Últimas

Segunda-Feira, 15 de Setembro de 2008, 17h:56 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CAMPO VERDE

Ex-vice-prefeito é condenado por salários ilegais

Médico José Leite perde direitos políticos por 3 anos e não pode mais ser candidato a vereador; prefeito Dimorvan é absolvido

  O juiz da 12ª Zona Eleitoral de Campo Verde, Gilberto Lopes Bussiki, condenou o candidato a vereador pelo PMDB, o médico José Leite da Silva Neto, à perda de seu registro de candidatura e à declaração de sua inelegibilidade por três anos subsequentes. A Justiça atendeu a um parecer do Ministério Público Eleitoral. O magistrado determinou também a remessa de cópia dos autos para a Delegacia de Polícia Federal para instauração de procedimento e apuração de crime eleitoral.

   José Leite, que foi vice-prefeito na gestão Onéscimo Prati (DEM), é acusado de captação ilícita de sufrágio. Ele é aliado do prefeito e candidato à reeleição Dimorvan Alencar Brescansim (PR). A coligação alegou que José Leite, apesar de ter apresentado à Justiça Eleitoral sua desimcompatibilização do poder público dentro do prazo e ter o registro de candidatura deferido, continuou exercendo a função pública, ou seja, recebendo salário nos meses de maio e junho. Ao todo foram R$ 13.555,78. O candidato requereu a exoneração em 26 de março deste ano. O pedido foi efetivado em 31 de abril.

   Sobre o prefeito Dimorvan, o juiz julgou a ação improcedente. Entende que não há nos autos provas de que o gestor fora beneficiado ou que tenha participado de qualquer conduta ilícita. Observa que o candidato a vereador José Leite era contratado pelo município de Campo Verde como médico para exercer a função de Gerente de Saúde da Família. Todavia, após ter comunicado sua exoneração ao juízo eleitoral, continuou exercendo sua profissão sem nenhuma interrupção, agora como prestador de serviços.

   Segundo o magistrado, consta nos autos que no período de vigência de sua desincompatibilização, José Leite atendia cerca de 35 pacientes diariamente na zona rural e nos outros períodos realizava internações pelo SUS e prestava atendimento oftalmológico para admissão de condutores de veículos para o Detran.

   Para o juiz, em seu entendimento, não prospera a alegação da defesa de que o candidato não praticou irregularidade porque passou da condição de contratado para prestador de serviços, uma vez que, a legislação eleitoral engloba também a atividade de prestadores de serviços, e porque não prestava serviço de forma esporádica e sim diária nos postos de saúde da zona rural.

   Fraude

  Outra fraude utilizada por José Leite, segundo o juiz Gilberto Lopes, foi o fato de ter saído da folha de pagamento da secretaria de Saúde, passando a receber seus vencimentos pelo Hospital Municipal, onde não presta serviços. "Isso tudo numa manobra para que ninguém soubesse, pois trabalhava na zona rural e recebia disfarçadamente pelo Hospital Municipal, excluído da folha de pagamento da secretaria Municipal de Saúde, por onde os outros médicos são remunerados", diz o magistrado.

Postar um novo comentário

Comentários (128)

  • marqueteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ridiculo eh se esconder do povo que vota nele e com segurança, vcs sao todos uns pau mandados..... nos nao somos livres e felizes......




    beijos

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não estou aqui para xingar nem falar babouseiras...estou aqui para parabenizar o 22 pelo grande comício realizado ontem...realmente o povo de Campo Verde sabe muito bem o que quer...um comício com classe e elegância, sem afrontas nem ofensas , apenas mostrando propostas que venham beneficiar todos campoverdenses, indistinatamente...quem tem postura e educação sabe mostar propostas e trabalho...Parabéns Dimorvan pelo sucesso do comício da vitória..o prefeito da família campoverdense...vote 22

  • antonia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O desespero bateu pois quantos comentarios vetados em Sr Marqieteiro .

    Calma nao se exalte ai todos serao mostrados





    KKKKKKK fiquei sabendo do dono ..........que pagaram bastante para inverter os resultados.


    Beijos

  • cordeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Justiça seja feita!!!! Agora tem gente se doendo pela cassação do Dr. José... Não aceitam vereditos da Justiça, metem a boca e ainda não querem arcar com as consequências... Sempre na vida é interessante usar a empatia ( se por no lugar do outro ). E se fosse um candidato do 25 que tivesse sido cassado??? O 22 estaria vibrando, falando bem da justiça, que a justiça realmente foi feita e assim por diante... Gente, temos que voltar para escola e aprender o significado da palavra Democracia! Parece que em Campo Verde isso não existe mais... Respeito é bom e todo mundo merece, principalmente autoridades de qualquer poder público!!!

