Últimas

Terça-Feira, 13 de Novembro de 2007, 15h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EMBATE JURÍDICO

Fecómercio vai à Justiça contra feriado do dia 20

   A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso (Fecomércio), presidida por Pedro Nadaf, ajuizou medida cautelar com pedido de liminar na última sexta junto à 5ª Vara Especializada de Fazenda em Cuiabá para que seja decretado ponto facultativo no próximo dia 20, Dia Nacional da Consciência Negra, ou feriado do Zumbi dos Palmares, como é conhecido popularmente. Conforme a entidade, a Lei 7.879/2002, que determina o fechamento do comércio nessa data, pode causar prejuízos financeiros de até 20% para o segmento em todo o Estado. 

    No calendário de comerciantes constam três feriados neste mês de novembro: Dias de Finados, da Proclamação da República e ainda da Consciência Negra. Tanto a Fecomércio quanto à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) são feriados excessivos. "A previsão é que vamos perder quase 20% de vendas em relação ao ano passado, por isso concordo totalmente com a ação da Fecomércio. A data poderia ser apenas comemorada e não fechar as lojas", critica José Alberto Vieira de Aguiar, presidente da CDL. "Zumbi é de Alagoas e nem lá é feriado. Poderia ser um chamativo cívico comemorado no domingo, senão daqui a pouco vamos comemorar o dia do imigrante Japonês", completou.

     Esta é a segunda vez que a Fecomércio tenta decretar ponto facultativo para o segmento comerciário. No ano passado, a entidade ingressou um mandado de segurança no dia 3 de novembro. Não oteve êxito. O pedido foi julgado pela Justiça 12 dias depois. (Simone Alves)  

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Rose | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com Jacy Proença, por que não cancelar então o feriado do dia 15 de novembro???!!! Vai perguntar nas ruas pra vem que sabe sobre a data...kkk Sinceramente, se o imigrante japonês tivesse a importância do negro para a composição étnico-racial do país talvez até poderia cogitar um feriado para ele sim. O comentário do José Alberto Aguiar é ofensivo, assim como o posicionamento de Pedro Nadaf contra a licença-maternidade de 6 meses. Não se pode buscar o fim da violência no país com esse tipo de posicionamento, infelizmente, essa gente vai continuar ocupando espaço nas páginas policiais: furto, roubo, assalto, sequestro...Ah, eu não sou negra, nem membro de associações. Jornalista, loira, olhos verdes e descendentes de imigrantes italidanos e espanhóis, mas sou a favor da valorização dos negros, porque reconheço neles o pilar da nossa sociedade.

  • harlly | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será ou não seria justo que pessoas negras trabalhem neste feriado dia 20 de novembro, a pedido do patrão do mesmo? Boa pergunta gostaria que alguem respondesse.

  • José Delgado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sempre ao lado do poder, o Sr. Pedro Nadaf, nos deixa triste. Num Estado, formado por várias raças, principalmente a negra, que aquece da mesma forma, indistintamente, o comércio nas datas próprias para presentear, sequer na visão deste Representante da Burquesia, reconhece sua importância. Em suas palestras repetitivas, ele aborda este assunto? Não. Pois, para o consumo elas são de vital importância.

  • Ruth | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Feriado é como uma moeda, tem dois lados.
    Para o funcionario publico é maravilhoso poder desfrutar de 6 dias de folga sem contar como férias.
    Já para os empresarios e autonomos isso representa uma grande perda de renda e que muitas vezes acarreta em falta de dinheiro para cobrir os custos. Deveriam estabelecer nvas regras para que ninguém fosse prejudicado.
    Negros, brancos, índio, amarelos são todos seres humanos, filhos de Deus e como tal todos tem seu valor. Independente de feriado.

  • Cristina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Todo ano os empresários vem com papinho furado. Um dia com as portas fechadas serão compensadas quandos eles forçarem os funcionários a jornadas de 12 horas de trabalho nas vésperas do Natal e Ano Novo. Época em que eles (donos) engordam o bolso.
    Por favor, em 2008, poupe a gente desse discurso de que o Dia da Consciência Negra atrapalha vocês. Não sou negra e nem funcionária pública, mas tenho respeito pelos negros que compõe a maioria da população e não se vê representada pelos "heróis" nacionais e os funcionários públicos, classe tão desprezada, inclusive pelos comerciantes, que sobrevivem do salário e juros cobrados dos mesmos servidores públicos.

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...