Últimas

Quinta-Feira, 21 de Junho de 2007, 10h:46 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INFRAESTRUTURA

Falta articulação política de Maggi, diz Fagundes

Parlamentar aponta como obstáculos a Pagot o caso Renan, PSDB e ausência do presidente do PR em Brasília

    O deputado Wellington Fagundes (PR) disse nesta quinta (21) que está faltando articulação política do governador Blairo Maggi para contornar a crise em torno da indicação de Luiz Pagot à direção-geral do Dnit. Ele observou que já fez essa observação para o próprio Maggi, que viajou nesta quinta para a Brasília. O alerta partiu também de Homero Pereira, outro parlamentar republicano.

    Fagundes destaca que o jantar promovido nesta quarta em seu apartamento, em Brasília, não discutiu a situação de Pagot, mas sim a proposta de se criar uma Frente Parlamentar da Cultura. A idéia partiu do secretário de Cultura de Mato Grosso, João Carlos Vicente Ferreira, presidente do fórum nacional dos secretários da pasta. Pagot também esteve presente no jantar.

     Na avaliação de Wellington Fagundes, a bancada do PSDB tem sido obstáculo para se criar um clima favorável à aprovação do nome de Pagot na sabatina no Senado. Observa também que o processo contra o presidente do Senado, Renan Calheiros, investigado pelo Conselho de Ética por quebra de decoro parlamentar, tem contribuído para postergação da data da sabatina. "No Senado só se fala em Renan".

   O deputado republicano observa ainda que a ausência de Maggi em Brasília dificultou as articulações pró-Pagot. Fagundes lembra que o governador assumiu a presidência nacional de honra do PR e, a partir daí, ficou incumbido da relação política da legenda com o governo do presidente Lula. Ocorre que, logo em seguida, Maggi viajou para os Estados Unidos. Somente nesta quinta, 40 dias depois, é que o governador voltou a Brasília.

    "Ficou um isolamento nas articulações e agora o governador vai se rearticular. Lula indicou Pagot, que passou pelo Abin, mas houve afastamento na parte política", destacou Fagundes. Ele enfatiza que o cargo de diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes, que tem orçamento de R$ 12 bilhões, "é altamente cobiçado". "Minas Gerais sempre comandou (o Dnit) e agora Goiás. Esses dois Estados estão próximos geograficamente. Tudo isso tem influência".

    Fagundes disse que Pagot fez sua parte. Conversou com o governador de Minas, Aécio Neves, e se articulou com os senadores. Defende agora que Maggi atue como corretor de imóvel, que exerce o papel de unir as partes para fechar o negócio. "O trabalho de articulação é muito importante. Está faltando isso. Tenho cobrado mais a presença do governador em Brasília", destacou Wellington Fagundes, que aposta na nomeação de Luiz Pagot para o cargo federal.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vereador tenta barra compra de cestas

diego guimaraes 400 curtinha   O vereador pela Capital, Diego Guimarães (foto), denunciou junto à Ouvidoria do TCE o que definiu como irregular a aquisição, com dispensa de licitação, de cinco mil cestas básicas de alimentos pela secretaria municipal de Assistência Social e Desenvolvimento...

Apresentador de TV luta contra Covid

alexandre mota 400 curtinha   Alexandre Mota (foto), apresentador desde abril do programa de variedades Balanço Geral, da TV Vila Real de Cuiabá (Record), está internado na UTI do hospital São Mateus. É mais uma vítima diagnosticada com Covid-19. O seu quadro clínico se agravou. O pulmão...

Campanha une as primeiras-damas

virginia mendes 400 curtinha   As primeiras-damas Virginia Mendes (foto) e Michelle Bolsonaro, de MT e do país, respectivamente, têm mantido um relacionamento bem estreito no desenvolvimento de projetos e ações sociais. No final de abril, Michelle postou um elogio e divulgou, na sua conta do Instagram, a campanha de...

Se EP recuar, PV lança Stopa a prefeito

justino malheiros 400 curtinha   O ex-presidente da Câmara de Cuiabá e membro do diretório municipal do PV, vereador Justino Malheiros (foto), disse nesta segunda que o partido estará com o prefeito Emanuel Pinheiro até o último momento, apostando no projeto de reeleição do emedebista. Mas,...

Disputa a prefeito e apoio de Sachetti

 luizao_curtinha400   O empresário Luiz Homem de Carvalho, o Luizão (foto), ex-presidente da CDL de Rondonópolis, está mesmo determinado a encarar, pela primeira vez, o teste das urnas para prefeito. E inicia uma oposição dura à gestão Zé do Pátio, que buscará a...

Corrida de Teis no noticiário nacional

waldir teis 400 curtinha   As imagens que mostram o conselheiro afastado do TCE Waldir Teis (foto) descendo em alta velocidade as escadas de um prédio para jogar no lixo vários cheques rasgados que somavam R$ 450 mil ganharam o noticiário nacional, com destaque neste domingo em veículos, como Folha de S. Paulo, G1 e IG....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.