Últimas

Sábado, 14 de Junho de 2008, 07h:51 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

ARTICULAÇÃO

Excluídos, Santos e Pátio fazem acordo por fora

Tucano e peemedebista encaram
a turma da botina com compromisso
de, mesmo contra o PMDB e o cacique
Bezerra, um fazer campanha para
o outro em Cuiabá e Rondonópolis

 Contrariando a direção estadual do PMDB, sob o cacique Carlos Bezerra, o deputado Zé do Pátio e o prefeito Wilson Santos (PSDB) fecharam um acordão independente. Em nova reunião no decorrer da semana, ambos acertaram o seguinte: presidente regional do PSDB, Santos vai a Rondonópolis fazer campanha para Pátio, que polariza a disputa contra o prefeito Adilton Sachetti (PR). Já Pátio assumiu o compromisso de retribuir, ou seja, subir no palanque do tucano em Cuiabá, mesmo o PMDB rompido com o Palácio Alencastro.

   O curioso é que tanto Pátio quanto Santos vão enfrentar eleições difíceis e, mesmo sob risco de serem engolidos pelos adversários, vão se deslocar ao município do outro para reforçar o palanque, o que deve contrariar ainda mais o deputado Bezerra, um cacique que ronda o Palácio Alencastro e também a Prefeitura de Rondonópolis, a qual já comandou por 3 mandatos.

   Em Cuiabá, o PMDB chegou a selar aliança com o tucanato e emplacou diretores na Sanecap e ficou com a presidência do Cuiabá-Prev. Quinze dias depois resolveu romper e cair nos braços do pré-candidato do PR, empresário Mauro Mendes. Como havia acordo para PMDB e PSDB estarem juntos na Capital e em Rondonópolis no pleito deste ano, criou-se, então, impasse em Rondonópolis.

  Numa estratégia para dividir o PMDB, Santos, na condição de presidente da sigla tucana, convenceu o ex-governador Rogério Salles, que já havia desistido da pré-candidatura a prefeito, a manter o recuo e também a aliança com Pátio. Assim, o impasse em Rondonópolis foi contornado. Perguntado sobre o assunto, Santos disse que "o PSDB vai honrar o compromisso. Eu vou a Rondonópolis e o Zé do Pátio vem a Cuiabá".

   O prefeito tucano fez rasgados elogios a Pátio. Segundo ele, trata-se de um pré-candidato que "está maduro, já foi secretário municipal (de Obras), é engenheiro civil e fez pós-graduação em gerência de cidade. "O Zé do Pátio tem uma das principais características que a sociedade valoriza e aprova muito: é honesto. Isso faz a diferença".

   Santos, que já está em pré-campanha à reeleição, evitou polemizar sobre as razões que levaram o PMDB a romper com sua administração. Limitou-se a dizer que terá voto dos peemedebistas. "Creio que muitos peemedebistas que conhecem a minha trajetória e que acompanham a nossa gestão vão estar conosco na campanha". Segundo o tucano, apesar da aliança institucional entre o PSDB e o PMDB não ter sido possível, fez um acordão com Pátio que ele denomina de "pacto da ética e da moralidade".

   Santos e Pátio representam hoje as principais ameaças nas urnas à turma da botina, grupo do governador Blairo Maggi. O primeiro enfrenta em Cuiabá o empresário Mendes, apoiado pelo rei da soja. Em Rondonópolis, Pátio briga contra Sachetti, outro compadre do governador.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Sebastiao Ramirez | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Isso q é postura politíca. O problema do Bezerra e alguem crescer dentro do PMBD, se pegar a tragetoria da politica do Estado, vai observar q dentro do PMDB quem sobrevivia era apenas o Bezerra, o proprio Wilson q o diga.
    O tempo passa o tempo vou e os caciques do Mato Grosso estao sendo excluidos numa boa...
    O Bezerra e agora oq vai fazer???
    Pro Zé do Pátio foi bom demais esse apoio, pq a rejeiçao q ele tinha era por causa do Bezerra, agora, apoiando o PR em quem o pessoal da botina vai bater???kkk
    Bezerra num palanque desgraça constante...Parabens.
    Ah, olha q tem uma vaguinha pra apoio dos Campos em VG.

  • Gonçalo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Creio que WS tá dando mta importancia p. esse PMDB, vendilhão, devia sim colocar esse partido e seus integrantes num carro em ponto morto e soltar na banguela, tendo nos dois bancos da frete, Carlos Bezerra e Lutero Ponce.Esquece esse povo WS, vc dessa forma tá fazendo propaganda p. eles eles são despresíveis, e quem viver verá.

  • Leonardo Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUEM TE VIU QUEM TE VÊ DEP. ZÉ CARLOS...AGORA AGARRADO NO NEOLIBERALISMO DOS BANQUEIROS, DA PRIVATIZAÇÃO E DA FOME...MUITO BEM!!! O PATRIMÔNIO ESTÁ MUITO BEM...SR. MORAL E ÉTICO???

  • José Antônio de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não sei de quem é o erro, se dos jornalistas do BLOG, ou dos políticos em questão. Gente, esta será a primeira eleição no Brasil com o advento da FIDELIDADE PARTIDÁRIA, portanto se os partidos PMDB e PSDB não estiverem COLIGADOS, nem ZÉ DO PÁTIO e nem WILSON poderão estarem no mesmo palanque, sobre pena até de expulsão.

    Tome inteligência pessoal......

  • Edcidadão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Patifes!

  • Rodrigo Duarte | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Silval Barbosa e Carlos Bezerra ja declararam apoio a Adilton Sacchetti que deve ser reeleito.Os candidatos a vereadores do PMDB em Rondonopolis tambem sao contra a candidatura de Ze Carlos do Patio.

    Esquece Ze...Todo mundo vai de Sacchetti...

  • Pedro Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma vez eu comento, parabéns Wilson Santos, Rogério Salles e Zé do Pátio, pela postura e ética na política.

  • etica pela política | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Chega de hipocrisia.
    Não somos burros,eles fazem as suas surubas políticas e nós ficamos só observando as patifarias políticas.
    O PMDB Nacional deveria ter vergonha do cacique BEZERRA que só pensa no seu próprio umbigo.
    Já anunciava o ex GOVERNADOR DANTE a sua rejeição ao se aliar ao Bezerra, em 2002, porém, esse verme político sempre teve muita força nas articulações, que sucumbia a vontade do líder. Infelizmente, o PSDB teve que engolir essa por pressão da nacional, para infelicidade do Dante, que já previa tudo. A âncora pesou no palanque e deu-se uma derrota geral.
    Agora está ao lado do poder de novo, mas se antes teve que descer goela abaixo, agora conta com a vontade e conveniência do PR, interessado no tempo de TV.
    A política enoja, o PR vende a alma para a corrupção, com o perfil de misturar empresa e coisa pública, um mix nem um pouco benéfico para o povo. O empresário tem seu interesse(lucro acima de tudo), essa fórmula não combina.
    Onde vamos parar, vamos permanecer inertes vendo o trator do interior patrolando com rios de dinheiro a nossa política??
    Oras, não é possível que nessas eleições vamos deixar outro empresário fazer na vida pública o que faz na privada.



  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE DECEPÇÃO EM DEP ZÉ CARLOS, E EU QUE SEMPRE O ELOGIEI, INCLUSIVE AQUI NESTE SITIO, POR QUE O SENHOR NÃO APROVEITA O EMBALO E VAI CAMINHAR TAMBEM PELA AV DAS TORRES, É A UNICA COISA QUE O WS SABE FALAR.!!

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.