Últimas

Sábado, 14 de Junho de 2008, 07h:51 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

ARTICULAÇÃO

Excluídos, Santos e Pátio fazem acordo por fora

Tucano e peemedebista encaram
a turma da botina com compromisso
de, mesmo contra o PMDB e o cacique
Bezerra, um fazer campanha para
o outro em Cuiabá e Rondonópolis

 Contrariando a direção estadual do PMDB, sob o cacique Carlos Bezerra, o deputado Zé do Pátio e o prefeito Wilson Santos (PSDB) fecharam um acordão independente. Em nova reunião no decorrer da semana, ambos acertaram o seguinte: presidente regional do PSDB, Santos vai a Rondonópolis fazer campanha para Pátio, que polariza a disputa contra o prefeito Adilton Sachetti (PR). Já Pátio assumiu o compromisso de retribuir, ou seja, subir no palanque do tucano em Cuiabá, mesmo o PMDB rompido com o Palácio Alencastro.

   O curioso é que tanto Pátio quanto Santos vão enfrentar eleições difíceis e, mesmo sob risco de serem engolidos pelos adversários, vão se deslocar ao município do outro para reforçar o palanque, o que deve contrariar ainda mais o deputado Bezerra, um cacique que ronda o Palácio Alencastro e também a Prefeitura de Rondonópolis, a qual já comandou por 3 mandatos.

   Em Cuiabá, o PMDB chegou a selar aliança com o tucanato e emplacou diretores na Sanecap e ficou com a presidência do Cuiabá-Prev. Quinze dias depois resolveu romper e cair nos braços do pré-candidato do PR, empresário Mauro Mendes. Como havia acordo para PMDB e PSDB estarem juntos na Capital e em Rondonópolis no pleito deste ano, criou-se, então, impasse em Rondonópolis.

  Numa estratégia para dividir o PMDB, Santos, na condição de presidente da sigla tucana, convenceu o ex-governador Rogério Salles, que já havia desistido da pré-candidatura a prefeito, a manter o recuo e também a aliança com Pátio. Assim, o impasse em Rondonópolis foi contornado. Perguntado sobre o assunto, Santos disse que "o PSDB vai honrar o compromisso. Eu vou a Rondonópolis e o Zé do Pátio vem a Cuiabá".

   O prefeito tucano fez rasgados elogios a Pátio. Segundo ele, trata-se de um pré-candidato que "está maduro, já foi secretário municipal (de Obras), é engenheiro civil e fez pós-graduação em gerência de cidade. "O Zé do Pátio tem uma das principais características que a sociedade valoriza e aprova muito: é honesto. Isso faz a diferença".

   Santos, que já está em pré-campanha à reeleição, evitou polemizar sobre as razões que levaram o PMDB a romper com sua administração. Limitou-se a dizer que terá voto dos peemedebistas. "Creio que muitos peemedebistas que conhecem a minha trajetória e que acompanham a nossa gestão vão estar conosco na campanha". Segundo o tucano, apesar da aliança institucional entre o PSDB e o PMDB não ter sido possível, fez um acordão com Pátio que ele denomina de "pacto da ética e da moralidade".

   Santos e Pátio representam hoje as principais ameaças nas urnas à turma da botina, grupo do governador Blairo Maggi. O primeiro enfrenta em Cuiabá o empresário Mendes, apoiado pelo rei da soja. Em Rondonópolis, Pátio briga contra Sachetti, outro compadre do governador.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Sebastiao Ramirez | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Isso q é postura politíca. O problema do Bezerra e alguem crescer dentro do PMBD, se pegar a tragetoria da politica do Estado, vai observar q dentro do PMDB quem sobrevivia era apenas o Bezerra, o proprio Wilson q o diga.
    O tempo passa o tempo vou e os caciques do Mato Grosso estao sendo excluidos numa boa...
    O Bezerra e agora oq vai fazer???
    Pro Zé do Pátio foi bom demais esse apoio, pq a rejeiçao q ele tinha era por causa do Bezerra, agora, apoiando o PR em quem o pessoal da botina vai bater???kkk
    Bezerra num palanque desgraça constante...Parabens.
    Ah, olha q tem uma vaguinha pra apoio dos Campos em VG.

  • Gonçalo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Creio que WS tá dando mta importancia p. esse PMDB, vendilhão, devia sim colocar esse partido e seus integrantes num carro em ponto morto e soltar na banguela, tendo nos dois bancos da frete, Carlos Bezerra e Lutero Ponce.Esquece esse povo WS, vc dessa forma tá fazendo propaganda p. eles eles são despresíveis, e quem viver verá.

  • Leonardo Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUEM TE VIU QUEM TE VÊ DEP. ZÉ CARLOS...AGORA AGARRADO NO NEOLIBERALISMO DOS BANQUEIROS, DA PRIVATIZAÇÃO E DA FOME...MUITO BEM!!! O PATRIMÔNIO ESTÁ MUITO BEM...SR. MORAL E ÉTICO???

  • José Antônio de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não sei de quem é o erro, se dos jornalistas do BLOG, ou dos políticos em questão. Gente, esta será a primeira eleição no Brasil com o advento da FIDELIDADE PARTIDÁRIA, portanto se os partidos PMDB e PSDB não estiverem COLIGADOS, nem ZÉ DO PÁTIO e nem WILSON poderão estarem no mesmo palanque, sobre pena até de expulsão.

    Tome inteligência pessoal......

  • Edcidadão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Patifes!

  • Rodrigo Duarte | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Silval Barbosa e Carlos Bezerra ja declararam apoio a Adilton Sacchetti que deve ser reeleito.Os candidatos a vereadores do PMDB em Rondonopolis tambem sao contra a candidatura de Ze Carlos do Patio.

    Esquece Ze...Todo mundo vai de Sacchetti...

  • Pedro Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma vez eu comento, parabéns Wilson Santos, Rogério Salles e Zé do Pátio, pela postura e ética na política.

  • etica pela política | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Chega de hipocrisia.
    Não somos burros,eles fazem as suas surubas políticas e nós ficamos só observando as patifarias políticas.
    O PMDB Nacional deveria ter vergonha do cacique BEZERRA que só pensa no seu próprio umbigo.
    Já anunciava o ex GOVERNADOR DANTE a sua rejeição ao se aliar ao Bezerra, em 2002, porém, esse verme político sempre teve muita força nas articulações, que sucumbia a vontade do líder. Infelizmente, o PSDB teve que engolir essa por pressão da nacional, para infelicidade do Dante, que já previa tudo. A âncora pesou no palanque e deu-se uma derrota geral.
    Agora está ao lado do poder de novo, mas se antes teve que descer goela abaixo, agora conta com a vontade e conveniência do PR, interessado no tempo de TV.
    A política enoja, o PR vende a alma para a corrupção, com o perfil de misturar empresa e coisa pública, um mix nem um pouco benéfico para o povo. O empresário tem seu interesse(lucro acima de tudo), essa fórmula não combina.
    Onde vamos parar, vamos permanecer inertes vendo o trator do interior patrolando com rios de dinheiro a nossa política??
    Oras, não é possível que nessas eleições vamos deixar outro empresário fazer na vida pública o que faz na privada.



  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE DECEPÇÃO EM DEP ZÉ CARLOS, E EU QUE SEMPRE O ELOGIEI, INCLUSIVE AQUI NESTE SITIO, POR QUE O SENHOR NÃO APROVEITA O EMBALO E VAI CAMINHAR TAMBEM PELA AV DAS TORRES, É A UNICA COISA QUE O WS SABE FALAR.!!

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...