Últimas

Segunda-Feira, 08 de Setembro de 2008, 21h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RONDONÓPOLIS

Fagundes até implora apoio de Muniz a Sachetti


Wellington Fagundes (PR) pede que Muniz se una ao grupo

  Como uma das cartadas na esperança de reverter a desvantagem nas intenções de voto sobre Zé Carlos do Pátio (PMDB), o deputado federal Wellington Fagundes "roubou" a cena durante comício no Jardim Atlântico, neste domingo à noite. Em discurso, ele fez um apelo para que o ex-prefeito e deputado Percival Muniz (PPS) viesse a apoiar oficialmente à reeleição do prefeito Adilton Sachetti (PR). O curioso é que Fagundes e Muniz foram adversários políticos no passado.

  “Venha Percival, estou te convidando para fazer parte do grupo dos que trabalham. Sei que no passado você e o Adilton tiveram diferenças, assim com eu tive, mas, para o bem de Rondonópolis temos que deixar isso no passado e trabalhar cada dia mais pelo desenvolvimento desta terra”, conclamou Fagundes, para uma platéia de quatro mil pessoas. Muniz, que apoiou a candidatura de Sachetti em 2004 e, no início deste ano anunciou que apoiaria Pátio, agora se mantém numa posição de neutralidade. Enquanto isso, os dois candidatos enfrentam uma verdadeira "guerra eleitoral". Pátio se mantém líder nas pesquisas.

  Em discurso de encerramento do comício, Fagundes elogiou Muniz e disparou críticas ao PMDB, numa tentativa de atingir o adversário Zé do Pátio. Pediu que a população fizesse análise de quem mais trouxe obras para Rondonópolis. Disse que, enquanto parlamentar viabilizou mais de R$ 100 milhões, o PMDB de Pátio e do deputado federal Carlos Bezerra não conseguiu R$ 5 milhões de emendas. Citou que Pátio levou mais recursos para a vizinha Poxoréu do que para Rondonópolis.

   Reforço do filho

  O coro pró-Muniz recebeu o apoio também do candidato a vice-prefeito e filho de Wellington, João Antônio Fagundes, que durante sua fala reforçou a importância do ex-prefeito na política local. O economista lembrou algumas realizações da gestão do PPS e reconheceu que foram necessários 10 anos para colocar Rondonópolis novamente no caminho certo.

  "Não podemos deixar o passado nos assombrar novamente. Levamos 10 anos para recuperar a cidade do modelo de gestão implementado pelo PMDB, seis anos com o trabalho do Percival e mais quatro com o Adilton. E por isso hoje, neste palanque, temos a união de gente bem intencionada para dar continuidade a esse desenvolvimento”, diz João Antonio.

Postar um novo comentário

Comentários (33)

  • Elisa Padilha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para Carol Dias
    Pelo jeito você esta com medo de perder a boquinha. ha, ha, ha.

  • Lara Tobias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Dona Carol

    Você é psiquiatra ?
    Caso seja faça também o diagnóstico do prefeito que esta bem nas suas proximidades.
    Aconselho a ir s acostumando uma vez que Zé será o novo prefeito desta cidade

  • Mauro Dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Somente para esclarecer o Dr.Alberto apóia publicamente o Sachetti, tanto é que era candidato a vereador na chapa do Sachetti. E mais, o secretário de finanças do Alberto era o Eliezer Moreira, nada mais nada menos que candidato a vereador apoiado pelo Sachetti. Para terminar Mohamed também era secretário de Alberto e apóia o Sachetti e mais o Adão Garay que é um dos coordenadores do Sachetti também era secretário do Alberto. Política é fogo.. ninguém olha para o umbigo.

  • Dr. Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Zé já era... esse PMDB e a maior enganação na politica do MT.. esse bando de desinformado que defende esse tal de Zé Mané devem ter algum interesse próprio na prefeitura, pois uma pessoa desequilibrada como o Zé não tem pulso e capacidade para administrar uma cidade como rondon´polis onde o progresso está cada dia melhor e uma excelente qualidade de vida.. Zé Eleito BEZERRA prefeito.. Isso sim e burrice e ignorancia..

