Últimas

Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2009, 22h:51 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

Canarana

Ex-vereador e secretário é encontrado morto com 1 tiro

   O secretário de Finanças e ex-vereador por Canarana (a 790 km de Cuiabá), Ismar Grubert (PTB), foi encontrado morto. Sua família descarta os rumores de que ele teria sido assassinado. Acredita na hipótese de tiro acidental. Itamar Grubert, filho da vítima e que mora em outra cidade, disse que no sábado, 1º de agosto, o pai estava sozinho na chácara cuidando dos animais quando houve disparo de espingarda. A arma pertencia ao próprio Ismar. “Meu pai morava numa chácara e ia para lá para cuidar dos animais”, comenta Itamar, ao justificar o porte de arma.

   Segundo Itamar, a família acredita que o tiro aconteceu quando a espingarda caiu no chão, pois o tiro veio debaixo para cima, acertando Ismar na altura do tórax. “Meu pai usava muleta que quebrou justamente do lado que ele carregava a arma”, ponderou. Sobre os comentários de que alguém pudesse ter atirado no seu pai, o filho do ex-vereador descartou e atribui essa situação à intriga política. “Nós não acreditamos em crime, mas mesmo assim vamos aguardar o término da investigação”, diz, em entrevista ao RDNews.

   O delegado de Canarana, Marcelo Fernandes Jardim, disse que os laudos vão ficar prontos em 15 dias, mas antecipou que a suspeita é de tiro acidental. “Essa é a hipótese mais provável do que aconteceu, mas estamos averiguando outras situações e nenhuma sem fundamento até agora”. Ismar foi vereador de 2001 a 2004. Comandava a pasta da Finanças do município sob o prefeito Walter Faria(PR), que teve o registrocassado, ficou fora do cargo por três meses por uso indevido do site da prefeitura durante a campanha, e conseguiu reconquistar à cadeira junto ao TRE. Faria é primo de Wanderlei Farias(PR), prefeito de Barra do Garças. (Ronaldo Couto, de Barra do Garças)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.