Últimas

Terça-Feira, 01 de Setembro de 2009, 11h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

PALÁCIO ALENCASTRO

Exército assume só 1 dos 7 lotes das obras do PAC cuiabano


Ao lado da presidente da Sanecap, Eliana Rondon, prefeito Wilson Santos anuncia o Exército como responsável pela execução das obras de abastecimento de água que integram o lote 1 dos projetos do PAC

   O 9º Batalhão de Engenharia e Construção (BEC) vai assumir apenas um dos sete lotes do PAC em Cuiabá. Os outros seis terão que passar por nova licitação. A informação foi confirmada pelo prefeito Wilson Santos (PSDB), em coletiva na secretaria de Finanças, no Palácio Alencastro.

   As obras do lote 1 são referentes à universalização do acesso à água tratada, consideradas emergenciais e orçadas em R$ 20 milhões. Segundo informações da Prefeitura de Cuiabá, o Exército vai executar 75% das obras do lote 1. Dos R$ 20 milhões, até agora só foram liberados R$ 6 milhões.

   Os lotes 2, 3 e 4 são referentes às obras de tratamento de esgoto e não teriam avançado mais que 8%. O Lote 5 refere-se à construção da ETA do Ribeirão do Lipa e esgoto na região oeste da cidade. Os lotes 6 e 7 incluem passarelas, drenagem, esgoto e pavimentação.

(11h18) -  Comandante do 9º BEC quer concluir 90% do lote 1 até março

   O tenente-coronel Fernando Miranda do Carmo, comandante do 9º BEC, afirmou que o Exército não poderá executar as obras dos outros seis lotes do PAC de Cuiabá porque já assumiu outros compromissos. “Temos três obras grandes no Estado, além de uma no Pará”, explicou. Segundo ele, o Exército pretende concluir até março 90% das obras do lote 1. “Vamos começar agora o planejamento das atividades”, informou. 

(11h30) - Prefeito assina contrato em 15 dias; exército também fará licitações

   O prefeito Wilson Santos (PSDB) deverá assinar em 15 dias o convênio com o Exército para a execução das obras do lote 1. Conforme o tenente-coronel Fernando Miranda do Carmo, comandante do 9º BEC, o Exército vai analisar nesse período a necessidade de deslocar tropas de outras obras para Cuiabá. “Nesse período, temos que traçar o planejamento das nossas atividades. Ainda não sabemos se será necessário deslocarmos tropas de outros Estados”, explicou.

   Ao contrário das empresas, o Exército recebe o dinheiro antes de executar as obras. O problema que existem itens, como a construção de reservatórios de água, que só são executados por empresas particulares. “Nesse caso, teremos que fazer licitações”, admitiu o comandante.

(11h59) - Exército só iniciará obras do lote 1 em 2010; comandante fará planejamento

   O 9º Batalhão de Engenharia e Construção (BEC) só iniciará em 2010, após o período de chuva, a execução das obras do lote 1 do PAC cuiabano, orçadas em cerca de R$ 20 milhões e referentes à universalização do acesso à água tratada. A informação foi divulgada há pouco pela assessoria do 9º BEC, em nota oficial.

   Até dezembro deste ano, oficiais da instituição vão elaborar o plano de trabalho, a ser aprovado em conjunto com a prefeitura. A expectativa do tenente-coronel Fernando Miranda do Carmo, comandante do 9º BEC, é executar 90% das obras até março de 2010.

   Na nota, o Exército esclarece que não pode assumir os outros seis lotes do PAC cuiabano porque já é responsável pelas obras do PAC do Governo Federal na BR 163-MT, BR 163-PA e BR 230-PA. “O 9º BEC encontra-se com seus recursos humanos e materiais completamente mobilizados. Compromisso assumido, com o Ministério dos Transportes, impõe um esforço concentrado da unidade naquelas obras no corrente ano”, diz um trecho da nota.

