Últimas

Terça-Feira, 15 de Maio de 2007, 00h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

França e Iraci anunciam desfiliação do PR

Comunicado foi feito à Executiva Regional nesta 2ª à noite; ex-prefeito alega falta de comando partidário de Sérgio Ricardo e também por causa da tendência de aliança com PT em Cuiabá e avisa ao governador Maggi que pode ficar à vontade quanto ao retorno de Malheiros à Assembléia para substituí-lo

   O ex-prefeito de Cuiabá e deputado estadual Roberto França surpreeendeu a todos em reunião da executiva regional do PR na noite desta segunda (14) ao anunciar sua desfiliação, em caráter irrevogável, do recém-criado Partido da Répública, junto com a esposa, a ex-vice-governadora Iraci França. Ambos vão permanecer sem partido por alguns meses.

   França se mostrou inconformado com Sérgio Ricardo que, enquanto presidente da comissão provisória de Cuiabá, não comparece às reuniões e ainda vinha declarando publicamente que nem estava filiado ao PR. Também justificou que não concordava com o encaminhamento de aliança com o PT rumo à sucessão em Cuiabá em 2008, pois o partido da senadora Serys Marly foi um dos que mais se oposuseram a sua administração. "Foi esse pessoal que mais tentaram desestabilizar a minha administração (1997/2004) dentro da política do quanto pior melhor e não tenho como conviver com esse pessoal", observou o ex-prefeito.

   O comunicado de França logo no início da reunião deixou o governador Blairo Maggi preocupado. França disse que tem a maior consideração pelo governador e que manterá a sua amizade com Maggi. Em seguida emendou: "O senhor, governador, pode ficar à vontade. Se achar que o Malheiros deve voltar para a Assembléia para reassumir a minha vaga não tem problema. O que não posso é aceitar essa situação". França disse que há um mês já vinha alertando Adjaime Ramos de Souza sobre a falta de rumo do PR em Cuiabá. 

     Além de Maggi, presidente regional e nacional do PR, estavam presentes, entre outros, Luiz Antônio Pagot, os deputados federais Wellington Fagundes e Homero Pereira, os estaduais Mauro Savi e João Malheiros, que ocupa a secretaria-chefe da Casa Civil, o ex-deputado Emanuel Pinheiro, o prefeito de Rosário Oeste, Zeno Gonçalves, e Adjaime. A reunião, na nova sede do PR, começou às 18h e se estendeu até 22h20.

   Assim que avisou de seu desligamento, França, visivelmente irritado, deixou a reunião. Emanuel Pinheiro e Fagundes tentaram, em vão, demovê-lo da idéia da desfiliação. Em meio ao clima tenso, a Executiva Estadual aprovou sugestão de Pinheiro e tirou de pauta a discussão sobre a composição da primeira comissão provisória do PR em Cuiabá. O assunto entrará na pauta na próxima reunião. Agora, serão escolhidos dois membros para substituir França e Iraci.

    Até lá, o Regional vai tentar enquadrar Sérgio Ricardo, que nem estava presente à reunião. Fagundes e Savi chegaram a telefonar para Sérgio na tentativa de saber se ele iria ou não se filiar no PR. Isso irritou França ainda mais.

   Por enquanto, Sérgio, presidente da Assembléia Legislativa, continua como dirigente do PR em Cuiabá. Até esta segunda, ele vinha escondendo sua filiação, tudo por temor de perder o mandato devido à interpretação do TSE, segundo a qual os mandatos pertencem aos partidos e não aos eleitos. Sérgio, a exemplo de outros cinco deputados estaduais, se elegeu pelo PPS, mas deixou a legenda e foi para o PR junto com o governador Maggi. 

    Além de Sérgio Ricardo, que deseja disputar a Prefeitura de Cuiabá de novo, compõem a comissão provisória o vereador Francisco Vuolo, Lincon Sardinha, Valter Miranda, Paulo Gasparato, Gelson Menegatti e o médico Alencar Farina.

    Provisórias

   A executiva regional aprovou nesta segunda à noite cerca de 30 comissões provisórias. Entre elas estão as de Colíder, Água Boa, Castanheira, Novo Horizonte do Norte, Poxoréo, Nova Xavantina, Campinápolis, Alto Araguaia e Pedra Preta.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • rogério | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao Deputado Roberto França. Há muito deveria ter tomado essa decisão. Até os cegos que são privados da visão enxergam que o que mais fizeram foi deixá-lo refém de uma política arcaica. Esse é o primeiro passo para que volte a ser aquele Roberto França combativo, livre e defensor dos m ais carentes.

