Últimas

Sábado, 23 de Junho de 2007, 08h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

OPERAÇÃO NAVALHA

Foi violência o que fizeram comigo, diz prefeito

Leitão questiona o porquê de petistas como Sílvio Pereira, Delúbio e Valério não terem sido algemado

    "Não vou me posar de vítima, mas foi uma violência o que fizeram contra mim. O tempo vai mostrar que sou inocente. Erraram comigo e eu não errei". Foi o que disse o prefeito de Sinop (a 500 km ao Norte de Cuiabá), Nilson Leitão (PSDB), em entrevista nesta sexta (22) à noite ao Resumo do Dia, da TV Rondon (afiliada da Rede TV!), apresentado pelo deputado Roberto França.

     Leitão foi um dos 45 presos em 15 de maio na Operação Navalha, sob acusação de desvio de licitação para contemplar a empresa Gautama numa obra de esgotamento sanitário no município. Em moeda de troca, segundo a Polícia Federal, teria recebido R$ 200 mil de propina. O prefeito ficou preso por quatro dias.

   "Não tem acusação contra mim. Teve a operação na minha casa, me levaram (preso) e nem deixaram cópia do que levaram de casa. Não existe indiciamento. A forma como foi usado é errada", afirmou o prefeito sinopense, numa referência à operação da PF. De acordo com Nilson Leitão, "existe uma suposição, pressunção de coisas erradas de direcionamento de licitação e pedido de propina".

   Explicou que o financiamento para o projeto de rede de esgoto foi legítimo. Observa, porém, que os recursos nem foram liberados. Destaca que o Consórcio Xingu, do qual a empreiteira Gautama faz parte, ganhou a licitação numa concorrência com outras 16 empresas.

   Na avaliação do prefeito, que ainda não conseguiu superar o trauma de ter saído de sua residência algemado, o que aconteceu "não é normal". Insinuou perseguição política. Ele questionou o que chama de tratamento truculento e exposição pública de sua imagem.

     Questionou o porquê de, em casos de flagrante de corrupção, como nos episódios do dólar na cueca, caixa 2 do PT, mensalão e dossiê antitucanos, personagens centrais dos escândalos não foram presos e algemados, como os petistas Sílvio Pereira, Delúbio Soares e Marcos Valério. "Nesses casos não houve algema. No seu caso foi o contrário. Nos prenderam para perguntar. Não vou posar de vítima. Foi uma violência e só o tempo vai poder mostrar que eu estou certo e que sou inocente nessa história", enfatizou o prefeito tucano.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Jairo Prestes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    dessa prisão resta-nos fazer a seguinte pargunta:será que vale a pena prender e soltar dois espertalhões como Nilson e seu secretário Pessine? não seria melhoe deixá-los soltos para acabar de vez com o Município?
    a continuar como esteva, logo logo, seríamos transformados em "vinho". Ora, Ora... senhor Nilson. ,,,

  • Hélio Brandão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A operação, da forma como foi realizada, especialmente com o Prefeito Nilson, foi de extrema violência moral. Deveras lamentável. Prove-se ou não sua culpa, foi mesmo deplorável. Pessoalmente acredito ser inocente o Prefeito e uma vez provada sua inocência como ficam os estragos já realizados?

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este é o preço de ser politico,o senhor viu o que aconteceu c/ a CPI da navalha? 4 deputados retiraram os nomes, garanto que sefossem politicos serios jamais fariam uma vergonha dessa

  • Julio Jacinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com Nilson que a forma da "prisão" foi arbitrária, truculenta, não precisava ser preso, pois, se convidado, Nilson compareceria para prestar esclarecimentos. Agora, querer posar de "Santo" já é demais... todo mundo sabe das barbaridades que Nilson e sua truma vem fazendo em Sinop e só não cairam antes pelas verbas que precisavam gastar para comprar meio mundo.
    Algumas peguntas ao Nilsom:
    *Escola do Camping Club... superfaturada.
    *Obra do esgoto (canos)... superfaturada.
    *Posto dos freteiros... escandalosamente superfaturada.
    *Uniforme dos funcionários da obras... não entregue.
    *Compra da fazendo com Altair Cavaglieri...caixa 2.
    *Voto dos vereadores para mesa diretora... superfaturada.
    *Etc...
    *Etc...

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.