Últimas

Quarta-Feira, 10 de Setembro de 2008, 08h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

LEGISLATIVO

França se irrita com veto da CCJ e rasga projeto

 O deputado Roberto França (sem partido) "roubou" a cena na sessão noturna desta terça, sob risco de responder até por quebra de decoro parlamentar. Irritado com o parecer da Comissão de Constituição e Justiça, contrário a um de seus projetos, ele subiu a tribuna e fez um discurso duro contra os assessores jurídicos. No final, num recado a Francisco (Chico) Monteiro, um dos integrantes do quadro jurídico, França rasgou o seu projeto e jogou os papéis para cima.

  O discurso explosivo de França levou a Mesa Diretora a encerrar a sessão de imediato. A equipe da TV Assembléia, sob Wanderlei de Oliveira, preocupada com a cena, mandou até apagar as imagens em que França aparecia "dando show". O parlamentar ficou irritado porque entendia que o seu projeto voltado à área da educação deveria receber parecer favorável da CCJ, que avalia a constitucionalidade das propostas. "A Assembléia existe para atender aos deputados", esbravejou França, rasgando o seu projeto em pedaços e jogando-os sobre a Mesa Diretora.

   Os seus colegas parlamentares não se manifestaram até agora sobre a possibilidade de acionar França por quebra de decoro. Ele não é o primeiro a perder o controle emocional durante discurso. O deputado licenciado Zé do Pátio (PMDB), numa discussão acalorada com o petista Alexandre Cesar e sob gritos, chegou a jogar seu projeto para o alto, vindo a encostar num copo e derramar água sobre a Mesa Diretora.

   França é ex-deputado federal e foi prefeito de Cuiabá por dois mandatos consecutivos (1997/2004). Também foi estadual. Nas eleições de 2006, não conseguiu se eleger pelo PPS. Os 19.521 votos obtidos deixaram-no na segunda suplência da aliança PPS/PFL, que elegeu 10 deputados. Com quatro licenças consecutivas do titular Gilmar Fabris (DEM), França se mantém deputado há praticamente dois anos.

(Às 9h45) - Argumentos são fajutos, alega deputado

  O projeto de França rejeitado pela CCJ defendia a implantação de oficiais nas escolas da rede pública estadual em período integral. França argumentou que trata-se de uma proposta que já vem sendo implantada pelo governo federal. Ele contrapôs também o argumento de que é inconstitucional devido à invasão de competência e que iria gerar despesas. "Não se trata de gerar desespesas porque o projeto estabelece parcerias. Existe predisposição da Comissão (CCJ) em prejudicar nossos projetos", disparou o deputado.

  Irritado, França, num recado a Chico Monteiro, disse que vai desmascarar assessores que usam dois pesos e duas medidas e que privilegiam deputados que puxam o saco com pareceres favoráveis a  projetos. "Não posso aceitar que meia-dúzia que se intitula dono dessa Casa. É por isso que vem uma enxurrada de projetos vetados pelo governo, desmoralizando a Assembléia". Em outro momento do discurso, França disse que não vai alisar ninguém e chegou a dizer, sem citar nomes, que "alguns assessores jurídicos entraram em cargos na AL pela janela e pela porta do fundo". "A CCJ deveria ter vergonha de ver essa enxurrada de vetos, com esses advogados desqualificados. Não devo e não como no cocho de nenhum deles. Isso é sacanagem. Ou a CCJ atua com imparcialidade e no cumprimento da lei ou vamos trocar todo mundo" ameaçou França.

  Ao final do pronunciamento, ele se dirigiu ao assessor jurídico Chico Monteiro, rasgou o seu projeto e jogou pedaços de papéis para o alto.

Clique no play e veja a bronca de frança

Postar um novo comentário

Comentários (48)

  • mateus | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esseé o representante do povo cuiabano colocado naquele cargo por força da inoperância das nossas leis que eles fazem . Enquanto, os seus dezenove e poucos mil votos lhe dão a oportunidade de assumir em lugar de um licenciado que nem deveria ter assumido pois de igual forma o que faz é chacota com o dinheiro público, se juntar os dois gilmar e frança, temos dois desiquilibrados emocionalmente e que querem apenas aparecer, corte os salários que nós pagamos ao Gilmar e veja se ele não sara rápido e mande frança para tratamento não só médico mas principalmente espiritual a sociedade não admite mais esse conchavo e jogo de cena. Parabéns chico monteiro ensina o frança e os demais como se trabalha vai firme ele frança comeu e come no prato que o Sr. oferece e agora faz essa graça e ameaça-o. Onde estão os nobres pares que não o caçam por falta de decoro e desrespeito ao cidadão no exercíciop de sua função que por si se justifica pelos anos em que trabalha na Assembléia.Precisamos de políticos sim mas, políticos justo e que legislam para o povo não para si próprio ah e ia me esquecendo, a calcinha já tem, compre agora mamadeira e dê para o bebê chorão. Acorda frança sua era de xerife já passou pode sim alguns pares comerem em sua mão mas na assembléia tem gente boa. Que papelão em Wanderley, que imparcialidade porque voce que é tão competente preferiu segundo informações cortar ou melhor apagar o show cômico de frança o povo Wanderley precisa conhecer o seu representante é na essência ok. Mas, tudo bem sei o que representa no contexto da assembléia e de sua competência é nítido que foi ele que pediu ou melhor mandou. Estamos de olho!!!!

