Últimas

Terça-Feira, 16 de Outubro de 2007, 08h:53 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

Artigo

Fiscalização eletrônica no trânsito

     No trânsito, a qualidade de vida está diretamente ligada à existência de vias seguras para motoristas, ciclistas e pedestres.
     Porém, não é bem isso que o cidadão encontra quando sai de casa, seja de carro, bicicleta, moto ou a pé. Ruas e avenidas mal planejadas, com buracos, com sinalização ineficiente ou inexistente, calçadas intransitáveis, entre muitos outros problemas, sendo o principal o desrespeito ás leis de trânsito. Excesso de velocidade, avanço de sinal vermelho, estacionamento sobre a calçada e mais uma infinidade de transgressões acontecendo a cada segundo.
     Quem tem o dever de garantir o ir e vir do cidadão? O poder público sim. O objetivo de todo órgão de trânsito é torná-lo mais seguro e mais humano. Para isso, faz-se necessária adoção de séries de medidas rigorosas para reduzir a velocidade dos motoristas nos pontos críticos da cidade. Uma delas seria a implantação de fiscalização eletrônica do trânsito.
     Para isso deve realizar análise de campo nos pontos críticos. Nessa investigação, devem ser considerados não só os aspectos físicos dos locais estudados como também as características do fluxo de pedestres.
     O equipamento de fiscalização eletrônica conhecido como pardal (radar) mede a velocidade de todos os veículos, registrando apenas aqueles que trafegam acima do limite de velocidade regulamentado. A imagem registrada do veículo serve como base à Autoridade de Trânsito para a lavratura do Auto de Infração de trânsito.
     Outro grande aliado na prevenção de acidentes de trânsito é o fotossensor, ou o chamado semáforo com câmera. Ele é um equipamento de fiscalização eletrônica capaz de registrar dois tipos de infração: o avanço de sinal vermelho do semáforo e a parada sobre a faixa de pedestres. O objetivo do fotossensor é estimular o motorista a respeitar o sinal de trânsito e evitar atropelamentos e colisões.      Também evita que o motorista ‘tranque’ o cruzamento.
     Somando-se aos radares e fotossensores, outro equipamento de fiscalização eletrônica muito utilizado são as lombadas eletrônicas, que garantem o trânsito de veículos em velocidade adequada nos pontos críticos das vias, aumentando a segurança no trânsito e contribuindo para a educação de motoristas e pedestres.
     O uso de equipamentos de fiscalização eletrônica contribui muito para a segurança no trânsito, diminuindo a freqüência e gravidade dos acidentes. Cuiabá é a única capital que não possui este sistema. Sabemos que é prerrogativa da administração do município instalá-los ou não. Sabemos também que Cuiabá teve uma experiência infeliz ente os anos de 1998 e 2002, com a instalação da fiscalização eletrônica eivada de irregularidades. Porém estamos em outra época, os procedimentos de licitação são transparentes e o funcionamento dos aparelhos só se dá após aferição do INMETRO conforme determina resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).
     Portanto, torcemos para que a Prefeitura de Cuiabá, através de projetos e estudos técnicos, estude a possibilidade da volta da fiscalização eletrônica. Será a vitória do bom senso na luta contra a impunidade no trânsito.


Silvio Furtado de Mendonça Filho é funcionário público municipal e Bacharel em Ciências Econômicas e pós-graduado em Gestão Pública (silviomendonca@yahoo.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Rejeição a Abílio sobe e cai a de EP

abilio junior 400 curtinha   Nos últimos 15 dias, o candidato a prefeito da Capital, Abílio Júnior (foto), do Podemos, viu a rejeição aumentar 12 pontos percentuais, quase um por dia, saindo de 19% para 31%, de acordo com a nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada nesta sexta pela TV Centro América....

Fávaro deixa governador em saia-justa

carlos favaro 400 curtinha   O senador interino do PSD, Carlos Fávaro (foto), que busca a reeleição, deixou o governador Mauro Mendes (DEM) em uma saia-justa em Barra do Garças. Mendes, que já declarou apoio no horário eleitoral ao candidato à sucessão municipal Wellington Marcos, do mesmo...

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...