Últimas

Segunda-Feira, 27 de Abril de 2009, 19h:48 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

REPERCUSSÃO

Farina leva calote e cobra R$ 75 mil do deputado petista


Candidato a vice de Alexandre Cesar em 2004, médico Alencar Farina, emprestou dois cheques ao petista e, mesmo após diversas cobranças, até agora não conseguiu reaver o valor que chega a R$ 75 mil

   O candidato a vice-prefeito de Cuiabá na chapa encabeçada pelo petista Alexandre César em 2004 e hoje primeiro-suplente do PT na Câmara de Cuiabá, médico Alencar Farina (PT), disse nesta segunda (27) à noite, em entrevista ao RDNews, que levou calote de R$ 75 mil do correligionário. Convencido pelo então tesoureiro da campanha, Valdebran Pedilha, posteriormente preso ao tentar comprar um dossiê atacando candidatos tucanos, e pelo irmão de Alexandre, Antônio Humberto Cesar Filho, a pagar o débito com as bandas que animavam os comícios petistas na Baixada Cuiabana, Farina emprestou dois cheques. O primeiro, no valor de R$ 25 mil, foi entregue a Alexandre no final de julho de 2004 e, o outro, de R$ 50 mil, no início de agosto do mesmo ano. "Oficialmente, disseram que o dinheiro seria usado para pagar as bandas. Mas não sei se, de fato, isso aconteceu. O que posso dizer é que nunca recebi o dinheiro de volta", alegou.

   Farina disse que já cobrou pessoalmente tanto Alexandre quanto o presidente da executiva estadual do PT, deputado federal Carlos Abicalil. "Ambos sempre dizem que vão quitar o débito, mas o dinheiro nunca aparece", lamenta. Na próxima semana, Farina receberá cópias dos cheques entregues a Alexandre, a partir de microfilmagens feitas pelo banco. O médico pretende ingressar na Justiça para receber o valor do empréstimo. "Já solicitei as cópias e o banco vai entregar na semana que vem.  Quero saber se há alguma maneira de acioná-los (Alexandre e o diretório estadual do PT) judicialmente", explicou.

   Caixa 2

   Questionado sobre a prática de caixa 2 na campanha petista de 2004 - veja mais aqui -, Farina ponderou que nunca soube de irregularidades. "A única coisa que sei é que levei este calote, mas não tenho conhecimento se o dinheiro chegou a ser declarado à Justiça Eleitoral. Fiz um empréstimo pessoal e a prestação de contas ficava sob responsabilidade do Alexandre e da equipe dele. Nunca soube de caixa 2", disse. Candidato a vereador por Cuiabá em 2008, Farina teve uma votação expressiva. Ele ficou na primeira-suplência do PT, com 2.833 votos. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • adailton | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    a final das contas quem o alenxadre não deve????????????????????

  • Antônio Pedregal | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Pt não é mais o mesmo da sua fundação, ta cheio de espertalhões. Esses dois irmãos ( HUmberto e Alexandre) são oriundos do PMDB e hoje no PT dão uma de honestos e representantes da classe operária. Na verdade são representante do bolso deles.
    O pT hoje é um balaio de gato

  • THOMAZ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É como aquele velho ditado: - Quem com porco anda, lavagem acabará comendo.

  • SALVADOR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É TRISTE SABER QUE O ALEXANDRE CÉSAR É PROMOTOR DE JUSTIÇA E MAÇOM, O QUE CONSIDERO LAMENTÁVEL POIS DENIGRE A IMAGEM DE PESSOAS ILIBADAS QUE DIGNIFICAM AS INSTITUIÇÕES QUE REPRESENTAM!!

  • hermes (sao mateus) | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Adriano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ao Salvador,

    O Alexandre Cesar é Procurador do Estado e não Promotor de Justiça.

    Outra coisa: quer dizer que pra ser maçom tem de ser santo?

    O maçom é um ser humano como qualquer outro, passível de erros. Mas na época destes acontecimentos o Alexandre não fazia parte da maçonaria.

  • Alexandre | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Alexandre Cesar deve uma vela pra cada santo.
    Esse é o PT.
    O próprio cara do partido ( Farina) tem que ir a publico pra ver se recebe dos companheiros;

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Engraçado né Farina...Se tivesse levado a Prefeitura nessa época vc não estaria choramingando pelos cantos. E sobre caixa 2...Vc não sabe de nada né???Agora tira o seu da reta.

  • Renato Bastos da Cunha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUANDO OS COMPANHEIROS DO PT DE MATO GROSSO SE SUJEITARAM A SER COMANDADOS PELO TRIO ALEXANDRE , PAULÃO E WANDEBRAN DEU NO QUE DEU, E NÃO SABEREMOS QUANDO ISSO VAI ACABAR, QUE SE LIVRE DESSE GRUPO O COMPANHEIRO ABICALIL SE NÃO VAI PRO BREJO , TAMBÉM MANO.

  • didi mocó | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    1
    0

    Ao Adriano,

    é claro que para ser maçon não precisa ser santo,

    mas se nessa época ele não era da Maçonaria

    então meu querido, ele não era nem para ter sido aprovado por Eles:.

    Porq Eles :. deviam saber que ele não prestava mesmo.

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.