  • fernando pessoa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    muito bem pessoal.

    4.500 pessoas aproximadamente no comício da vitória, (extimativa da PM).

    200 pessoas no comicio do 25, no recanto do bosque (extimativa de vcs mesmo)

    Ainda ouvi essa frase de um militante 25 - 25% que estavam no comicio vota no onescimo pode ser até verdade, mas também é verdade que somente 5% saiu do comicio pensando em votar no 25. O restante estava cantando EU VOTO 22, EU VOTO 22, DIMORVAM PREFEITO EU VOTO 22.

  • Marqueteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0




    OPPA!!

    Dona claudia, use seu nome, deixe o meu quieto rssssss.
    Que feio!!!!!

    obrigado

  • mARQUETEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    OPPA!!!!!

    HOJE ASSISTI O PROGRAMA DO 25, E REPAREI QUE ESTÃO TRABALHANDO EM CIMA DO QUE MAIS NÓS DO 22 SOFREMOS,...VIOLÊNCIA, GRITO, SACANAGEM, VIOLANDO POR COMPLETO A LIVRE ESCOLHA DO VOTO, MESMO COM TODA ESTA PRESÃO DOS MILITANTES DO 25, O POVO CONTINUA COM A OPINIÃO FIRME, VOTANDO 22,......
    SÓ QUE NÃO ADIANTA AGORA VIM SE DESCULPANDO NA TV, JÁ FIZERAM O QUE NÃO DIVIAM DE TER FEITO,.....

    O POVAO NÃO ESQUEÇE, SINTO MUITO, EU FUI VÍTIMA DISSO, ISSO DÓI SABIA.

    OBRIGADO

  • Jane Estrada | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quanto ao doutor José não posso dizer nada mas, desse autoritario, hipocrita, arrogante e difarçado de ANJO precisamos tomar cuidado pois está por aí prometendo isso e aquilo e fazendo as mesmas promessas de 3,5 anos atrás uma delas que está fazendo a mesma é a valorisação do profissional da educação só que graças á DEUS ele esqueceu que é PROFESSOR.Professor que honra a sua profissão não compartilha com esse tipo: DIMORVAN.

  • vITORIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    mEU dEUS ESTE MARQUETEIRO ESTA MESMO DESESPERADO EM
    TODOS OS ARGUMENTOS DELE SAO VETADOS

    CRUS CREDO TOME CONTA DE UM CIDADAO DESTES



    BOA VIAJEM VAI PRA FAZENDA DAR UMA DESCARREGADA E VE SE CHEGA PARA VOTAR EM.


    BEIJOS

  • fefe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esta é mais uma prova de que na administração do SABE TUDO Dimorvam discurso não tem nada a ver com os atos praticados. Afinal de contas quem pagou o salario para o doutor José? alguem foi conivente!!!! E o doutor José!!!!!!! Coitadinho!!!! ele nem sabia, ele nem queria receber!!!!
    Coitadinhos!!!!!!!! coitadinhos!!!!! coitadinhos são aqueles que acreditam nesta serie continua de mentiras. olha só!!!! uma cidade para todos pagar salario extra pra funcionarios fantasmas em quanto o aumento do funcionalismo foi o menor da história de campo verde
    Eles mentem tanto que já se percebe que são refens das propria mentiras.
    e falo mais!!!! Isso foi para vir a tona o quanto o sr dimorvam menospreza a inteligencia de parte do povo de campo verde. Menospreza a capacidade de outras pessoas. menospreza o passado de campo verde. Menospreza quem já passou por uma aprovação popular. Menospresa boa parte de uma cidade que foi construida em uma epoca de muita dificuldade onde ninguem acreditava em campo verde!!!!!
    E o pior de tudo é ouvir dircusos onde so se fala honestidade e transparencia... hei!!!vamos acordar!!! vamos parar de acreditar em nossas proprias mentiras!!!!!!! isso não é, não é, não é ser honesto e transparente!!!! chega!!!! não aguento mais!!!!! vamos protestar!!!! dia 05 de outubro!!!!! vamos lá Campo Verde.

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...