Últimas

Sábado, 23 de Junho de 2007, 08h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

OPERAÇÃO NAVALHA

Foi violência o que fizeram comigo, diz prefeito

Leitão questiona o porquê de petistas como Sílvio Pereira, Delúbio e Valério não terem sido algemado

    "Não vou me posar de vítima, mas foi uma violência o que fizeram contra mim. O tempo vai mostrar que sou inocente. Erraram comigo e eu não errei". Foi o que disse o prefeito de Sinop (a 500 km ao Norte de Cuiabá), Nilson Leitão (PSDB), em entrevista nesta sexta (22) à noite ao Resumo do Dia, da TV Rondon (afiliada da Rede TV!), apresentado pelo deputado Roberto França.

     Leitão foi um dos 45 presos em 15 de maio na Operação Navalha, sob acusação de desvio de licitação para contemplar a empresa Gautama numa obra de esgotamento sanitário no município. Em moeda de troca, segundo a Polícia Federal, teria recebido R$ 200 mil de propina. O prefeito ficou preso por quatro dias.

   "Não tem acusação contra mim. Teve a operação na minha casa, me levaram (preso) e nem deixaram cópia do que levaram de casa. Não existe indiciamento. A forma como foi usado é errada", afirmou o prefeito sinopense, numa referência à operação da PF. De acordo com Nilson Leitão, "existe uma suposição, pressunção de coisas erradas de direcionamento de licitação e pedido de propina".

   Explicou que o financiamento para o projeto de rede de esgoto foi legítimo. Observa, porém, que os recursos nem foram liberados. Destaca que o Consórcio Xingu, do qual a empreiteira Gautama faz parte, ganhou a licitação numa concorrência com outras 16 empresas.

   Na avaliação do prefeito, que ainda não conseguiu superar o trauma de ter saído de sua residência algemado, o que aconteceu "não é normal". Insinuou perseguição política. Ele questionou o que chama de tratamento truculento e exposição pública de sua imagem.

     Questionou o porquê de, em casos de flagrante de corrupção, como nos episódios do dólar na cueca, caixa 2 do PT, mensalão e dossiê antitucanos, personagens centrais dos escândalos não foram presos e algemados, como os petistas Sílvio Pereira, Delúbio Soares e Marcos Valério. "Nesses casos não houve algema. No seu caso foi o contrário. Nos prenderam para perguntar. Não vou posar de vítima. Foi uma violência e só o tempo vai poder mostrar que eu estou certo e que sou inocente nessa história", enfatizou o prefeito tucano.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Jairo Prestes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    dessa prisão resta-nos fazer a seguinte pargunta:será que vale a pena prender e soltar dois espertalhões como Nilson e seu secretário Pessine? não seria melhoe deixá-los soltos para acabar de vez com o Município?
    a continuar como esteva, logo logo, seríamos transformados em "vinho". Ora, Ora... senhor Nilson. ,,,

  • Hélio Brandão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A operação, da forma como foi realizada, especialmente com o Prefeito Nilson, foi de extrema violência moral. Deveras lamentável. Prove-se ou não sua culpa, foi mesmo deplorável. Pessoalmente acredito ser inocente o Prefeito e uma vez provada sua inocência como ficam os estragos já realizados?

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este é o preço de ser politico,o senhor viu o que aconteceu c/ a CPI da navalha? 4 deputados retiraram os nomes, garanto que sefossem politicos serios jamais fariam uma vergonha dessa

  • Julio Jacinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com Nilson que a forma da "prisão" foi arbitrária, truculenta, não precisava ser preso, pois, se convidado, Nilson compareceria para prestar esclarecimentos. Agora, querer posar de "Santo" já é demais... todo mundo sabe das barbaridades que Nilson e sua truma vem fazendo em Sinop e só não cairam antes pelas verbas que precisavam gastar para comprar meio mundo.
    Algumas peguntas ao Nilsom:
    *Escola do Camping Club... superfaturada.
    *Obra do esgoto (canos)... superfaturada.
    *Posto dos freteiros... escandalosamente superfaturada.
    *Uniforme dos funcionários da obras... não entregue.
    *Compra da fazendo com Altair Cavaglieri...caixa 2.
    *Voto dos vereadores para mesa diretora... superfaturada.
    *Etc...
    *Etc...

Arco de alianças define vice de Eliene

eliene liberato 400 curtinha   A professora e vice-prefeita de Cáceres, Eliene Liberato (foto), pré-candidata do PSB à sucessão municipal, disse que a definição do nome para vice de sua chapa só sairá na pré-convenção. Até lá, o amplo arco de alianças...

Pesquisa derruba discurso de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O resultado da pesquisa Analisando, que traz Emanuelzinho com boa vantagem nas intenções de voto sobre todos os pré-candidatos a prefeito de Várzea Grande, está provocando uma reviravolta nos bastidores. Os dados vieram a público nesta quinta, em publicação no...

Tucano dá título a Bolsonaro em Sinop

dilmair callegaro 400 curtinha   O presidente Jair Bolsonaro, que comanda o país desde janeiro do ano passado, irá receber o título de Cidadão Sinopense, mesmo sem previsão de pisar os pés, por enquanto, ao município considerado Capital do Nortão. A homenagem partiu do vereador do PSDB Dilmair...

Ação pró-Thiago, mas Luizão resiste

carlos bezerra 400   Com uma pesquisa debaixo do braço, cujo resultado traz Thiago Silva na dianteira na corrida à Prefeitura de Rondonópolis, inclusive na frente do prefeito Zé do Pátio (SD), o MDB de Carlos Bezerra (foto) tenta convencer o empresário Luizão (PRB) a recuar para apoiar o...

Padrinho político de Fabio a prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Após se reunir com o governador Mauro Mendes (foto) na sexta (14), o suplente de senador Fabio Garcia, presidente regional do DEM, deve oficializar sua pré-candidatura à Prefeitura de Cuiabá. Fabinho quer discutir com Mauro, que é seu padrinho político, o arco de aliança e...

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.