   Conforme o Exército, para executar ainda em 2009 serviços de natureza emergencial, sem comprometer a qualidade, seria necessário redirecionar parcela significativa dos membros da instituição. “Portanto, o emprego desses meios, para a situação apresentada, no atual quadro, não se configura, no momento, como a solução mais viável”. Diante disso, o Exército se comprometeu apenas em assumir as obras de abastecimento de água. (Patrícia Sanches e Andréa Haddad)

  • Confira aqui a íntegra da nota oficial do 9º BEC 


Prefeito Wilson Santos, em entrevista coletiva nesta 3ª, e o coronel Fernando Miranda, do 9º BEC
Fotos: Patrícia Sanches

Postar um novo comentário

Comentários (28)

  • Zequinha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não é a razão de parabenizar o Prefeito Wilson Santos e sim lamentar pela falta de imcompetencia dele, pois so causou transtorno para a população de Cuiaba com as suas obras inacabadas e mal concluidas. Como acontece com os Bairros Jardim Araça , Despraiado, Tijucal , Santa Amalia e outros que vive imundo causando um trantorno para os moradores que tem que conviver com as sujeiras e poieiras. Chamar o Exercito não é o que ele queria , todos nos sabemos que ele chamou por que não tem competencia, foi desespero.

  • Jerry Santana Barreto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ??????????? AINDA QUER SER CANDATO A GOVERNO?????????.

    O GORVERNO FADERAL MANDOU O DINHEIRO, A INCOMPETÈNCIA FOI TANTA QUE QUE PEDIU ARREGO AO EXERCITO, QUE TAMBEM É PAGO PELO GOVERNO FEDERAL...

    JÁ ESTÁ PROVADO EXECUTIVO NUNCA MAIS TCHÔ WIRSO..

    VAI PRO AMAZONAS, AQUELA CIDADEZINHA QUE VOCÊ CONHECE WIRSO... VAZA WIRSO.

  • Fabio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Está de parabéns o prefeito e o exército. Agora a população terá água de qualidade e o PAC encontra credibilidade, tirando o discurso de muita gente. É isso ai cuiabá merece

  • Karine | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Exército Brasileiro vem dar credibilidade ao PAC de Cuiabá. A cidade estava ansiosa por essa notícia. Agora, teremos um ritmo mais acelerado nas obras. Desde já, a população agradece o Exército

  • João do Cabral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ainda bem que o prefeito da capital não viajou para a África. Foi uma decisão de estadista, pois em primeiro lugar está a cidade. Parabéns prefeito

  • ana virginia bravo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO VEIO PROVAR QUE O PREFEITO NÃO TEM COMPETENCIA E NEM CREDIBILIDADE. E NÃO RESISTE AO DINHEIRO PUBLICO.
    AINDA BEM Q AGORA VAI.
    QUA VERGONHAAAAAAAAAAAAAA

  • jose luiz de arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    parabens prefeito pelo zelo com o dinheiro publico ,escolhendo o exercito para executar as metas do pac. proposta esta negada pelo governador blaio magi.

  • WIELZON SANTOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Veja bem, Na parte que toca pra o exercito
    tenha certeza pode sobrar dinheiro, e a obra sera concluida.

    observem bem preste bem atenção, JÁ A PARTE QUE TOCA A PREFEITURA NÃO COMESARÁ SEM VERBAS REPARTIDAS...
    UMA PLACA SERA COLOCADA ALI ACOLÁ,
    OBRAS SERÃO INALGURADAS SEM NEM MESMO ESTAR CONCLUIDAS COMO JÁ É DE COSTUME...

    MENTIROSO MESMO!!!

  • ANA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • José Luis Amaral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o Sr. Dito Paulo está com a razão. O que a Dr. Ana Baudusco acha de tudo isso? Ela que acompanhou toda a movimentação do Pac, juntamente com os técnicos da prefeitura. E o corregedor da prefeitura municipal que vem ser um membro tambem do ministerio público,com toda a sua experiência do cargo,não percebeu que as coisas estava no mínimo suspeitas?

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...

Estado paga os servidores nesta 6ª

mauro mendes 400 curtinha   Servidores do Estado recebem salário de fevereiro hoje, dentro do mês trabalho. É a sexta vez seguida que o governador Mauro Mendes consegue pagar a folha dos ativos, inativos e pensionistas antes da virada do mês, depois de promover reformas, redução da máquina e...

Sistema de saúde sob colapso em ROO

Em Rondonópolis, cidade-polo da região Sul, que abrange 17 municípios, não há mais leitos de UTI para socorrer pacientes em quadro grave de Covid-19. Todos os 30 do hospital Santa Casa estão ocupados, inclusive um leito de UTI reservado para atender outros casos, acabou destinado para paciente com o novo coronavírus. Há 10 leitos de UTI no Hospital Regional e todos também estão lotados. Várias pessoas em...

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...