Últimas

Sábado, 03 de Janeiro de 2009, 08h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

COMUNICAÇÃO

Fiasco do PAC atrapalha Dilma rumo ao Planalto

   O Programa de Aceleração do Crescimento, PAC, e a demora na conclusão das obras pelo País é um dos destaques da primeira revista Veja deste ano. Lançado há dois anos, o mais ambicioso projeto do governo prevê, até o fim do segundo mandato do presidente Lula, investimentos públicos e privados em energia, transporte e infraestrutura urbana no valor total de R$ 636,2 bilhões. Em Cuiabá, embora o prefeito Wilson Santos (PSDB) negue, as obras registram atrasos.

  Chamada de mãe do PAC, a ministra Dilma Roussef tem visto seus planos de ocupar o Palácio do Planalto irem por "água abaixo". "A principal razão para o fiasco parcial do programa é a meta aparentemente inexequível. Investir 636,2 bilhões de reais em quatro anos exigiria a formidável combinação de um cenário econômico pujante, um estado eficiente e ágil, agências reguladoras com credibilidade e crédito abundante para os investidores privados, tudo o que não existe atualmente", diz trecho da reportagem.

   Veja mostra ainda que, invocando o direito de garantir a segurança dos moradores da região, Israel lançou uma série arrasadora de bombardeios contra Gaza. Os alvos visavam à estrutura de poder do Hamas, a central do aparato de segurança, o quartel da polícia, depósitos de armas, lugares onde dirigentes da organização trabalham e vivem. Prédios inteiros foram, literalmente, evaporados. Bombardear cidades só pode ter resultados terríveis. Dos mais de 370 mortos em quatro dias, cerca de sessenta eram civis, inclusive crianças, nas mais desoladoras das cenas. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PAC só não está dando certo nas Prefeituras cujos prefeitos não sabem trabalhar. Nos palanques prometem, alegam que vão a Brasília buscar recursos. O Lula fez diferente foi às Prefeituras e ofereceu recursos. E agora? Os prefeitos falastrões, muitos deles, não conseguem sequer montar projetos, os processos licitatórios são viciados, quem perde com isso ? Nem a Dilma, nem o Lula, nem o Prefeito. Quem perde é somente o povo.

    Em Cuiabá mais de cinquenta mil famílias não tem água encanada. O dinheiro do PAC está a mais de ano a disposição da prefeitura. O prefeito prometeu que no final de 2008 teria uma adutora do ETA Tijucal inaugurada e o que acontece? As famílias continuam precisando de água, o dinheiro do PAC está a disposição, as obras estão paradas e o prefeito?

    Se tivéssemos um legislativo municipal sério, respeitador dos seus deveres, e também se tivéssemos um Tribunal de Contas mais atuante, mais imparcial, certamente tais obras estariam num estágio bem mais avançado.

    Infelizmente essas obras em Cuiabá somente sairão em 2010. Ou alguém acha que o Prefeito não utilizará as mesmas para querer se engrandecer para essas cinquenta mil famílias e para alguns outros cuiabanos desavisados.

    Lamentavelmente Cuiabá só anda um pouquinho em ano politico, nos demais é uma parilisia total.

  • ASSUNÇÃO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FLAVIA BORGES: Primeiramente, o PAC, não é um fiasco, embora a turma do quanto pior melhor, assim deseja. De FATO o PAC se encontra atrasado em algumas regiões do Brasil, pois seus respectivos prefeitos, não cumprem com seus prejetos. Em Cuiaba, por exemplo, o PAC está praticamente parado, pois o Prefeito Wilson Santos, do PSDB, não regulariza o projeto. ANTES QUE EU ESQUEÇA, QUERO DIZER A VOÇE, FLAVIA BORGES; A MINISTRA DILMA, NUNCA PRETENDEU OCUPAR O PALACIO ALENCSTRO DE CUIABÁ MAS SIM, O ALVORADA EM BRASILIA.

  • Paulo Silveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cara repórter Flávia Borges: você está mal intencionada? Se não estiver, de qualquer forma a culpa é sua, pois está aceitando que manipulem usando seu nome. Você fez um texto com erros, que foram consertados depois e cita o suposto atraso das obras em Cuiabá para falar de uma reportagem da VEJA. Só que na reportagem da Veja, que já li, não uma linha sequer sobre a situação das obras em Cuiabá. Assim você o RD News estão mentindo. Só ainda não sei para atender a qual interesse, ma so meu que sou internauta constante do RDnews e de outros sites é que não é. Quero informação correta e não mentirosa ou manipuladora. Ao citar o caso de Cuiabá para falar de uma reportagem da VEJA você, Flávia, quer dar a impressão que a revista fala do caso de Cuiabá, o que não é verdade. Espero que o Romilson Dourado, que tem uma história no jormnlaismo daqui não permita esse tipo de coisa porque senão logo vai ter gente dizendo que ele esta vendido e coisas do gênero.

  • Assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FLAVIA BORGES:

    Obrigado por terretificado o seu erro, entretanto q

  • Assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FLÁVIA BORGES:

    Obrigado por ter feito a devida retificação em sua página. Mas, qualquer leitor, ao ler a sua página, notará sua parcialidade no que se refere a Ministra Dilma. Afinal, o PAC é um FIASCO? Agora se LÊ que o PAC é um FIASCO PARCIAL? Ora Flavia! Também sabemos ler na entrelinhas.

Rejeição a Abílio sobe e cai a de EP

abilio junior 400 curtinha   Nos últimos 15 dias, o candidato a prefeito da Capital, Abílio Júnior (foto), do Podemos, viu a rejeição aumentar 12 pontos percentuais, quase um por dia, saindo de 19% para 31%, de acordo com a nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada nesta sexta pela TV Centro América....

Fávaro deixa governador em saia-justa

carlos favaro 400 curtinha   O senador interino do PSD, Carlos Fávaro (foto), que busca a reeleição, deixou o governador Mauro Mendes (DEM) em uma saia-justa em Barra do Garças. Mendes, que já declarou apoio no horário eleitoral ao candidato à sucessão municipal Wellington Marcos, do mesmo...

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...