Últimas

Domingo, 27 de Maio de 2007, 11h:19 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

TRANSPORTE COLETIVO

Festival de Cinema vira protesto contra prefeito

Curta-metragem encerra com a frase: "Wilson, ladrão, abaixa meu buzão!"

    O curta-metragem de sete minutos "Abaixa o Meu Buzão", exibido neste sábado à noite no Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá, encerrou com os seguintes dizeres: "Wilson, ladrão, baixa o meu buzão!". A frase continuou sendo repetida pela platéia, ecoando, sob aplausos, por alguns segundos.
    A iniciativa de produzir o curta partiu do Comitê de Luta pelo Transporte Público (CLTP), composta, em sua maioria, por militantes do PT. Foi um protesto contra a decisão do prefeito cuiabano Wilson Santos de elevar o preço da tarifa do transporte coletivo de R$ 1,85 para R$ 2,05.
    Nos seus sete minutos, o filme mostra cena dos estudantes nas manifestações contra a proposta de aumento da tarifa. Imagens de pneus queimando nas ruas e discursos inflamados dramatizam o curta-metragem. No final, uma frase ofensiva ao prefeito: "Wilson, ladrão, baixa o meu buzão!".
   A 14ª edição do Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá começou na última quinta (24), no Cine Multiplex do Shopping Pantanal. Se estende até a próxima quarta (30), com sessões gratuitas. No roteiro estão 11 longas-metragens, 13 curtas-metragens, 13 vídeos e quatro videoclipes mato-grossenses na disputa por prêmios e fora de competição. Estão sendo projetados 65 trabalhos, além de debates, oficinas e programação paralela.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • jmgguerra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    aATUACAO DO PREFEITO wILSON, NO MINIMO É MUITO ESTRANHA, NUMCA VI UM PREFEITO DEFENDER TANTO OS EMPRESARIOS, DEVE ESTA RECEBENDO UM REFORÇO MUITO GRANDE DE VERBAS, PARA O SUA CAMPANHA POLITICA, É SO INVESTIGAR, O ROUBO POUCO DIVULGADO DA EMPRESA RDM, DE MUITO TEMPO, OBRAS SUPERFATURADAS, VEJAMOS DA ROTATORIA NO BAIRRO RECANTO DOS PASSAROS, PERTO DA BRHAMA, CUSTOU C$ 149 MIL REAIS, AS OBRAS DA AVENIDA DAS TORRES, NAO IRAO INVESTIGAR ? CADÊ O MINISTERIO PUBLICO?.

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Wilson + uma vez traiu o povo Cuiabano. ele não tem palavra e se apresenta como um homem fraco e confuso, esse aumento deve ser creditado a ele e o secretario de transito o empreiteiro Oscar Soares.

  • Vilson Nery | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A verdade é que existem estudos provando que a passagem no valor de R$ 1,30 já daria lucros às empresas de ônibus. Mas eles contam com um grande advogado, o sr. Wilson Santos. Difícil é acreditar que muitos trabalhadores que acreditaram nele em 2006, repitam o voto no ano que vem. Mesmo porque todos sabem que o tucanalha WS usou recursos da educação para promover o "Peladão" que de educativo nada tem e aplicou recursos escolaresz para financiar seus amigos de cursinhos pré-vestibular. A defesa apaixonada que faz da passagem de ônibus mais cara é a prova de que de bom menino, WS só tem a máscara.

  • Antônio Fernandes do Amaral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Interessante, se não fosse delirante, esses denominados estudantes do tal Comite em Defesa do Transporte Público Urbano, em ciriticar o valor da passagem do ônibus. Sabe porque a passagem é tão cara, porque a população de Cuiabá, através da Prefeitura Municipal, paga a passagem dos ESTUDANTES (Universitários, Segundarios, Primarios etc,) então se eles não pagam suas passagens, como podem protestar contra o aumento, ainda mais se este aumento é porque esta incluso as despezas com a passagem gratituita aos Estudante?
    Isto sim que é CARA DE PAU, ou melhor, POLITICAGEM barata!!

    Antônio Fernandes do Amaral
    Ex-Presidente do PSB Cuiabá

  • rodrigo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses estudantes nao passam de mera "massa de manobra" nas maos de miltantes demagogos do PT que usam esse questao apenas para fazer politica contra e depois quando e "se" assumirem a prefeitura vao fazer igual ou muito pior do que ai está. Como já ficou provado em todos os governos que o PT assumiu. Seja federal -LULA ou estadual, vide Zeca do PT MS e outros...

    Se dizem Estudantes mas estao lá mais preocupados com a farra do que propriamente com a causa... Alienados!!!

  • João Luiz Fabris | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Por que a CLTP não faz mais um documentário, cujo título seria: "Gibran: O espertalhão manipula aluno bobão". Porque é isto o que o líder do CLPT, o senhor Gibran Lachowski faz com os desavisados estudantes de Cuiabá. Pobrens jovens, que não sabem que estão somente trabalhando para que o Sr. Gibran fomente sua candidatura a vereador. Ou alguém acredita o CLTP com seus ideias petitas defende a população. E os pobres jovens se deixam manipular tão facilmente.

  • Elizabeth Andrade Vasconcellos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu não entendo porque alguns estudantes de Cuiabá brigam pelo transporte público, se não precisam pagar transporte. Todos os estudantes, seja da rede pública ou privada, têm transporte gratuito. E Cuiabá é um das poucas cidades do país que oferece este benefício. É uma grande conquista, que até a pouco tempo atrás não existia. Quando eu era estudante tinha que pagar metade da passagem e ninguém reclamava. Em muitas ocasiões, meus colegas e eu não tinhamos dinheiro para pagar o R$ 1,00 do RU (valor da época), mas todos pagavam meio passe. O que estes estudantes, liderados por esta tal de CLTP, ainda querem? Afinal, pelo quê essa CLTPetista luta? A única coisa que posso pensar é que querem tumultuar e fazer o jogo sujo do PT. Os estudantes matam aulas para irem as ruas causar lutar pra que, se já tem transporte grátis. Por que não vão para as ruas por causas reais, como o fim da corrupção. Se não fosse pela corrupção, tudo seria mais fácil e barato neste país, inclusive a passagem de ônibus.

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...