Últimas

Sexta-Feira, 02 de Maio de 2008, 14h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

CÁCERES

Exatora é exonerada; empresários culpam Henry

  Empresários e a Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) de Cáceres encabeçaram uma manifestação para pedir a manutenção da exatora Vanda Helena da Silva Peres no cargo de gerente da Agência Fazendária no município. Pelos menos 21 escritórios de contabilidade e consultoria encheram a caixa de e-mail do secretário Éder de Moraes para pedir a permanência de Vanda. Para eles, ela foi exonerada por questões meramente políticas e sem sentido do prefeito Ricardo Henry (PP).

   Os empresários afirmam que Ricardo ficou na bronca porque Vanda usou o auditório da revendedora de motocicletas Cometa, do empresário e pré-candidato a prefeito, Francis Maris (PMDB), para realizar um evento da secretaria de Fazenda. O gestor progressista, em uma manobra política, teria recebido ajuda do deputado federal Pedro Henry para influenciar na decisão de exonerar a exatora. Juntamente com o ex-prefeito Túlio Fontes, Francis figura como o opositor ferrenho dos irmãos Henry.

    Contabilistas que preferem não ter seus nomes revelados garantem que Vanda usou o espaço apenas para explicar as especificidades da Nota Fiscal Eletrônica, em fase de implantação no Estado e que, em nenhum momento, falou-se de política. “O auditório sempre foi usado para palestras e cursos até mesmo pela própria Secretaria de Fazenda. É o melhor espaço que temos, jamais houve essa intenção. Não foi o que se viu lá”, disse um contabilista. “O prefeito confundiu um evento totalmente técnico com um de cunho político, só porque se esperava a participação de 80 pessoas e participaram em torno de 160”, completou a fonte.

   Nos diversos e-mails encaminhados à Sefaz, os empresários garantem que Vanda é uma excelente profissional e que merece continuar no cargo. A exoneração da servidora concursada há 14 anos foi publicada no Diário Oficial que circulou nesta quarta (30). (Simone Alves)

  • Empresas que saíram em defesa de Vanda

     Aelegê, Alpha.com, Conteg, Contar, Direcional, Escritório Mineiro, Escritório Contábil, Exata, Excel, Gama, Master, Audio, Incoeste, Jacaré, Lex, Site, Moeda, Escritório Nova Cáceres, Razão, Escritório Lemes, Contec e CDL.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    RD, Bom dia
    FRANCIS (Cometa) deverá ser o próximo prefeito de Caceres.
    Alem de possuir luz própria,recursos,projetos sociáis com reconhecimentos internacionais, é um amigo; humano, atencioso, gentil - realmente um homem de VIRTU.
    Só hoje é que entendi a parada dura que Ricardo Henri está tendo pela frente.
    Francis é o candidato natural que nunca quis assumir a candidatura, acredito que chegou a hora.

  • José Antônio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cáceres precisa de político honesto. Época boa em que não volta mais, quando nós cacerense tínhamos políticos sérios como: ex-senador Márcio Lacerda, o ex-deputado Ninomia Miguel. Agora Cáceres é só politicagem com os henry e os fontes.

    Vamos mudar Cáceres!!!!

  • Emanoel Gomes Bezerra Júnior | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson,
    Parabéns pelo seu site.
    É lamentável a demisão da Sra. Vanda. Trata-se de uma servidora dedicada e extremamente comprometida com as ações da Sefaz e com a política de Governo do Blairo Maggi.
    Quando eu estava na Sefaz ela trabalhava na agência de Pontes de Lacerda e foi convocada à assumir a Agência de Cáceres que passava por muitos problemas e reclamações.
    A Vanda conseguiu melhorar o atendimento da Agência e com muita liderança se destacou entre as Agências Pólo da Sefaz. Não consigo acreditar que sua demissão tenha sido por questões eleitorais em uma Secretária da importância da Sefaz.
    Antes da Vanda os escritórios de contabilidades e contribuintes reclamavam muito do atendimento, espero que quem vier a substituí-la dê continuidade ao trabalho.
    Se sua demissão tiver sido motivada por questão eleitoral, talvez fosse melhor as autoridades de Cáceres pensar em rever o pedido, para não piorar ainda mais a imagem e não sobrar para o Governador e sua equipe.

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parece que a senhora Vanda Helena é uma potencial candidata à Câmara Municipal e, também, não é do grupo político dos irmãos Henry, logo, o prefeito está cortando o mal pela raiz. Se os contabilistas a apóiam isso quer dizer que não é corrupta, pelo contrário, ou seja, apenas medo do prefeito em deixar crescer novos líderes.

