Últimas

Quarta-Feira, 08 de Agosto de 2007, 10h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

LEGISLATIVO

França resgata discurso e agora defende reajuste

    Roberto França (sem partido) resolve resgatar o velho discurso de quando foi deputado estadual pela primeira vez. Subiu à tribuna nesta quarta (8) para defender reajuste salarial para os servidores da Assembléia. Segundo ele, os funcionários do Legislativo não recebem aumento há 10 anos. Enquanto isso, enfatiza o deputado, os demais Poderes e os órgãos vinculados, como Ministério Público e Tribunal de Contas, já concederam reajustes a seus servidores, inclusive com respaldo dos deputados.

     França tenta reassumir uma bandeira que já não tem mais a sua identificação. No primeiro mandato parlamentar, na década de 80, antes de ocupar as cadeiras de deputado federal e de prefeito da Capital, ele era tido como o legítimo representante do funcionalismo público. Com discursos empolgantes, brigava com o governo em defesa da categoria. Já no Palácio Alencastro, França começou a atrasar salário dos servidores. Levou a Capital a impôr o tal CDC, através do qual os servidores faziam empréstimo bancário no próprio nome para receberem salário, tendo a prefeitura como avalista. Por fim, deixou o mandato com três folhas salariais em atraso.

   Agora, gradativamente, o deputado que substitui o titular Gilmar Fabris (DEM), começa a reconstruir o discurso que lhe rendeu muitos votos no passado. França destacou que, num comparativo salarial dos servidores da AL percebeu que, de 1998 a 2002 quase não houve melhora e, de lá para cá o vencimento ficou congelado. "Queremos que se corrija injustiças". O deputado propõe a criação de uma comissão para levantar dados sobre os salários. Observa que muitos possuem curso superior e não estão sendo compensados por isso. "Vamos fazer justiça, assim como foi feito nos outros Poderes, inclusive no governo do Estado, que ganhou autonomia para fazer o reajuste sem passar pela Assembléia", conclui França. (Simone Alves - RDNews)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Donizete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO E UMA GRANDE LAPADA LAPADA LAPADA - BOMBA BOMBA BOMBA HA.HA.HA. CONVERSA PRO RESUMO DO DIA???????????????????

  • LUIZ ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Dep. pelo discurso. Deveria ter feito isso na Prefeitura de Cuiaba qdo foi Prefeito.

  • Alessandra Gomes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao Deputado Roberto França, pelo menos em seu discurso lembrou que sem os assessores da Casa de Leis, os trabalhos dos Parlamentares nao seriam viabilizados com qualidade. Diante da prestacao de serviço feita pela AL-MT no primeiro semestre de 2007, pode-se constatar que realmente os servidores da Casa têm trabalhado e com qualidade. Penso que o SIndicato da Assembleia deveria desempenhar realmente o seu papel, tenho parentes que trabalham na AL e estes reclamam da inercia e da falta de transparencia desse Sindicato.
    Em vez de gastar dinheiro do FAP, vamos remunerar os servidores da Casa que estão há mais de 10 anos sem aumento! Uma vergonha para a atual Mesa Diretora não considerar essa questao!!!! Parabéns Dep. Roberto França. Agradeço ao Dep. Gilmar Fabris, que pela licença, permitiu ao França que suba a tribuna em defesa dos servidores da AL!

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    alegomes não acredite naquilo que vc vê vamos esperar pra ver no discurso deste deputado ele esta com medo de cair no ostracismo e agora esta levantando aquela bandeira antiga lembra? PROMETER E NÃO CUMPRIR É PIOR DO QUE MENTIR,SALARIO ATRASADO TEM QUE PAGAR COM JUROS,PROIBIR CORTE DE LUZ E AGUA DE FUNCINARIO QUE ESTIVER COM SALARIO ATRASADO ESSA É MASI UMA DEMAGOGIA DO ROBERTÃO ENTÃO FICAMOS ASSIM NÃO ACREDITE NAQUILO SE APRESENTA PODE SER FALSO (não sei se vai ser vetado)

  • Luiz Otavio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom! Como esta escrito na Biblia " Maldito do homem que confia no homem".

