Últimas

Sexta-Feira, 05 de Setembro de 2008, 14h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

INVESTIGAÇÃO

Fiscal demitido tenta retorno à Sefaz; Maggi veta

  O governador Blairo Maggi não considerou o pedido de readmissão ao cargo de fiscal de Joacyl Múcio de Oliveira. Ele foi demitido a bem do serviço público da secretaria de Fazenda, após ter o nome envolvido em um esquema de sonegação fiscal, em 2005. O ex-servidor, que chegou a ser preso pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) na Operação Quimera, foi acusado de ser conivente e não emitir notas fiscais da empresa JV Transportes ao sistema Garantido do ICMS.

  O processo 323.810/2008, que pedia a reconsideração da decisão que aplicou a pena de demissão do fiscal, foi apreciado pela procuradora Fernanda Mendes Pereira Cardoso. Embora revisado, foi considerado improcedente. Segundo o parecer, inclusive com assinatura do governador, "ele (Joacyl) não apresentou novos argumentos, nem provas capazes de conduzir à reforma da decisão administrativa". Dessa forma, Joacyl, que já foi suplente de vereador por Várzea Grande entre 2000 e 2004, está fora de vez dos quadros da Sefaz. (Vívian Lessa)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • paulo roberto de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bem feito! quem manda não saber fazer maracutaia. Deveria
    ter pego algumas aulas, pos não falta corrupto de plantão.
    Um empregão desse, ele perde, é muita ganancia.......

  • Leandro Domingos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    joacyl, o popular guarita já vai tarde malandro

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUANDO TEM QUE ELOGIAR,ELOGIO...PARABENS BLAIRO NAO AGGI...ESSE CAMARADA É MALANDRO DE PRIMEIRA QUALIDADE,,,QUIZER PROVAS,,ROMILSO,,,É SÓ PROCURAR SEU JOAO DA BRSINHA MATERIAS DE CONSTRUÇAO,,UM ABRÇO...

  • Marco Aurelio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deveria fazer isso nas Promoções ao Posto de Coronel na PMMT, porque, 03 tenentes coroneis foram promovidos mesmo respondendo processos por formação de quadrilha, e vários outros por corrupção, concussão, peculato, só crimes gravíssimos, e , mesmo assim foram promovidos por MERECIMENTO, e que MERECIMENTO, divulgue isso meu amigo Romilso, esplore pelo amor de DEUS, encaminhe para o Ministerio Público. MAGGI e os seus dois lados.

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...