Últimas

Quinta-Feira, 10 de Dezembro de 2009, 18h:56 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

ÁGUA BOA

Ex-presidente da Câmara é condenado por improbidade

   O ex-presidente da Câmara de Água Boa, Carlos Santini, foi multado em R$ 10,4 mil e teve os direitos políticos suspensos por 5 anos por ato de improbidade administrativa. As irregularidades, apontadas pelo Ministério Público Estadual (MPE) e acatadas parcialmente pelo Poder Judiciário nesta quinta (10), ocorreram nos anos de 2003 e 2004, na gestão de Santini, e se referem a fraudes em procedimentos licitatórios. Uma das impropriedades foi durante serviços prestados pelo advogado Tarcísio Cardoso Tonhá, sem uso de licitações. Assim como Santini, Tarcísio teve a suspensão dos seus direitos políticos por 5 anos e ambos estão proibidos de contratar com o poder público, pelo mesmo período. Também não poderão receber benefícios, incentivos fiscais ou creditícios, seja de maneira direta ou indireta durante esse tempo. Os valores cobrados de ambos deverão ser corrigidos a partir da data em que foram efetuados os pagamentos.

   O ex-presidente da Câmara efetuou pagamento de R$ 35 mil pela contratação, sem licitação, de Tarcísio. O montante não corresponde ao valor contratado pelas partes, que era de R$ 31 mil. "João Carlos Santini efetuou pagamentos a Tarcísio Cardoso Tonhá superiores ao efetivamente contratado, gerando prejuízos ao erário no montante de R$ 4 mil e enriquecimento ilícito de Tarcísio, no mesmo valor, devendo, por essa razão, serem ambos os requeridos condenados às sanções da Lei n.8.429/92”, ressaltou o juiz de Direito Marcos Terencio Agostinho Pires, enquanto proferia sua decisão, que determinou aos dois envolvidos a devolução do valor pago indevidamente.

   Outra irregularidade diz respeito à aquisição de equipamentos de informática também sem licitação, no valor de R$ 23,7 mil, no período entre 31 de janeiro e  21 de maio de 2003. Santini se justificou dizendo que a falta de recursos financeiros da prefeitura impedia a aquisição dos equipamentos em uma única licitação, por isso ele resolveu fracioná-la. O juiz considerou o argumento do ex-presidente como "descabida" e afirmou que "as acusações que lhe são imputadas não decorrem do fracionamento em si do objeto da licitação", mas sim "da não utilização do procedimento licitatório adequado ao valor global da operação". Para o magistrado, a dispensa do uso de licitações, nesse caso, gerou prejuízos aos cofres municipais de R$ 6,4 mil. (Lislaine dos Anjos)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • ataliba da rocha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só podia ser rolo do Baiano 2, esperto esse tarcisio sempre se amamentando nas tetas do poder. Antes era na camara, depois prefeitura, agora tá no hospital regional. Mas o desmame tá chegando logo ce vai ser colocado a pastoreio extensivo e depois de gordo se nao for castrado ou vai pro leilao do mano ou pro abate.

  • Ricardo dos Santos Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mas que dupla, se juntaram pra aproveitar do dinheiro publico, m,as agora o que vai acontecer? será q esses corruptos vao devolver esse dinheiro mesmo? eu pago pra ver, ese tarcisio ainda continua trabalhando no hospital regional, sempre querendo se encostar no poder publico. acorda povo de agua boa, esse baiano é muito metido a esperto.

  • jose pedro santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens ao magistrado de agua boa pela sentença, esse juiz aplicou uma pena a uma pessoa chamada tarcisio que se acha acima da lei. Sujeito arrogante prepotente sempre tentando tirar proveito do poder publico, do nosso dinheiro tao suado, ai vem um espertinho, gaiato e quer tirar proveito fala que manda em agua boa, que tem poder se acha dizendo que controla os ´poderes ai, sai dessa coronel, essa foi boa pra vc baixa a bola agora baiano.

França, a gritaria e as contradições

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto) sempre fez campanha eleitoral na gritaria. É daqueles populistas que fazem cara feia, falam alto e batem na mesa para tentar assustar e intimidar adversários e posar para o eleitor como "cabra macho", "valente" e acima de qualquer suspeita. Foi assim que se elegeu e se...

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...