Últimas

Sexta-Feira, 03 de Julho de 2009, 11h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

PALÁCIO ALENCASTRO

Flávio Garcia já conduz Comunicação do prefeito Santos

  O jornalista Flávio Garcia já responde interinamente pela pasta da Comunicação Social de Cuiabá. Ele assumiu nesta sexta a cadeira do também jornalista e professor universitário Maurélio Menezes, que já limpou as gavetas e deixou a administração Wilson Santos. Como membro do primeiro escalão, Flávio participou, pela primeira vez, da Governança Integrada, no bairro Poção, quando o prefeito Wilson Santos reuniu todo o secretariado para discutir ações e projetos e montar estratégias administrativas. Então adjunto da Secom, Flávio tem a missão de conduzir uma pasta que teve o orçamento deste ano reduzido para R$ 1 milhão mas, devido a remanejamentos, trabalha dentro de uma previsão de R$ 7 milhões, mesma dotação do exercício de 2008.

   Flávio Garcia integra a chamada velha safra do jornalismo mato-grossense. Já atuou em vários veículos e, nos últimos anos vem se dedicando ao trabalho em assessoria. Está com o prefeito desde janeiro de 2005, quando o tucano assumiu o Palácio Alencastro. Flávio foi, por exemplo, editor de Política da Folha do Estado, um dos três principais jornais impressos do Estado. Com perfil oposto ao do seu antecessor Maurélio, que deixou o staff para se dedicar ao doutorado, Flávio evita conflitos e atua nos bastidores. Apesar do seu esforço e dedicação à gestão tucana, ele não deve ser efetivado no cargo de secretário, que rende R$ 9,2 mil mensais. Wilson Santos está avaliando alguns nomes.

    Como encontra dificuldades para encontrar um profissional do ramo da comunicação com perfil que lhe agrada e capaz de contemplar o trabalho técnico e político, o prefeito optou por nomear Flávio Garcia interinamente. Flávio é o quarto secretário de Comunicação do governo Santos. Começou com a Noelma de Oliveira, editora de Política do jornal Diário de Cuiabá, após transformar a Secom numa coordenadoria vinculada à secretaria de Governo. Em 2006, recriou a pasta e nomeou ao posto o jornalista Pedro Pinto, que foi secretário de Comunicação do governo Dante de Oliveira. Com a saída de Pedro, Flávio ficou interinamente, até Maurélio assumir o posto, no final de 2007. Agora, a cena se repete na Secom.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Sidney Santiago | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha falar mal de Maurelio Menezes parece nticia plantada...ele nunca tratou mal jornalista..acontece que o povo gosta de gente que puxa saco e deve ser por esse motivo que Flávio garcia hj assume a Secom..alias a unica coisa que ele sabe fazer bem..

  • Paulo Silveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu me divirto analisando os comentários publicados aqui e em outros sites. Vamos à analise do dia. Evidentemente a Regina Mendonça não é da UFMT. Se fosse não colocaria. O mais provavel é que ela seja ele, ou seja, um amigo do Flávio Garcia, escalado para falar que ele é maravilhoso e de quebra no melhor estilo dos políticos sem discurso, atacar o antecessor, porque quanto mais o antecessor for diminuido menos se tem obrigação de fazer. O Regina nem se tocou que, pela biografia do Flavio Garcia publicada na reportagem, ele nunca tee ligação alguma com a Universidade, logo soa estranho alguém de lá defendê-lo principalmente por nao saber que o Maurelio Menezes é professor do curso de Comunicação onde se ensina comunicação e não administração pública. Logo soa estranho nas aulas um professor de comunicação discutir administração municipal.
    O segundo comentario ´´e assinado por Adão Oliveira. Esse deve ser verdadeiro porque existe um repórter com esse nome. É dos mais experientes em TV e deve ser amigo mesmo do Flavio Garcia que, pela reportagem tem 32 anois de experiencia. Amigo é assim mesmo e como diz a canção, para essas coisas.
    O terceiro comentário pode ate ser verdadeiro e deve. Mas com certeza usaram o nome de Maria da Penha para se referir à lei. Para descobrir se é fofoca ou verdade basta se conversar com quem trabalhou com o Flavio Garcia para saber se ele era mesmo terror das mulheres da redação, como dá a entender o texto. Ou mesmo se conversar com quem ainda está la... Pela riqueza de detalhes tudo indica que o conteúdo é verdadeiro, apesar de a autora se esconder no anonimato, ai er ela está no batente, e não quer se identificar para não se expor... O resumo de tudo e o seguinte: tanta bobagem por algo que não vale nada... rsrsrsrs

  • Maria Regina Mendonça - UFMT | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Já passou na hora do prefeito Wilson Santos efetivar Flávio Garcia na Secom Municipal. Flávio já provou inúmeras vezes sua lealdade a WS e sua capacidade de articulação junto aos veículos de comunicação. Justamente o contrário do que fez Maurélio Menezes. Maurélio atacava jornalistas e veículos, e caso Wilson Santos não saiba, antes de se tornar secretário, um dos assuntos favoritos de Maurélio na UFMT era falar muito mal do prefeito Wilson Santos e de sua administração (isso qualquer pessoa do curso de Comunicação - seja aluno ou professor - pode atestar). E com certeza, agora, fora da prefeitura, Maurélio voltará a fazer, já que lhe falta ética. É assim que ele age.

    Agora, Flávio pode ter defeitos, mas com certeza nunca saiu criticando Wilson Santos por aí.

    Estamos com vc, Flávio.

  • Adão de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    A efetivação de Flávio Garcia frente a SECOM de Cuiabá, é questão de justiça, pela competência e condução técnica daquele órgão.
    Parabens pela postura companheiro Flávio .

  • Maria da Penha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Apenas uma correção. Fláio não foi Editor de Politica na Folha. Ele esteve Editor de Politica. O normal dele na redação era chegar, dar um alô e sair para resolver uns probleminhas e só voltar quando tudo estava fechado. Além disso nós mulheres que trabalhamos na Folha na mesma época é que sabemos qual era a principal atiidade dele na redação.. De qualquer forma, as pessoas podem mudar e quem sabe agora vai ser diferente, embora ninguem acredite nisso.

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

Coordenador quer mostrar obras de EP

vanderlucio curtinha   Coordenador da campanha de Emanuel Pinheiro à reeleição, Vanderlúcio Rodrigues (foto) garante que o grupo vai focar na divulgação de propostas e não fará ataques pessoais aos 7 adversários. O ex-secretário de Obras Públicas avalia que o grupo...

Tucano ainda com sequelas da Covid

ricardo saad curtinha 400   O vereador cuiabano e presidente do PSDB na Capital, Ricardo Saad (foto), segue na luta para reverter as sequelas deixadas pela Covid-19. Mesmo Dois meses após ser infectado, diz que 53% do seu pulmão ainda está comprometido e que, por isso, sente muita falta de ar. Candidato à...

Tentando golpe político em Tangará

amauri 400 curtinha   O deputado estadual Paulo Araújo (PP) sofreu uma tentativa de golpe vinda de uma pessoa em quem ele confiava totalmente, o seu ex-assessor Amauri Paulo Cervo (foto). Até há poucos dias, Amauri estava lotado no gabinete do deputado, na AL, quando se licenciou com intenção de concorrer...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.