Últimas

Quinta-Feira, 02 de Abril de 2009, 14h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

BASTIDORES

França quer sigla com maior chance de "levar" Paiaguás

   Ex-prefeito de Cuiabá por duas vezes (1997-2004), o deputado Roberto França (sem partido) articula nos bastidos sua filiação a um dos partidos com candidatos em potencial a assumir o governo do Estado. Temeroso após as eleição de 2006, quando conquistou apenas a segunda suplência do PPS/DEM (ex-PFL) na Assembleia, França não quer correr o risco de ficar novamente relegado ao seu programa televisivo. O ex-prefeito só assumiu a cadeira de deputado após pedido de licença médica dos candidatos eleitos pela coligação, Sebastião Rezende e Mauro Savi. Em 2010, ele quer ter o respaldo do candidato majoritário, com amplo "poder de barganha" por apoios e cargos. "Quero disputar a eleição pelo mesmo partido do candidato que terá meu apoio ao governo do Estado. Preciso saber quem serão os candidatos para, somente então, ingressar numa legenda", disse nesta quinta (2), ao RDNews.     

   Sem partido desde 2007, após atuar no PTB, PSDB e PPS, França tende a apoiar o ex-aliado Wilson Santos (PSDB). Em 2000, eles se enfrentaram na disputa à Prefeitura de Cuiabá. França levou a melhor e conquistou a reeleição. A esposa do deputado, ex-vice-governadora Iracy França (DEM), chegou a ser convidada pelo tucano para assumir secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, mas recusou o convite. Recentemente, França usou a tribuna da Assembleia para avaliar o cenário político no Estado. "Temos bons nomes, é verdade. O Riva vai ser o fiel da balança. O lado que ele apoiar fatalmente irá conquistar o governo", avaliou. Contudo, França enfatizou que o PSDB tem nomes "de peso", como Wilson Santos e Antero Paes de Barros. O ex-senador tucano, por sua vez, já manifestou interesse em disputar uma vaga na Assembleia e sinalizou que o candidato do partido à majoritária será mesmo o "galinho". "No PMDB tem o nome do Silval que pode assumir o governo se o Maggi for disputar um cargo no Senado", avaliou França. Já pelo PDT, segundo ele, o melhor candidato seria Otaviano Pivetta, que "surge como uma revelação política".

   O ex-prefeito de Cuiabá manteve parcimônia em relação aos republicanos, mas citou o candidato derrotado à Prefeitura de Cuiabá em 2004 e ex-presidente da AL, deputado Sérgio Ricardo. "O próprio PR tem colocado o nome do Sérgio". Pelo DEM, aliado em nível nacional do PSDB, França apontou o nome do ex-governador e atual senador Jayme Campos, mas ponderou que o "cacique" democrata não demonstra entusiasmo com a candidatura. "É um candidato muito forte, que tem grande densidade eleitoral na baixada cuiabana". Ele alertou, contudo, que uma mudança na legislação eleitoral ou uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral pode "colocar em xeque" os acordos políticos que vêm sendo "costurados". França é um dos mais antigos parlamentares em exercício. Eleito deputado pelo PMDB em 1982, após deixar o cargo de vereador por Cuiabá, França já foi inclusiva presidente da Assembleia. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • DONIZETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A JUSTIÇA ELEITORAL TENHE CAÇA O DEP. FRANÇA POIS ELE NAO TENHE PARTIDO, JA NAO FORAM CAÇADOS VARIOS VERIADORES E DEP. PORQUE NAO ELE, VAMOS LA JUSTIÇA FEDELIDADE PARTIDARIA JA

  • Leandro domingos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o proximo governador por exclusão será o jaime, veja porque wilson nao tem coragem de renunciar a prefeitura no di 1º de abril de 2010, silval nao tem voto, pagot ja correu, o blairo vai montar chapa com o jaime q vai enfrentar telma,professora janete e procurador mauro.

  • Maria Eduarda Venci | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sei não Robertão se você vai conseguir se eleger a Deputado Estadual, pois seus maiores líderes foi abandonados por você, e só ficou com aquela sua panelinha, que nunca conseguiram se eleger e sim aqueles líderes comunitários, amigos e famílias que você tinha todo carinho e respeito e a partir de uma certa hora nos abandonou...acho melhor colocar sua barba de molho.......

  • MANE PORRETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • igor | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E pretensão demais depois de falir a prefeitura como disse Wilson Santos encontrou a pref. com mais de U$ 200. de divida e func. a mais de 08 meses sem receber. o povo não esquece..Robertão o povo não esquece não...acho que vc não se elege nem pra vereador que dira gov.

  • maria auxiliadora | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e ai roberto frança vai ficar outra vez em cima do muro? não foi vc quem disse que o marqueteiro do walter rabelo devia ter deixado ele fazer o que queria em sua campanha?pois bem, o marqueteiro dele ainda bem que não deixou ele fazer o que queria, pq ele o walter rabelo só deceu o kct nos outros candidatos, todo mundo viu...e isso foi ruim, pra ver como vc roberto não sabe o que fala, vc quer criticar os outros mas da oportunidades de ser criticado.

  • lauro pedroso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e ai robertão, voce gosta de preservar o meio ambiente? não parece , pq os tablados poluem a beira do rio, e quem tem competencia pra legislar beira de rio é a marinha, vc não sabia? então vai ver a lei dos portos.

  • Domingo Sales | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Robertão,o povo esta achando que vc é mesmo um oportunista,sem qualificação pq só esta esperando quem é que irá ficar forte pra depois se aproximar mas fique tranquilo que o troco vem certo seja quem for vc irápro lado ok,isso se chama trairagem pra não dizer safadagem é que vc faz,igualzinho Jaynme Campos,quase 3 anos sem partido tbém podera esta justiça de mato grosso é mto C....,onde esta MP,dormino né?

  • tania vasconcelos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    dona jornalista, quero ver qto tempo essa materia do roberto frança vai ficar em exposição, ou vcs vão tirar rapidão?espero estar enganado, vcs tem rabo preso?

  • jose carlos de souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Framça,pendure a chuteira caso tente continuar na vida publica vai levar lapada/lapada/lapada

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.