Últimas

Terça-Feira, 23 de Outubro de 2007, 09h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

Artigo

Faça a sua parte

     Um amigo de adolescência me mandou um e-mail, desiludido com a falta de ética na política: "A nós, resta aceitar a tudo pacificamente". Discordei. Ora, se somos nós que os elegemos e nós que os sustentamos com nossos impostos, então nós é que somos os mandantes e é por isso que o outro nome deles é mandatário. Temos que agir pacificamente, sim, mas cheios de ira justa porque, afinal, não somos cordeiros passivos. Não é como essa passividade que conseguiremos mudar o que nos tolhe, incomoda, gasta o nosso dinheiro e dá mau exemplo para as nossas crianças.
     É muito saudável nos escandalizarmos com os escândalos, mas isso não basta. É preciso que os autores das malfeitorias saibam que nós sabemos e os reprovamos. O que temos visto, em vez disso? Gente que, para se livrar de perda de mandato, renunciou. E voltou, na eleição seguinte, com os votos de milhares de seus semelhantes. Parece que andamos inquietos demais para parar e pensar. E aí, deixamos acontecer e nossas vidas vão se degradando mais e mais. O país vai perdendo o respeito às leis e as leis, assim enfraquecidas, vão perdendo a capacidade de nos proteger. Nossa passividade, portanto, volta-se contra nós.
     Nossa responsabilidade nisso vai além de nossa passividade. Dias antes do lançamento do filme "Tropa de Elite", um amigo se ofereceu para me levar a um camelô que vendia cópia pirata do filme por R$ 10. Fiquei chocado. Dias depois, paguei R$ 16 para ver o filme, que retrata a hipocrisia de uma classe média bem situada, que sustenta o tráfico - e quem vende DVD pirata. É um filme que nos obriga a pensar.
     Esta semana, a CPI do Apagão Aéreo no Senado vai mostrar resultados: descobriu R$ 500 milhões de desvios, em obras superfaturadas em dez aeroportos. Dinheiro que vai para as contas de diretores da Infraero, funcionários, e também para partidos políticos. Aí, os aeroportos milionários ainda assim não funcionam e agora sabemos por quê.
     Em geral, nos aliviamos trocando queixas, ou descarregamos nossa raiva reenviando pela Internet textos contundentes - muitas vezes com o nome do autor falsificado - e pronto! Achamos que fizemos a nossa parte. Será que fizemos mesmo, ou tudo vai ficar como está? Não deveríamos ser didáticos com os eleitores que nem sabem para que estão servindo seus votos?
     Será que quem se droga e sustenta o traficante pode dizer que bala perdida é culpa do governo? Quem sonega pode-se queixar de escolas ruins e hospitais piores? Quem joga lixo da janela do carro pode criticar o prefeito? Quem fura o sinal vermelho e estaciona em local proibido pode reclamar que a lei não o protege?
     Reagir é melhor do que silenciar. Mas, além disso, temos que fazer a nossa parte.


Alexandre Garcia é jornalista em Brasília e escreve em A Gazeta às terças-feiras

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...