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Cezar Batista Pedroso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr Deputado: Vai plantar tanta mentira no deserto de Saara, pois quando era Prefeito vc não fez nada pelo funcionalismo Municipal e agora vem com demagogia de aumento para servidores da AL...cuidado com demagogia, pois você só tomou posse devido as manobras do Blairo...estamos de olho,.

  • janio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Imagine a cara de pau do Roberto França...Nós não nos esquecemos do senhor na Prefeitura e a lavada que o atual deu no senhor,quando resolveu assim que entrou os salarios que permaneceram atrasados por oito anos.Com relação aos salárioas dos servidores da casa ,é melhor Gilmar Fabris voltar para o cargo logo,porque ele ,quando foi presidente,deu aumento para os servidores,aliás depois dele,se alternaram o Humberto e o Riva e nunca mais tivemos salários com reajuste.Sindicato,é a pior diretoria até hoje e a presidente é comadre da Dona Janete....

  • Agnaldo Horácio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Roberto França, o ÚNICO Prefeitão das mais de 1.000 obras, vc conheceu outro?. Romilson lí todos os comentários e acho que alguem esta cuspindo no prato que comeu. Não dá prá fazer tudo, agora uma pergunta, será que tá atirando pedras pagava seu IPTU em dias? então não faça cobranças e não exija seus direitos sem primeiro cumprir com as obrigações. Robertão vc fez muito, vai demorar anos prá alguem chegar aos seus pés. Agora quem tá falando mal, "tá é co ovo", vai ver que caiu de algum ninho por aí!.

PEC da Previdência na pauta nesta 5ª

dilmar dal bosco 400 curtinha   A polêmica e controversa PEC da Previdência, apresentada pelo governador Mauro, deve ser apreciada nesta quinta, em primeira votação, pelos deputados. O Executivo conseguiu os votos mínimos necessários para conseguir aprovação. Deputados da oposição...

Caminho bem consolidado à reeleição

leonardo 400 curtinha   Dos prefeitos que podem ir à reeleição de cidades pólos, o que encontra situação mais confortável é Leonardo Bortolini, o Léo (foto), de Primavera do Leste. Bem articulado e habilidoso politicamente e com uma relação extensa de obras e...

PSDB e balão de ensaio para prefeito

paulo borges 400 curtinha   Bastante enfraquecido e fragilizado, após perda do comando do Executivo estadual e de quadro de filiados, o PSDB anuncia que terá candidato a prefeito de Cuiabá. E até lista três "prefeitáveis", sendo eles os empresários Luiz Carlos Nigro e Dorileo Leal, além do...

Grupo de Fabinho ávido pelo poder

fabio tardin 400 vereador   Uma ala do DEM de Várzea Grande, que se sente excluída do Paço Couto Magalhães, está torcendo pela cassação da prefeita Lucimar e do vice Hazama. O placar do julgamento no TSE está em 2 a 1 pela manutenção do mandato. Esse bloco anti-Lucimar é...

Vereadores oficializam 2 férias por ano

emerson 400 alta floresta curtinha   Os vereadores de Alta Floresta, no Nortão, aproveitaram este período de pandemia, com as atividades presenciais suspensas, para garantir dois períodos de "férias" por ano. Em decisão desta segunda, a Câmara Municipal, presidida por Emerson Sais Machado (foto), alterou o...

Comissão da Câmara sob efeito-Covid

renivaldo 400 curtinha   Em meio às discussões sobre transparência e compras emergenciais de medicamento, insumos e equipamentos às unidades de saúde, na luta contra a pandemia da Covid-19, a Câmara de Cuiabá criou uma Comissão Especial, composta por três vereadores. Tem a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.