Últimas

Sexta-Feira, 15 de Junho de 2007, 12h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INFRAESTRUTURA

Ex-prefeito nega "ficha suja" e critica Sinfra

   O ex-prefeito de Novo Horizonte do Norte (Vale do Arinos, a 650 km de Cuiabá), Agenor Evangelista da Silva, indicado pelo DEM para o cargo de assessor especial de Vias Urbanas da pasta de Infra-Estrutura, classificou de injusta a reprovação do seu nome para ocupar a função. Após checar a "ficha" de Agenor, o secretário Vilceu Marchetti decidiu internamente que iria comunicar ao DEM e ao governador Blairo Maggi que não poderia nomear o ex-prefeito devido a contas rejeitadas pelo TCE - clique aqui e leia mais sobre o assunto.

    Em comunicado ao RDNews, Evangelista, que administrou Novo Horizonte do Norte de 1997 a 2004, explica que o Tribunal de Contas do Estado julgou dois processos, ambos de tomada de contas especial. Um foi aprovado e, o outro,  julgado irregular. Enfatiza que a Lei Orgânica do TCE e seu Regimento Interno prevêem a interposição de recursos das decisões ali proferidas e, diante disso, recorreu da decisão. Aguarda julgamento.

     "Não posso ser julgado previamente pela opinião pública em decorrência da matéria ofensiva publicada", disse o prefeito. Em seguida, o ex-prefeito comenta: "Se por um lado a Sinfra foi injusta por não me ouvir para o conhecimento da verdade dos fatos, contudo, trata-se de questão de interna corporis do órgão, estando imune a críticas". Agenor ficou na bronca pela vinculação do seu nome à expressão "ficha suja".

    Técnico em contabilidade, o ex-gestor observa que espera um comunicado oficial tanto do DEM, que o indicou para o cargo na Sinfra, quanto da própria secretaria comandada por Marchetti sobre o assunto. Enquanto isso, trabalha sua pré-candidatura a prefeito de Novo Horizonte do Norte. "Se o partido entender que eu deva ser candidato, estou pronto para a disputa", destacou Agenor Evangelista.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

PL quer suspender dívidas das cidades

max russi curtinha 400   Ex-prefeito de Jaciara, o deputado Max Russi (PSB) apresentou projeto que visa suspender os pagamentos das dívidas dos municípios com o Estado, durante o período de calamidade pública que foi decretado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus. Max ressalta que MT não deve...

Articulação pra tentar voltar ao Procon

gisela simona 400 curtinha   Com adiamento e ainda sem nova data para a eleição suplementar ao Senado, Gisela Simona (Pros), que se afastou do Executivo para concorrer ao pleito, quer retornar ao cargo de secretária-adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon), vinculado à secretaria...

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.