Últimas

Segunda-Feira, 03 de Setembro de 2007, 11h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INVESTIGAÇÃO

Expulsos de Juína, ambientalistas pedem justiça

    
Agricultores fazem vigília em frente ao hotel onde ambientalistas e jornalistas se hospedaram 

    As equipes de reportagens das ONGs Greenpeace e Operação Amazônia Nativa entregaram ao procurador da República em Mato Grosso, Mário Lúcio Avelar, cópias com duas horas de imagens que documentaram a expulsão e a censura imposta assim que chegaram em Juína no último dia 20. Eles foram barrados na tentativa de chegar à aldeia dos Enawene-Nawe, que abriga 510 índios numa reserva de 742 mil hectares.

     O fato considerado arbitrário partiu dos fazendeiros, teve a participação do prefeito Hilton Campos (PP) e do presidente da Câmara, Francisco Pedroso (DEM) e de outros vereadores. O vídeo mostra a recepção inóspita dos fazendeiros para com os ambientalistas e a intimidação feita pelo prefeito até a expulsão do grupo do município.

    No último dia 23, um dos ambientalistas, o coordenador do Greenpeace na Amazônia, Paulo Adário, fez um pronunciamento sobre o assunto durante reunião especial do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) que se realizava em Cuiabá, e pediu providências das autoridades estaduais e federais. A matéria está postada no site do Greenpeace Brasil.    

      Clique aqui e leia mais sobre o assunto.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Carlos Roberto de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não quero tomar partido nem de fazendeiro nem de ongueiro, mas como indios são tutelados pela união, e tem a Funai como orgão representativo, entendo que ong´s para adentrar em local de estrita fiscalização e tutela dA UNIÃO deveriam estar acompanhados de pelo menos um representante da Funai, mas em nenhum momento dos noticiarios sôbre o caso não ouvi mencionar qualquer representante da união, portanto se houve ameaça dos fazendeiros está errado é crime; mas se os representantes das ong´s tambem não tinham autorização federal para adentrar em terra indigena, para mim a situação é análoga, carecendo ambas as partes de legalidade.

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É,á sigla mudou de nome mas seus integrantes continuam á moda antiga, a ditadura já acabou Hilton Campos e compania.ese é o novo DEM.

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    olha aqui seo antonio carlos cuiabano,alias sera que voce realmente e cuiabano ou e so apelido, pois pois nos cuiabanos de tchapa e cruz somos bem informados, pois e so ler com mais atencao que sabera que o partido do prefeito Hilton Campos e o pp e nao do DEM do qual eu tenho uma grande satisfacao de fazer parte do quadro

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É inadmissivel o que aconteceu em Juina, depõem contra democracia e tudo que é mas sagrado, o direito de ir e vir, nós mato-grossenses estamos envergonhado, pedimos desculpa a essas pessoas, infelizmente no Mato Grosso ainda existe pessoas como essas que foram mostradas no video, isso envergonha não só a nós do Mato grosso como o País, acredito que o ministério público a Funai, tem que tomar alguma atitude, pois a revolta de uma minoria que usurpou dos indios o direito à terra e que teme uma nova demarcação é quase que natural, agora uma "revolta" oficializada pelo "poder Público" com o aval de autoridades é revoltante. Agora gostaria de fazer justiça, o prefeito de Juina Sr Hilton Campos, nada tem a ver com o senador Jaime Campos como algumas matérias tem veiculada, eles não são nem parentes eu acredito, as famílias campos são enumeras no Mato Grosso, mas nessa ai o Senador Jaime, que ja foi governador do estado, Prefeito de Varzea Grande, nada tem a ver com esse coronel do Noroeste do Mato Grosso, eles estão confundindo região Noroeste do Mato Grosso, com região do velho oeste, estamos no século 21, atitudes como essa são repugnantes, como li alguns cometários, acho que não se trata de que sigla partidária é esse Senhor Hiltom, trata-se do Estado, do Pais que esse senhor está envergonhando, já não basta a fama do Mato Grosso com relação ao meio ambiente - é revoltante

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.