  • Vanderley Conti | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O secretário Eder foi contra essa exoneração mas parece que foi voto vencido. Acredito que os irmãos Henry deram um tiro no pé , vão perder muitos votos em Cacers por essa medida do tempo do coronealismo.

  • Rudinei Freitas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com a demissão da Srª Vanda, do cargo de Gerente da Agência Fazendária de Cáceres, demonstra-se ainda mais, que a politica dos incompetentes se sobressaem.

  • Joana Darc | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem pode mais chora menos. A Sra Vanda bobeou, dançou. È vergonhoso mais acontece todos os dias, os cargos de comissão são um exemplo é do político que está bem, de preferencia do mesmo lado da situação. Qualquer deslize cai ele e todos os indicados. Ninguém é bobo de criar cobra pra depois ser mordida por ela. Está cada dia mais difícil se manter no poder, o custo é muito alto. Perde-se a alma. Ainda assim, fico feliz pelo posicionamento do Secretario Sr. Eder, pena que ele não seja tão forte quanto os Henry, apesar de já ter enfrentado lutas maiores.Será que é porque eles são dois...

  • Jose Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Precisamos parar com essa mania de acusar as pessoas sem PROVAS.
    Por mais que as pessoas sejam suspeitas, todos sao inocentes ate que provem ao contrario.
    Nao consigo visualizar a exoneraçao de uma funcionaria com o pedido do prefeito Ricardo Henry.
    O Eder de Morais e muito profissional!!

  • marcelo cacerense | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ola esse site so sabe se oposiçao nunca mostra coisa que benefecia populaçao so atira pedra... alias esse tal de francis nunca vai ser prefeito desta cidade... prova e so ver as pesquisa e o ricardo vai ganhar facilmente mas uma vez... em caceres todo mundo sabe da maquina q e os henry nao tem pra ningume nenen...

  • João Batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A maneira que os Henrys encontraram para se manter no poder foi esta: O coronelismo.
    E só apelando mesmo, porque no caos que a cidade se encontra, dificilmente alguém, de livre e espontânea vontade, vai votar para reeleger este prefeito que tanto prometeu durante a campanha e nada cumpriu. Quem sabe agora lançarão algumas obras eleitoreiras. Não sei o que faz o TRE e o MP que não toma as devidas providências para que não se utilize da máquina para campanha eleitoral.

CAA-MT fará vacinação contra H1N1

ittalo leite 400 caixa de assistencia   A Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA/MT), presidida por Ittalo Leite (foto), já deu início à Campanha de Vacinação Contra a gripe H1N1. Serão disponibilizadas seis mil doses da vacina para imunização contra a Influenza A e B,...

Governo compra 103 motos para PM

O governo estadual vai entregar nos próximos dias 103 motocicletas à Polícia Militar. Isso deveria ter ocorrido nesta segunda, mas foi adiado e ainda sem data definida. As motos serão utilizadas pelas equipes de policiais da Companhia Raio de Moto-Patrulhamento, Força Tática e pelo policiamento ordinário na Região Metropolitana de Cuiabá e em vários outros municípios. No primeiro lote, o governador Mauro...

Ex-prefeito, contratos e multa do TCE

jeovan faria 400   O ex-prefeito de Campinápolis, Jeovan Faria (foto), vai ter de pagar uma multa equivalente a 10 UPFs/MT, o que corresponde hoje a R$ 1,8 mil, como punição por contratação de pessoal por tempo determinado sem atender à necessidade temporária de excepcional interesse público....

Decon investiga "fura-fila" da vacina

O delegado Rogério Ferreira, da Especializada do Consumidor (Decon), instaurou o que se chama de Auto de Investigação Preliminar para apurar possíveis irregularidades no cumprimento da ordem de vacinação contra a Covid-19 dentro dos critérios estabelecidos pela Prefeitura de Cuiabá. Na prática, busca investigar possíveis situações de “fura-fila” e outras circunstâncias ilegais. Rogério...

Um assessor parlamentar no TCE-MT

carlos brito 400   Carlos Brito (foto), que já ocupou diversos mandatos eletivos, será nomeado assessor parlamentar do TCE, cargo ligado diretamente à presidência. Ali, em sintonia com o gabinete do presidente Maluf, terá a missão de regulamentar o processo de solicitação da Assembleia...

Covid mata 20º pastor da Assembleia

aparecido domingues pastor cidao 400   Morreu neste sábado mais um pastor da Assembleia de Deus em consequência da Covid-19. Aparecido Francisco Domingues, o Cidão (foto), que era vice-presidente em Paranaíta, é o 20º pastor da Igreja em Mato Grosso a vir a óbito, após ser infectado pelo novo...