Últimas

Quinta-Feira, 12 de Abril de 2007, 19h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Freitas deve ser adjunto de Cultura do Estado

Ex-deputado "enrolado" com caso Feicovag é indicado para lugar de Toco Palma

    Desempregado e "enrolado" com a Justiça, o ex-deputado estadual José Carlos de Freitas pediu socorro aos seus aliados do Democrata (ex-PFL). Sensibilizados, os senadores Jaime Campos e Jonas Pinheiro se juntaram a outros membros da cúpula do DEM e saíram à procura de um cargo público para atender ao pleito do ex-parlamentar.

  Sem importar com o perfil do nome a ser indicado, foram parar na secretaria-adjunta de Cultura do Estado. Fizeram o pedido ao governador Blairo Maggi. Disposto a atendê-los para continuar com o DEM na base aliada, Maggi disse "sim". O governador já decidiu pela exoneração do adjunto de Cultura, Toco Palma. Vai nomeá-lo, até o final do mês, no cargo de secretário-executivo da Universidade do Estado (Unemat), dentro da nova estrutura organizacional da instituição.

   Freitas está prestes a integrar o segundo escalão da máquina estadual como adjunto de Cultura, conduzida pelo escritor e publicitário João Carlos Vicente Ferreira. A notícia vem causando mal-estar junto ao movimento cultural. Seus líderes se opõem à indicação de Freitas por considerá-lo um alienígena no processo. Destacam que a história do ex-parlamentar não tem qualquer vínculo com o setor.

    Drama

    José Carlos de Freitas ainda vive o drama da tragédia da Feicovag. Promotor de eventos, ele responde à ação penal como um dos responsáveis pelo desabamento da arquibancada durante a feira, em 2005. A tragédia deixou 468 feridos. Não houve morte, mas ficaram sequelas. Levantamento técnico mostra que as arquibancadas foram montadas para o rodeio à revelia.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Ricardo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SE ELE NUNCA TEVE ESPERIENCIA NO SETOR DE CULTURA, NÃO SEI MAS COMO DEIXAR FORA DE UM CARGO UM PARLAMENTAR QUE TEVE NAS ULTIMAS ELEIÇÕES QUASE 18.000 VOTOS AJUDANDO SEU PARTIDO E O GOVERNADOR A SE ELEGEREM.
    SE A QUESTÃO É BAGAGEM, ENTÃO A SECRETARIA DE SEGURANÇA TERIA QUE MUDAR, A CASA CICIL ETC....

  • Ricardo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EU ACHO QUE TRAGÉDIA,COMO FOI O CASO DA FEICOVAG, TEM QUE SER ESQUECIDA, COMO QUALQUER OUTRA TRAGÉDIA, NINGUEM IRIA MONTAR UMA ARQUIBANCADA PARA CAIR! MUITO MENOS O EX-DEPUTADO QUE JÁ VINHA FAZENDO A FEICOVAG DESDE 1998.
    A IMPRENSA DEVIA DAR DESCASO A ISSO, POIS TODA VEZ RELEMBRA O CASO.
    PORQUE A IMPRENSA NÃO RELEMBRA DO HOMICIDIO DOLOSO DO DEPUTAO CAMPOS NETO, OU DA TRAGEDIA QUE ACONTECEU COM O AVIÃO DO DEPUTADO SAGUAS MORAES QUE CAIU E MATOU 5 TRIPULANTES, OU ATÉ MESMO DO ENVOLVIMENTO DO DEPUTADO RIVA COM LAVAGEM DE DINHEIRO, TROCANDO CHEQUES DA ASSEMBLÉIA NAS FACTORIN DO ARCANJO RIBEIRO, QUE DEPOIS QUE VEIO A TONA, TRATOU RAPIDINHO DE PAGAR O QUE DEVIA, TODO MES O MESMO MANDAVA FUNCIONARIO DO ARCANJO PEGAR UMA MALA COM 100.000,00 CEM MIL REAIS DURANTE UM ANO.VOLTANDO AO CASO FEICOVAG, PORQUE A IMPRENSA, PRINCIPALMENTE NA PESSOA DO DEPUTADO WALTER RABELO QUE SÃO UNS DOS QUE CRITICAM MAIS, O EX DEPUTADO ZÉ CARLOS, PERGUNTE A ELE PORQUE ENTÃO 2 MESES ANTES DA TRAGÉDIA DA FEICOVAG ELE EMPRESTOU DO EX DEPUTADO A ARQUIBANCADA PARA FAZER UM EVENTO ORGANIZADO POR ELE, JÁ QUE A ARQUIBANCADA ERA VELHA, OU DE PESSIMA QUALIDADE. MANDE O ROMILSON LIGAR PRA MIM TENHO MAIS BOMBAS DA ASSEMBLEIA

  • VILSON PEDRO NERY | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meus caros, vindo do Maggi, nada surpreende. De um lado o uso político da Unemat, situação que já vem de longa data, uma farra com o dinheiro destinado à educação ... e de outro uma "banana" para as entidades culturais, que terão que suportar o Zé Arquibancada como adjunto. Tava na cara ... digo, na palma da mão que o governador não quebraria nenhum paradigma. Mas tudo isso è fichina perto da grande obra: "resusscitar os irmãos Campos para a política". Será que ele se arrependeu disso?

