Últimas

Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2009, 10h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

FISCALIZAÇÃO

Faiad critica falhas no concurso; OAB designa conselheiro

  O presidente da OAB-MT Francisco Faiad lamentou a sucessão de falhas que levaram ao cancelamento do maior concurso público do Estado que seria realizado neste domingo e anunciou que a Ordem vai designar um conselheiro para acompanhar o caso, principalmente as investigações sobre supostas fraudes. Na sua avaliação, a anulação das provas foi a melhor alternativa, já que ocorreram várias irregularidades no transcorrer do dia. “Troca de provas, envelopes violados, provas direcionadas, falta de salas de aula para os candidatos. Isso mostra, no mínimo, falta de controle”, reclama.

   Faiad contesta as afirmações do secretário estadual de Administração, Geraldo de Vitto, e do reitor da Unemat, Taisir Karim, que disseram que as provas foram canceladas porque os candidatos que faziam o concurso na Capital não tiveram paciência e acabaram provocando confusão. “O mínimo que se espera é que tudo pelo menos pareça estar correto. Um envelope violado não afirma a existência de fraude, mas faz com que haja dúvida, por isso, o cancelamento tinha que acontecer”, ponderou o presidente da Ordem.

    Ele orienta os 271 mil candidatos inscritos para as 10.086 vagas que se sentiram lesados a procurar um advogado com vistas a ingressar com ações contra o governo. "Cada caso é um caso, mas pode ser pedido uma indenização para as pessoas que tiveram de gastar com transporte, hospedagem, por exemplo", explica. Na luta contra o tempo, já que a partir de abril de 2010, por ser ano eleitoral não se pode mais realizar concurso e nem chamar os aprovados antes do pleito, o Palácio Paiaguás pretende anunciar até esta quarta uma nova data do concurso. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • Vera | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Faiad! vai cuidar de anular a peça prática profissional trabalhista do exame de ordem 2009.2 que esta sim foi uma PALHAÇADA com os examinandos!

  • TIMONEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • sergio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FAIAD quem é vc para criticar alguém pois vc foi o primeiro a defender a cupula da malandragem do PAC, portanto coloque -se no seu canto pois vc não tem moral para criticar ninguém e vai limpar a sujeira que a eleição da ordem deixou pela rua.

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É seu Faiad, agora que o boi tá morto voce dá as caras. Deixa de ser oportunista, toda a população inteligente, sabia de antemão que esse mega concurso estava fadado para não dar certo. Amo Cuiabá, mas sabe-se que não temos ainda infraestrutura para comportar tanta gente em um único dia. Nada funcionava ontem, não tinhamos hoteis e o transito tava um Deus nos acuda e agora voce vem possar de bom moço... pede pra sair (aliás ta saindo)

  • eliseu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    isso prova que a unemat e o estado não estão preparados para um grande eventos como isse concurso. e o transito será que esta preprarado para a copa 2014? foimum teste de fogo, se os governantes não ficarem atentos vai acontecer o mesmo.


  • Déberson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Incompetente: Taisir Karim;
    Incompetente e irresponsável: Gerado Vitto;
    Chefe da Incompetencia e irresponsabilidade: Blairo Borges Maggi.

    Temos de nos indignar com tamanho descaso com a população de Mato Grosso, e com os candidatos de outros estados. Nosso governador não pode sair ileso de tamanha irresponsabilidade. Desde o começo haviam indicios de fraudes, pra começar com a falta de licitação, bastante suspeita dado que, por exemplo a CEV da UFMT não pode e naum foi contactada pra ajudar ou executar o certame. É obvio que uma organização que mal da conta do seu vestibular com cerca de 10.000 concorrentes, naum tem condições de executar uma prova pra quase 300.0000 candidatos. Vale lembrar que o salario pra alguns cargos (como o de delegado) exige muito mais seguraça do que o abtual de concursos menores, basta ver o que a Polícia Federal ja descobriu de fraudes em grandes concursos, escutas e aparelhor por radio frequência dignos de agentes secretos. Ou seja o maior responsável por tudo isso é o sr. governador que suspeitamente queria tirar algum proveito finaceiro e político do concurso, se não teria desde o começo feito uma licitação e contratado instituições competentes pra realizar o certame. E naum adianta dar desculpa de que naum queria q o dinheiro saísse do estado porque volto a frizar a COORDENAÇÃO DE EXAMES E VESTIBULARES DA UFMT NÃO FOI CONTACTADA.
    Porque os senhores deputados não instituem uma CPI pra apurar os fatos? É claro que não,pois se Governador ficar com a agua no pescoço os deputados caititus ja se afogaram desde que a agua passou da cintura.

  • Roberto Naime | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Obviamente todos devem procurar seus direitos se puderem. Mas é praticamente inacreditável que mais de 271 mil pessoas tenham se mobilizado inutilmente. É um evento e um fiasco para Guiness Book.

  • Gilberto Silkva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma vez a OAB esta chegando atrasada no assunto.
    Desde o principio a organização do concurso vem dando sinais de que tem problemas estruturais, ausência de licitação e tudo mais. A OAB só chega agora! OAB deixa de ser caronista na noticia, voces tem que ter ação pró-ativa e parar de fazer politica pra agradar os Poderes, afinal voces não vivem do Orçamento Publico. São puxa-sacos porque?

  • manci | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    24/11/09

    Caríssimos,

    Quero chamar a atenção de todos, a culpa do concurso ter dado errado é do prefeito pinóquio wilson santos, ele todo esse tempo estava frequentado casas de macumba e jogou olho gordo. Por isso devem linchar esse prefeitinho, que vai pedeer para o senador Jayme Campos a disputa para governador, não esqueçam isso que eu disse.

  • Tyna | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se eu tivesse grana faria um outdoor com a foto dos três com nariz de palhaço e a frase:

    A maior palhaçada da História de MT.

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

PT, candidata vetada e novo ajuste

bob pt 400 curtinha   O PT em Cuiabá, comandado pelo assessor do deputado Lúdio, Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), terá de ajustar de novo a chapa proporcional, especialmente sobre candidaturas femininas em Cuiabá. Depois que foi intimado pela Justiça a completar a cota de mulheres, sob pena de indeferimento da...

MAIS LIDAS