Últimas

Quarta-Feira, 24 de Junho de 2009, 19h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Fabris chama Ceará de desocupado e o compara ao Diabo


Deputado Gilmar Fabris se vê acuado e sobe à tribuna para mandar recado e criticar quem levanta sua ficha
Foto: Jupirany Devillart

   O democrata Gilmar Fabris, deputado cassado, mas que continua no cargo por força de uma liminar obtida junto ao TSE, subiu à tribuna em sessão nesta quarta (24) à noite para se defender de acusações de que teria comprado votos no pleito de 2006, mandar recado e xingar aqueles que vivem levantando a sua ficha. Ele disparou ataques aos movimentos sociais. Disse que eles agem sob influência do Diabo. O estopim para a raiva do parlamentar foi a veiculação de uma matéria em que o presidente do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Antônio Cavalcante, o Ceará, revela que foi a Brasília para investigar "a vida de Fabris, de Pedro Henry e de Chica Nunes". Tratam-se de três parlamentares que foram punidos pelo TRE com a cassação, mas que continuam nos cargos, em meio aos embates jurídicos.

   "Eu não sei se é aquele tal de Ceará. Será que ele vive de renda? Será que ele trabalha? Ele decide ir para Brasília passear e vai passa dois ou três dias lá e volta criticando a gente", disparou Fabris, que será ouvido nesta quinta pelo juiz-membro do TRE, Renato Vianna, em processo no qual foi denunciado por prática de crimes eleitorais.

   Com seu estilo polêmico, Fabris pediu que pessoas, como Ceará, procurem fazer o bem e rezar. "O diabo existe. Quem não acredita em Deus está com o diabo. É o diabo atentando. Coisa de exorcismo mesmo. Vai rezar rapaz! Vai fazer o bem e deixe a gente em paz!", implora Gilmar Fabris. Ainda segundo ele, a partir de agora, irá tirar uma parte de seu salário para se preocupar com a vida dessas pessoas que o incomodam-no. "Vou tirar uma parte da minha renda só para correr atrás deles. Agora vai ser assim: eles correm atrás de mim e eu atrás deles", disse o deputado, irritado.

   Fabris é acusado de praticar boca-de-urna nas eleições de 2006. Chegou a ser detido em Pedra Preta, onde possui uma fazenda, no dia do pleito. Depois, ele assinou um termo circunstanciado, foi liberado e teve que esclarecer o episódio em juízo. (Flávia Borges)

--------------------------------------------------------
Clique no play
e confira o discurso de Gilmar Fabris

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O senhor e a chica nunes são sentos né deputado.

    A impressa tem mais é que divulgar essa balbúrdia de termos pessoas sem o mínimo de escrúpulo no poder.

    Essas pessoas que vc citou tinham quer ser todos cassados mesmo, desvio de verbas, compra de voto, tráfico de influência, e por falar em trabalhar isso é que vcs deputados menos fazem, e ainda com o meu dinheiro.

    Liberdade de imprensa sempre, quem não tem medo que fique quieto.

    O diabo existe mesmo vc é a personalização dele.

  • Paulo Pinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    È Deputado. Quem tem rabo de palha, Não brique em beira de fogueira, principalmente em epoca de SÃO JUÃO. Mete o Ferro neles CEARA!

  • João | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não concordo querer comparar o Ceara com o diabo. Primeiro Ceara todos conhecem, é simples e não é afortunado, e o gauchinho não é medroso, ele é de atitude é um lutador e servidor da sociedade mostrando com provas todas as sacanagens no campo politico. No mundo cristão onde todos os cidadões são batizados comparar o ser humano com o diabo é : Crescer na custa de outros, é desviar dinheiro do estado para si própio, é adquirir fortunas ilicitamente, é corromper, é se vender, é dar calote, é carregar uma mala cheia de dinheiro para depois lavar, é trair um companheiro etc... isso agente vê todos os dias no mundo ds classe politica. Quantos de vocês eram poperrimos companheiros e hoje estão acima do poder. Quem não deve não teme.

  • Junior | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha, eunão defendo e nem quero defender o Fabris. Não concordo com a fala dele mas tb não deixa de ter razão. O Ceará, pelo que sei, trabalha no SINTEP, e não investiga o SINTEP para ver como estão as contas e as prestações de contas. Ai é complicado né Ceará?

  • Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Chega ser perda de tempo ler as palavras desse deputado.
    Para criticar o Ceará assim, deve ter nojo da honestidade.
    Se enxerga Gilmar, o Ceará é o homem mais sério no contexto de militância política neste Estado.
    Quem é você pra falar dele?
    Você tem que ser cassado mesmo

  • nelson dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse gilmar fabris pelo que li, esta meio ameaçando quem péga no pé dele? então o gilmar quer descobrir algum podre dessas pessoas e usar isso como escudo pra abafar uma possivel irregularidade nas eleições?
    eu admiro dos outros deputados estaduais não chamara tenção dele do gilmar....se a justiça ta fazendo algo é pq alguma coisa tem né seu gilmar fabris....ja mamou bastante né.....agora que tem bastante dimdim quer dar um de moralista...

  • arci gallo da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom dia Romilson

    Sou fã do Gauchinho e do Ceará faltou incluir Vilson Pedro Nery.
    Quanto ao Gilmar Fabris deixou má fama de Mato Grosso em São Paulo onde é acusado de dar calote num jornalista por acidente de transito, tentou desmecerer o profissional, mas quem conhece Gilmar em Pedra Preta e região sabe perfeitamente do que ele é capaz.
    Conforme já foi dito aqui morei muito tempo em Cáceres, hj resido no Coxipo, na ultima eleição Gilmar Fabris, sequer foi a Cáceres teve quase 800 votos na cidade aliado com um radialista e um ex-deputado. Mas até hj sequer olhou para aquele povo. Por essas e pelo acidente de São Paulo, senta a piá Ceara, quero vossos emails para trocar ideias, mais uma vez parabens ao RDNEWS por este forum aberto. - Arci

  • Fernando Vilela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • memoria curta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Roni Lazaro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vixi,se o Ceará é um diabo,o que podemos dizer de alguns deputados...acho que o inferno ta mais proximo do que eu imaginei,logo ali,proximo a lagoa do Paiaguás.

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.