  • dionisio siqueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este Estado infelismente está virando uma verdadeira curva de rio, onde vamos parar?

  • marina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    nada a comentar infelizmente vamos ter que engolir fazer o que.

  • fernanda salles | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    isso é uma vergonha,aonde está a dignidade.o que ele causou com aquelas pessoas na fecovag vai ficar por isso mesmo.por isso que esse pais não vai pra frete.muito me ademiro que o nosso governador sabendo de tudo isso,vai aceitar esse corrupto no governo dele.tinha tanta esperança no blairo a agora eu vi são todos iguais.(então me prove o contrari governador).

  • José da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É um absurdo este senhor que se escondeu atraz de seu mandato para não se responsabilizar no caso das pobres familias sequeladas por essa tragédia que foi o desabamento da arquibancada, tragedia que não chamaria de acidente tendo em vista que todos sabem que este senhor enquanto deputado atropelou todas as normas de segurança acreditando estar acima da lei.
    Penso ser ele um péssimo exemplo, principalmente para assumir a pasta de adjunto da cultura, além de não entender nada desta pasta ainda como a própria reportagem cita esta apenas procurando um "emprego" público para se abrigar. A cultura matogrossense não merece isso... Senhor governador teremos de mais uma vez engolir uma irresponsabilidade desta com a pasta que tanto tem servido para ajudar na aprovaçào de sua governo?
    Ponha a mão na conciência!
    De um emprego para este senhor na sua fazenda, e coloque alguém que tenha intimidade com o fazer cultural como adjunto da cultura!
    Respeite o setor que só da midia positiva para seu governo gastando pouquissimo recurso.
    A comunidade cultural não ficara calada ante um absurdo deste.
    Muito obrigado e cuidado pra ele nào derrubar o governo do palanque.
    Obs: Não é só a imprensa que lembra da arquibancada, as dezenas de familias das vitimas da irresponsabilidade deste senhor lembram diariamente desta arquibancada.

  • Jorge Costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O episódio da FEICOVAG, que além da queda da arquibancada, foi feito nas coxas, extremamente desorganizado e que mais parecia festival do pastel de carne e coxinha (com muita venda de bebida alcoólica, é claro), a irresponsabilidade e desprezo para com a população Várzea-grandense, que ainda deu votos para esta pústula e a atuação pífia como Deputado Estadual, servindo de mero serviçal do hoje Senador "empoçado e saldoso" Jotaverissimussaurus são as únicas referências do Deputado Estadual José "jirau" de Feitas. Cultura merece atenção devida e gente com CREDIBILIDADE para atuar na pasta. O semovente em questão não consegue nem distinguir "centavos novos" de "sentar nos ovos". Pobre Mato Grosso.

  • Larissa Albuquerque | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deputados atrás de empregos e mandatos, isto não é novidade e sim, preocupaçâo.Claro que tem suas exceçôes: basta buscar ações,projetos, atitudes e resultados.

    A Cultura tem avançado rapidamente, graças as ações da classe,com empenho de poucos, mas interessados, do poder público.É nova no pedaço e não faltarão espertinhos de plantão.

    Não conheço bem este Senhor,mas conheço bem a luta da classe cultural e as dificuldades com o poder público.

    O problema do brasileiro e pior ainda, regional, é que
    " memória", não existe, agora exitem espaços como estes , para nos informar!Beleza. Vamos ficar antenados.







  • Lucio Gomeraldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que futuro nos espera? Cultura...Educação....Saúde....Meio Ambiente...queremos avançar!
    "Eventos" são muito importantes! Sem popularismo desmedidados ou "estrelismos" de palanque.
    O circo acabou, o palhaço morreu.Infelismente sobraram os Leões!


3 ex-prefeitos se juntam em Poconé

meire pocone 400 curtinha   Em Poconé, o prefeito Tatá Amaral, filiado ao DEM do governador Mauro e apoiado pelo ex-federal Fábio Garcia, está disposto a buscar a reeleição, mesmo com uma gestão pífia, isolado politicamente e com alto índice de rejeição. Enquanto isso, as...

Máquinas para reciclar garrafas pets

maquina 400 curtinha   Sob iniciativa da secretaria de Inovação e Comunicação da Capital, dentro dos projetos que buscam a sustentabilidade, a prefeitura vai colocar máquinas de reciclagem de garrafas pets em 15 pontos da cidade e com possibilidade de ampliar os locais de recolhimento. Em troca, o cidadão...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

Salvando 1º ano de mandato no cargo

selma arruda 400 curtinha   Embora "sangrando" e com a imagem arranhada, a juíza aposentada e senadora cassada pelo TRE-MT Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, consegue concluir este primeiro de oito anos de mandato. E vai se licenciar nos próximos dias para ceder espaço aquele que financiou a sua campanha,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.