos quais se envolveu o deputado federal Pedro Henry, irmão do prefeito reeleito Ricardo Henry (PP). Alcy revidou e também fez acusações ao ex-prefeito, em meio às discussões sobre resquícios da campanha eleitoral.

  Além de confirmar o “pega”, o vereador Alcy acusa o ex-prefeito. “Quando fazíamos política juntos eu sempre fui leal a ele. Porém, ele nunca admitiu a minha mudança de grupo e há muito tempo vem me perseguindo”. Disse que Túlio já tentou cassar o seu mandato e o está processando na Justiça. "Ele (Túlio) infiltrou uma mulher envolvida com o escândalo do chequinho na Câmara Municipal em minha campanha para me prejudicar e agora me agrede fisicamente. Ele está totalmente desequilibrado emocionalmente”, diz Alcy. Afirma que Túlio já o telefonou para pedir desculpas, mas avisa que não aceita a reconciliação.

   Sem bronca

Túlio Fontes (DEM) parte para a briga   O ex-prefeito evita comentar a briga. Depois de muita insistência, Túlio atendeu a ligação em seu aparelho celular. "Vê bem o que você vai escrever aí”, disse, garantindo que “estão tentando desvirtuar o assunto". O ex-prefeito assegura que "não aconteceu agressão alguma". "Estão querendo fazer tempestade em copo d´água". Diz que troca de tapas e coisa de mulher e que não apresenta nenhum arranhão do rosto, o que poderia servir de provar sobre agressão.

   O ex-secretário de Estado Benetido Corbelino, um dos que conteve os desentendimentos, disse que “quando o Alcy chegou próximo ao seu carro, Túlio chegou como um louco tentando esmurrá-lo”. Disse que ficou impressionado com o desequilíbrio emocional do ex-prefeito. Após Alcy deixar o local, de acordo com Corbelino, Túlio teria passado a discutir com o empresário Marlon Brandt. Ele só teria se acalmado com a saída de várias pessoas que deixaram a festa assustadas com o calor das discussões.

   O vereador Alcy diz que procurou o Cisc para registrar ocorrência. Conta que só não o fez porque os investigadores da Polícia Civil estão de greve. (Sinézio Alcântara, de Cáceres, especial para RDNews)

(Às 17h10) - Só houve discussão, garante Túlio Fontes

  O democrata Túlio Fontes disse que não chegou a vias de fato com o vereador Alcy Silva. Segundo o ex-prefeito, está havendo exagero. "Isso é uma piada. Teve discussão, mas não houve briga. As divergências foram levantadas porque têm processos jurídicos. O povo de Cáceres me conhece e sabe que não sou de baixarias. Nada de pessoal tenho contra o vereador".

   Túlio Fontes, derrotado nas urnas para o prefeito Ricardo Henry, voltou a reclamar da censura da imprensa cacerense, para quem quase todos os veículos são dominados e/ou controlados pelo irmãos Ricardo e Pedro Henry e disse que notícias como essa da briga são tentativas de prejudicá-lo pelo fato de ter denunciado irregularidades nas eleições em Cáceres. "Eles querem que eu fique quieto diante da campanha que fizeram da compra de votos, do abuso do poder econômico".

   Túlio observa que o Ministério Público já emitiu 7 pareceres pela cassação do prefeito reeleito e existem outros 4 similares. Enfatiza que existem provas documentais e testemunhais de que houve compra de votos. Segundo o democrata, os dois casos de prefeitos eleitos e já com registros cassados (em Poxoréu e em Paranatinga) são infinitamente menos graves se comparado ao que ocorreu em Cáceres.

  "O grupo do prefeito comprou votos, enquanto eu tive 20.821 votos de pessoas que votaram por acreditar em minhas propostas. Então, estão fazendo tempestade em copo d´água, tudo com propósito de tirar atenção da sociedade sobre os processos referentes à compra de votos", reclama Túlio Fontes.

Postar um novo comentário

Comentários (29)

  • altamiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O verador disse que na festa todo tomou cerveja então tá explicado e ponto final.

  • Alfredo Sampaio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    ESTAMOS VENDO QUEM É ESSE ALOPRADO DO TÚLIO FONTES!

    DESPREPARADO, RANCOROSO, E FICA SEMPRE DENEGRINDO A TODOS!

    AGORA FICOU CLARO QUE ESSE SENHOR NÃO PODE NUNCA TER QUALQUER CARGO PÚBLICO!

    CAPAZ DE QUALQUER ATITUDE DESCABIDA, VIOLENTO E QUER LEVAR TUDO NA MNARRA!