  • RICARDO ANDRADE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse cara é deputado ?

  • mauricio teles | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sr aposentado da al roberto frança....parabens pelo seu discurso, quero ver os outros deputados brigarem por um hospital central, por mais segurança publica...estamos precisando de policiais nos principais pontos de cuiaba, o efetivo é pouco, e mto mais pouco pois tem uma grande maioria de policiais de licença por problemas de saude, onde esta os caciques da segurança publica...a distancia entre eles e o governador é mto grande, o sr. governador não serve pra ser comndante de policia...ai é que esta o problema...

  • João José de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    O grande circo chamado ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA demonstra uma vez mais a total falta de respeito ao dinheiro público e ao povo de Mato Grosso, e agora senhores parlamentares que tanto prezam e defendem o decoro e e o respeito ás leis, o que farão com o deputado ignorante?

  • Félix | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo integralmente com os comentários anteriores, e aproveitando a oportunindade faço os meus. O Poder Legislativo serve ao povo sofrido do Estado de Mato-Grosso, e não aos Deputados exclusivamente. Ainda mais que o Senhor Roberto França é Deputado suplente, que somente está nesta cadeira devido a acertos e conchavos políticos. Sua atitude mostra um despreparo, um destempero, uma falta de sintonia completa com os novos tempos que Mato-Grosso esta vivendo. E eu como povo que sou fico indignado com este Deputado suplente manter em seu Gabinete empregado seus parentes (esposa e filho) em total desrespeito contra a súmula contra o nepotismo. Este caso sim, é digno de revolta....

  • Jose Luiz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Todas as manhas acesso este meio de comunicação, e so hj tomei conhecimento do ocorrido, o que vi foi a indignacao de um deputado com grande experiencia politica, revoltado e com coragem de dizer o que pensa, na presenca de todos, admirei esta atitude, analiso e chego a seguinte conclusao: para o deputado subir na tribuna e dizer tudo isso, alguma coisa errada tem, e isso deveria ser apurado.
    Li todos os comentarios, uns com indgnacao, outros de apoio, mas o que me chamou atenção foram os comentarios seguidos, com nomes ficticios, usando o mesmo tipo de escrita, e girias.Com isso mostrou-se claramente ter vindo do ou dos acessores juridicos da AL, os comentarios fugiram do centro da discusao, relavaram para o lado partidario, pela suplencia de deputado e assim por diante.

    Como cidadao, gostaria que a assembleia apresenta-se em uma sessao o seu corpo juridico, para que a mesma possa fazer sua defesa e para debate cara a cara com o deputado, pois volto a dizer , um politico sobe a tribuna, fala na frente de todos, ao vivo na tv. Tem que ter esclarecimento.

  • Plinio Arruda de Cantigalli | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    lamentavél !! o onde está o respeito com a casa e com seus pares. isso é que dá colocar em plenario quem o povo não colocou. Politícos como o sr. Roberto França já deveriam estar aposentados, e não desonrando a casa que os recebe.
    Assembléia Legislativa não é prefeitura onde o senhor reinou ( e com poucos resultados ).
    respeite a casa e seus companheiros !!
    Piti nessa idade pode ser fatal .

  • paulo roberto de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Está nervosa a Santa nervosinho hem.......vai pescar....

  • Ednei Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE CENA RIDICULA PARA UM HOMEM PÚBLICO. TENHA COMPOSTURA..

  • Clóvis S. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CARO DEPUTADO FRANÇA, O SR ESTÁ SENDO USADO PELO PRESIDENTE SÉRGIO RICARDO. ISSO TUDO FOI ARQUITETADO POR ELE, QUE QUER DESGASTAR O PODER PARA SAIR FORA E IR PARA O TRIBUNAL DE CONTAS. SEMPRE VOTEI NO SENHOR, TENHO PRIMO QUE TRABALHA NA ASSEMBLÉIA E ME DISSE ISSO. CUIDADO COM O DEP. SÉRGIO. UM ABRAÇO E SIGA EM FRENTE.

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...