Últimas

Quarta-Feira, 25 de Fevereiro de 2009, 12h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Feriado de Carnaval dura 11 dias para deputados

  O feriado de Carnaval chegou ao fim para servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada, mas não para as autoridades políticas do Estado. Enquanto funcionários da Assembléia retornam às 12h desta quarta (25), os deputados têm mais seis dias de descanso. A próxima sessão ordinária da Casa está marcada para terça (3), quando devem ser definidos os deputados que ocuparão a presidência das comissões permanentes. Os parlamentares vão aproveitar a próxima sessão para apreciar os vetos do Poder Executivo que estão trancando a pauta de votação.

   Na Câmara Municipal de Cuiabá a renovação do contrato emergencial com a empresa Serviços Ambientais Ltda, responsável pela coleta de lixo na Capital mesmo sem processo licitatório, deve nortear os debates entre o presidente da CPI do Lixo, vereador Francisco Vuolo (PR), e o líder do prefeito na Casa, vereador Paulo Borges (PSDB). Na última sessão, Vuolo antecipou que divulgará esta semana dados "bombásticos" sobre a coleta de lixo na Capital. As informações obtidas pela CPI, segundo o parlamentar, comprovam irregularidades cometidas pela gestão do tucano Wilson Santos.

   Os vereadores também analisam os vetos do prefeito aos projetos que modificam artigos do Código Tributário do município. Para evitar que os debates entre membros da oposição e da bancada do governo comprometam o andamento da sessão, o presidente do legislativo cuiabano, vereador Deucimar Silva (PP), vai sugerir a realização de uma reunião nesta quinta, às 8h, no Gabinete da Presidência, com os líderes de cada bancada. As lideranças devem chegar a um entendimento sobre as matérias antes de começar a sessão ordinária, marcada para às 9h.

   No Tribunal de Contas do Estado, os conselheiros retornam aos trabalhos em sessão somente na terça (3). O órgão recebe, até 15 de abril, as prestações de contas das prefeituras mato-grossenses. As apreciações dos balanços anuais, referentes ao exercício financeiro de 2008, começam em maio.

   Justiça Eleitoral

   Já o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) promove nesta quinta, às 17h, a solenidade de despedida do desembargador Manoel Ornellas, que assume na próxima semana a Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça, ao lado de Mariano Travassos, que passa a presidir o Judiciário, e do novo vice-presidente Paulo Cunha.

  Entre os recursos a serem apreciados pelo Pleno do TRE está um que pede a cassação do registro do prefeito de Barra do Garças, Wanderlei Farias (PR), por irregularidade no registro da candidatura do vice da chapa - saiba mais aqui(Andréa Haddad)

(13h50) - Em nota, AL diz que deputados são trabalhadores

   A Assembléia enviou nota, por meio do secretário de Comunicação Osmar Carvalho, contestando a matéria acima. Segundo ele, o presidente José Riva "atendeu a dezenas de pessoas" durante o feriado de Carnaval. Para sexta (27), diz o secretário, outras 40 audiências já estão agendadas. Ele explica ainda que apenas quatro sessões ordinárias foram desmarcadas devido ao feriado, o que, segundo Osmar, não impede que o trabalho dos parlamentares continue normalmente.

   Eis, abaixo, a íntegra da nota enviada pela AL
  "Em função da matéria sob o título “Feriado de carnaval dura 11 dias para deputados”, cabe os seguintes esclarecimentos:
   1) O presidente da Assembléia, deputado José Riva (PP), atendeu dezenas de pessoas quinta e sexta-feiras da semana passada. Hoje (25), quarta-feira, fez vários atendimentos e deslocou-se a Brasília, retornando à noite. Amanhã, quinta-feira, sua agenda prevê atendimento a mais de  40 pessoas. Na sexta-feira, outras 40 já agendaram audiências;
   2) A interrupção das quatro sessões ordinárias desta semana (e não 11 dias), portanto, não impede que os deputados mantenham o ritmo normal de trabalho. Assim como Riva, vários outros parlamentares têm agenda de trabalho neste período."
   
Cuiabá, 25 de fevereiro de  2009
 
Osmar Carvalho
 Secretário de Comunicação AL

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Américo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sr Jedae,por acaso passou na Al hj? claro q nao,a equipe d presidencia e dep estavam lá,o dep embarcou p Brasilia na hr d almoco,a equipe continuou lá,p atender quem realmente precisa e procura o poder legislativo,nao p quem, fica criticando pela net,mais respeito cara.