    NÃO ACEITA A DECISÃO DAS URNAS, AGRIDE ADVERSÁRIOS, XINGA A TODOS.

    O SR. NA VERDADE ESTÁ DERESPEITANDO A TODA A POPULAÇÃO DESTA CIDADE.

    POR FAVOS, VÁ EMBORA DAQUI E PRESTE PELO MENOS ESTA HOMENAGEM A CACERES!

    VOCÊ TERMINOU!

  • Luiz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ao comentario do Sr. João Marques.
    Acorda João, esse menino mimado esta acostumado a fazer baixarias e fica por isso mesmo, certo dia no bar do pipoca la na praça barão o cara estava tão bebado e se achando, mexendo com as pessoas que por ali trafegavam, isso ninguem conta, o cara não tem preparo para assumir orgão nenhum, e desequilibrado, não tem postura e ainda por cima e preguiçoso, claro, fica na badalada a noite toda.O saudoso seu pai Dr. Antonio, que deus o tenha foi um homem que não deu motivo para sua familia se envergonhar, ja o filho..... os fatos estão ai.

  • Ana Paula | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fico envergonhada com a atitude dos tres Senadores de expor Cáceres em nivel naciona, agora dois politico da mesma laia, novamente coloca Caceres nas manchetes do Estado. Me admira Tulio Fontes Advogado,foi prefeito, deputado, filho de familha tradicional, se descontrolar dessa forma. Sabe-se que ele não foi capaz de administrar os bens que o pai deixou, como pode se candidatar a administrar a vida de milhares de pessoas. E o vereador Alcir junto com os vereadores que hora deixam os cargos, que moral eles tem, já que a camara municipal foi assolada por uma verdadeira onda de falcatruas nesta gestão. Cáceres ja mudou, mas ainda não é o suficiente. Cáceres Necessita de Pessoas com Carater. Parabens doutor Geraldo Fidélis, nunca vi uma eleição tão tranquila.

  • MARCIA ALMEIDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ´E duro nem Alcy perder uma eleição com miseros 500 votos ainda levar uma surra, tome cuidado porque do jeito que voce age , irá apanhar mais por aí, parabéns Cáceres por tirar esse cancer da Câmara, Túlio se não fosse você seria outro.

  • Marcelo Fonseca Pascoal | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TULIO, eu sou da paz e vc??
    Vc é a propria marca do rancor, da desordem, da má conduta e do despreparo.
    Meu pai votou pra vc em homenagem ao saudoso Dr Antonio, mas minha mãe e o resto da minha familia te repudiaram acertadamente.
    Vc representa o que ha de pior na sociedade cacerense, está nos envergonhando no estado inteiro. se fosse um pouco mais sóbrio e ético, aceitaria a derrota e partiria pra uma candidatura em 2010.
    Seja homem Tulio, pelo menos uma vez na vida, peça desculpa em publico pelo papel de deliquente que vc protagonizou envergonhando nossa terra e nossa gente.
    Eu, como vc, não sou muito fã dos Henry, mas temos que respeitar o voto popular, a maioria optou por ele e fim de papo. votei no Beto do São Lucas, mas respeito o que o povo decidiu.
    Túlio, não mate sua familia de vergonha. TRABALHE.

  • Renato Cunha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu sou da paz, e vc?

    e slogan de campanha eleitoral fraudulento, bom, graças a 522 votos, não temos esta baixaria sendo vangloriada por um representante do povo...

  • Deusdel Ferreira de Sousa Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse rapaz Túlio Fontes já não esta mais no planeta terra.
    Seus problemas de adulto são resolvidos como eram na época de criança. Deve sentir falta de poder usar o poder da família para tal resolução.
    Túlio Fontes frequenta Cáceres somente na época das eleições e quando esta afim de estravasar sua insuficiência de controle dos nervos.
    Não considero o Túlio Fontes um homem da paz.
    Agressões, farras, desrespeito à família, essas são as tonicas no bla bla bla popular que ocorre em Cáceres.
    Chega um momento da vida que os adolescentes tem que virar homens de verdade, mas para o Túlio Fontes parece que a fase da adolescência não passa nunca.
    Ainda há tempo de se fazer respeitar, mas é preciso respeitar os outros, ainda há tempo de ser um exemplo para a família, basta querer.

  • simone alcantra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • joselda Farias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Que vergonha Sr. túlio, o garotinho birrento, apelou até para a mamãe, quando será que vai desmamar e virar homem de verdade, e assumir seus erros.

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.