Últimas

Quarta-Feira, 12 de Novembro de 2008, 17h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RESGATE HISTÓRICO

Ex-senador Canellas sai do topo para ostracismo

Clique na imagem para ampliá-la
Na década de 1970, o ex-senador Benedito Canellas (79/87) e hoje consultor político, posa para fotografia na Assembléia, exibindo um cigarro entre os dedos da mão direita, e ladeado por colegas parlamentares, como Benedito Alves Ferraz, Aldo Borges e Afro Stefanini. Hoje aos 69 anos, Canellas passa despercebido pelos corredores da Assembléia, apesar de, num passado recente, ter sido uma das grandes lideranças políticas, inclusive com influência junto à Presidência da República. Aos 24 anos, quatro anos depois de deixar São Manuele (SP), onde nasceu, Canellas se elegeu vereador por Cáceres com 1.513 votos. Exerceu todos os cargos eletivos no Legislativo. Depois de vereador, foi deputado estadual (71/75) e federal (75/79) e, por último, senador (79/87).
Foto: Demóstenes Milhomem

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Julimar Esther | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, voces esqueceram de citar o nome do deputado Estadual Ricardo Correa, que está ao lado do ex-Senador Canellas, não podendo esquecer que na época foi um atuante Deputado da região dos esquecidos do Vale do Araguaia.

  • Sueli | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Por favor, procurem a diferença de despercebido e desapercebido num dicionário e vão ver que o uso da palavra na redação abaixo da foto está totalmente errado.

  • paulo roberto de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na verdade, o Sr. Benedito Canellas não deixou saudades
    na política....Fez um bom trabalho, mas, para sí mesmo....

  • mifares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson,

    Apenas para ficar completa a notícia, vamos informar o nome de todos que estão na histórica foto. Da esquerda para a direita: Afro Stefanini, Agripino Bonilha Filho, Aldo Borges, Benedito Alves Ferraz, CANELAS e Ricardo Correa.

    Saudações

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.