  • Maria isabel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    è simples caros leitores e comentaristas. Vaõ até a assembléia e verifiquem se os gabinetes estão funcionando ou vcs pensam que assembléia só se faz de sessões?
    Afinal os deputados precisam de momentos pra atendere a comunidade. os prefeitos, vereadores e secretários de um estado inteiro. Ou vcs pensam q eles fazem isso durante as sessões?
    Vão até a Assembléia e comprovem os trabalhos e fácil falar pra quem não acompanham ainda mais que o nome do dep Riva está cotadíssimo pra governo não é Ronilson
    para de ser tendencioso

  • Silvia Monteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    São os que ganham mais, trabalham menos, folgam mais, aposentam bem, tem médicos dentistas roupas comidas transportes lanches, tiram mais licenças, são mais dispensados.

    Que VERGONHA, povinho de ultima, bem que diziam; a burguesia FEDE.

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Convenhamos senhores deputados, vocês precisam efetivamente mostrar trabalho: Ficar o tempo todo discutindo em 2009 projetos políticos para 2010 e dizer que estão trabalhando é brincar com a inteligência do povo.

    Cadê projetos de leis corajosos, audaciosos: por exemplo que tal propor reduzir o duodécimo da AL e converter em benefício para o povo. Garanto que dá para reduzir e em dois ou três meses daria para reformar o Pronto Socorro de Cuiabá. Deixar essa reforma só com o prefeito demagogo não vai sair do papel.

    Deputados com custo mensal de mais de R$ 100.000,00 para apresentar projeto de lei para mudar nome de rua, moção de aplauso para companheiros é muito pouco é vergonhoso.

    Atender a pessoas que se humilham nas portas de seus luxuosos gabinetes é ísso que vocês querem. Porque não fazem o contrário? Na época de campanha vocês sabem o que é preciso ser feito, após eleitos ficam dosando as providências. Porque não atacam o problema de frente? Saúde, educação, infraestrutura, melhorou muito graças ao Governo do Estado. Se a AL participasse de forma efetiva certamente estaria bem melhor.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pra quem defende o Riva, deve ser do mesmo tipo que ele é. Quem não se lembra da dupla dinâmica, Riva/Bosaipo. Tudo aquilo é intriga da oposição? Um dia este nobre e impar deputado não terá mais um cargo, e ai sim veremos sua real honestidade. Quem sabe ele não se elege e vai ser senador em Brasilia. Isso nunca, pois o povão de lá odeia concorrentes. Dois tempos, entrar e ser cassado!

  • SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    11 DIAS SEM TRABALHAR NA INICIATIVA PRIVADA SERIA O CORTE DE3 30% DO SALÁRIO E PERDA DE DIAS DAS FERIAS, COMO NOS ORGÃOS PÚBLICOS ISSO NAO ACONTECE NADA PORQUE E O POVO QUE PAGA A CONTA SILENCIOSA E MUITO CARA PELOS PÉSSIMOS SERVIÇOS PRESTADOS EM TODA A ESFERA DO SERVIÇO PÚBLICO!! ISSO E UMA VERGONGA PARA TODOS NOS QUE PAGAMOS 45% DE NOSSO SÁLARIO VAI EM INPOSTOS PARA O GOVERNO.

    ATT. SILVA.

  • Deputado Riva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Apenas para complementar a nota da Secretaria de Comunicação da Assembleia Legislativa, informo que ontem estive em reunião em Brasília com o Ministro das Cidades tratando de temas referentes à regularização fundiária de nosso Estado. Quem conhece Mato Grosso, sabe da importância do tema.

    Ainda assim, a equipe do meu gabinete esteve o dia todo trabalhando. Desde cedo até o fim do dia.

    Hoje eu tenho mais de 40 atendimentos agendados e amanhã outros tantos. O tema das audiências são quase todos de interesse do Estado, salvo alguns que me buscam para que questões particulares.

    Quem quiser ver para confirmar, eu convido a vir até o gabinete. A Presidência da Assembléia está de portas abertas.

  • Alice Dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na verdade o povo já sabe quando votar. Irá lembrar de quando procurou um DEPUTADO para resolver uma questão simples, e levar chá de cadeira, ouvir ele não está, e na verdade voce acabou de ve-lo quando chegou na Assembléia. Continuem assim.

    A burguesia FEDE.

  • Marcondes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Está corretíssimo o RDNEWS em divulgar à população,os passos do nosso legislativo estadual.

    O Assessor do Riva, se defende muito vagamente, falando em atendimentos e mais atendimentos, só se esqueceu de dizer que a maioria desses atendimnetos não são de interesse da população em geral, e sim interesses pessoais, as chamadas amarrações políticas, com o intuito de angariar votos para os projetos futuros do Excelentíssimo Deputado.

  • Vania Mara da Silva Melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Engana-se quem acha que o trabalho na AL é moleza. Todos mantêm ritmo acelerado para dar conta do recado e atender bem a população. O fato de não ter sessão, não impede que os deputados, especialmente, o presidente Riva mantenha compromissos nos muicípios. É nesse período que aproveitam para verificar as necessidades de cada região para propor investimentos.

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.