  • pedro helio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    essa carol deve ser alguem quem tem muito dinheiro por que quem apoia o povo da botina sâo so esse povo mesmo ou tambem ta querendo um carguinho na prefeitura o zè e dos pobres 15 neles

  • Carol Marques Dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Querida Elisa...

    Não estou com medo de perder a boquinha, pois não trabalho na Prefeitura... Já vc, com certeza, não teve competência suficiente para pleitear um cargo comissionado na gestão do Sachetti e agora está apoiando o Patio na esperança de tal... HA... HA... HAAAAA

    Cara Lara Tobias (q nome bonito, impactante, mas com uma cara de nome falso)...

    Não querida, não sou psiquiatra, sou contadora, formada pela UFMT. Mas já que me pediu um diagnóstico sobre o pref. Sachetti, posso lhe falar algumas coisas que sei sobre ele, apenas baseadas no bom senso... Ele é um cara honesto, sério e competente que trabalhou muito por Rondonópolis nesses 3 anos e meio, basta ver todas as realizações da prefeitura em nossa cidade. Quanto a ir se acostumando com a cara do novo prefeito... ai, ai... Acho que qm pode dar esse recado sou eu... É Adilton mais 4 anos na prefeitura!!!!! Não tenha dúvida. Mas voltando nas especialidades médicas, se quiser posso lhe indicar alguns otorrinos e oftalmologistas... Ahhh... Se eu fosse psiquiatra lhe atenderia gratuitamente... HA... HA... HAAAAA de novo.

  • zzzz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Recado pra essa ai de cima: se toda prefeitura dependesse de dinheiro próprio pra financiar obras, não conseguiria nem fazer uma pracinha pra vc passear aos domingos a tarde. É aí que se vê a importância do apoio da força política, para que se consiga angariar verbas a nível estadual e federal para o município. Só assim se contrói obras. Só assim a cidade progride.

    Adilton conta com apoio da bancada estadual e federal, além do governador e presidente. É verba garantida pra Roo.

  • Ze do Rancho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Zé nao trabalha nada mesmo não.



    ELE É PMDB, ELE É BEZERRA, ELE É DR. ALBERTO DE CARVALHO!!!


    FORA ATRASO NOS SALARIOS!

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ehh companheiro Ze do Rancho esta clarevidente que vc é funcionario da prefeitura e esta com medo de perder seu cargo comissionado...Mas pode ficar tranquilo que zé na prefeitura nao tem nada haver com Bezerra o zé carlos ja tem maturidado politica suficiente pra caminhar com as proprias pernas...O bezerra iria ajudar trazendo ainda mais recursos pra rondonopolis...

    Esta ainda mais evidente o desespero da turma da botina..primeiro pediram ajuda pro blairo, agora correndo atras do percival...nossa onde vai parar esse desespero vamos lah pessoal ainda resta o presidente LULA. Vamos trazer ele pra ser cabo eleitoral do Sachetti e do VICE-BOY..Mas se todas as auternativas falharem. Vixi ta ficando dificil agora heim mas vou tentar ajudar...Quem sabe um artista da globo pra apresentar o programa eleitoral de vcs... ja que dinheiro nao é problema pois ja estao mapeando a cidade e ja sairam a compra...










  • Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora uma coisa ... vou dizer como eu queria ser moto-taxi pra ganha 400 reais mole mole so pra ir em uma carreata se eu soubesse antes [:(
    mas tudo bem da proxima eu faturo...ja que estao ditribuindo cada vez mais a medida que o despero bate... Ahhhh e ate que enfin deixaram o wellington fagundes falar. Pensei que o SANGUESUGA ia so ficar escondido. MAs agora que abre a boca eh so pra demonstra a insegurança e o desepero...Eh isso mesmo pessoal hj o melhor e mais barato cabo eleitoral que o zé do patio tem se chama WELINGTON FAGUNDES ...
    Isso mesmo dá neles Zé

    15 neles

    QUEREMOS ELEIÇOES LIMPAS EM 2008

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...