  • Eliane Padilha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com essa "ATITUDE INDEPENDENTE" do Dep. Roberto França, é que cresce a cada dia mais, o respeito pela população cuiabana, e a faz pensar a besteira que foi feita no pleito passado, em não ter reconhecido o grande homem público que Mato Grosso tem, e principalmente o reconhecimento da competência de um grande Prefeito que Cuiabá já teve,ainda bem, que nós cuiabanos estamos acordados ou acordamos em tempo pra reconhecer esse valoroso homem público que é o Dep. ROBERTO FRANÇA, que teve a capacidade de mudar a cara da nossa querida Cuiabá.

  • Eliane Padilha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com essa "ATITUDE INDEPENDENTE" do Dep. Roberto França, é que cresce a cada dia mais, o respeito pela população cuiabana, e a faz pensar a besteira que foi feita no pleito passado, em não ter reconhecido o grande homem público que Mato Grosso tem, e principalmente o reconhecimento da competência de um grande Prefeito que Cuiabá já teve,ainda bem, que nós cuiabanos estamos acordados ou acordamos em tempo pra reconhecer esse valoroso homem público que é o Dep. ROBERTO FRANÇA, que teve a capacidade de mudar a cara da nossa querida Cuiabá.

  • PROF. ROBERTO NASCIMENTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    O DEPUTADO ESTADUAL ROBERTO FRANÇA ESTA CERTISSIMO E COERENTE COMO SEMPRE FOI NA SUA VIDA PUBLICA!!




    ESTAMOS COM O SENHOR COMPENHEIRO ROBERTO FRANÇA!!

  • Ronaldo Lucas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Infelizmente, atitudes radicas precisam ser tomadas para forçar maior reflexão. Quem conhece e vive a política Matogrossense, sabe que este novo grupo político que se formou recentemente não valoriza e nem reconhece a história de luta deste líder inconteste.
    Os insencíveis políticamente, só reconhecem e valorizam as virtudes depois da perda, o que é lamentável.
    Quem não dá valor à aliado...
    Parabéns amigo, tenho certeza que todos nós vamos nos orgulhar muito desta sua atitude e do seu novo posicionamento político.

  • sergio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    agora sim, Roberto França, estou orgulhoso de sempre ter votado em você. Essa atitude já deveria ter sido tomada há muito tempo. Épúblico e notório que você e seu grupo político nunca foi valorizado por àqueles que colocamos no poder a seu pedido.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu estou gostando de ver este pessoal que fez estes comentarios ai de cima deve ser athurma do HOLERITE, porque o mehor prefeito nuca atrazou salario nunca "inchou" a SANECAP COM PRESIDENTES BAIRROS NUNCA DEU CANO NAS EMPRESAS QUE COLETAVAM LIXO EM Cuiaba nunca pagou salario de servidor com CDC, suas contas nunca foram aprovadas com 19 irregularidades "INSSANVEIS" PELO TCE E TAMBEM PELA SUBMISSA CAMARA MUNICIPAL DE CUIABA e agora que o navio (PR) esta afundado esta na hora de pular. DESCULPE AMINHA FRANQUEZA, OBRIGADO.

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa atitude do Roberto França é a mesma de sempre. Ele sabe que vai ser cassado em Brasilia por isso esta tomando estaq atitude.

  • JOSÉ CARDOSO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ATÉ QUE ENFIM ROBERTO FRANÇA. DEVERIA TER SAIDO HÁ MUITO DESSE PARTIDO E DESSE GRUPO ELETISTA E PRECONCEITUOSO, QUE ACHAM QUE OS CUIABANOS E MATOGROSSENSES TEM QUE COMER EM SUA PANELA. COITADO DOS MORENOS E DOS POBRES. SAIA E USE SUA VOZ E SEU PROGRAMA PARA DETONAR AS MARACUTAIAS EXISTENTES NESSE GOVERNO.

  • Lobo da Estepe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este comentarios acima até parecem encomendados, pois não vejo relevãncia nenhuma em ficar de pula pula igual a garoto peralta, eu acho que o Roberto quer é voltar para o PPS, com mêdo de perder o mandato, pois viu que a gauchada não dá bôca prá cuiabano, só finge, é um tapinha nas costas, uma alizadinha no ego e depois um pé na bunda.

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS