Últimas

Segunda-Feira, 25 de Agosto de 2008, 19h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CONFRONTO

Funcionário de Mendes concorre por outro grupo

 O pedetista Marco Aurélio, que concorre a vereador por Cuiabá, considera o candidato a prefeito Mauro Mendes (PR)  o seu patrão, mas, na campanha eleitoral, está em outro palanque, em apoio à reeleição do prefeito Wilson Santos (PSDB). Em visita ao RDNews nesta segunda (25), Aurélio afirmou que consegue conciliar a situação, sem entrar em conflito com nenhum dos grupos majoritários. Na Federação das Indústrias do Estado (Fiemt), que tem Mendes como presidente licenciado, Marco Aurélio trabalha como assessor sindical. É o responsável pela intermediação dos sindicatos na relação de trabalho entre empregador e empregado.

  Ele "jura" que conta com apoio dos 2 segmentos. Confessa, por outro lado, que vive entre "a  cruz e a espada". De uma lado tem boa relação profissional com Mendes e, de outro, se vê obrigado a seguir a orientação partidária, de apoio ao tucanato. Em seu "santinho", Aurélio mostra sua fotografia e também do prefeito e candidato à reeleição. Disse que foi incentivado por Mendes a se manter na disputa. "Resolvi seguir as normas do PDT e apoiar Wilson para prefeito. Essa decisão não inteferiu na minha amizade com o Mauro Mendes. Somos rivais políticos, somente isso".

   Aurélio disse que foi até cobrado por Wilson, sobre supostas fofocas de que estaria fazendo campanha pró-Mendes. "Expliquei ao prefeito de que seria normal ter fotos minhas pessoais com o Mauro e ainda adesivos em carros de várias pessoas que apoiam eu e o republicano. Acho que ele entendeu". Para o candidato do PDT, a sua decisão não refletiu no lado profissional e, na questão política, deixa clara que é partidário. Garante ter apoio de 18 sindicatos.

  Uma de suas propostas tem apoio do "adversário" majoritário Mauro Mendes. Trata-se da idéia de conceder incentivo para estudo aos trabalhadores dentro das empresas. Há, no entanto, divergências quanto à carga horária. O pedetista defende redução de 44 para 40 horas semanais a fim de atrair a classe trabalhadora, o que contraria o empresariado. (Vívian Lessa)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Ana Batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conheço esse moço ele é filho do Marco Sholla, de familia tradicional de Cuiabá. Que bom que esta concorrendo a uma vaga na Câmara Municipal. Espero que o marquito consiga se eleger. Boa sorte ao candidato..

  • Carlos Eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Markito é sobrinho da professora Edna Aff, que foi homenageada pelo prefeito Wilson Santos, que batizou a Avenida das Tores com seu nome. A familia inteira deve estar trabalhando para eleger esse rapaz.

  • Marco Antônio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse camarada é um tremendo de um chato. Não tem a menor noção do ridículo e acha que consegue se eleger. O pessoal que mora visinho dele não vai votar nele porque acham o cara um tremendo metido e agora vem pedir voto. Olha, tem gente que não se encherga mesmo!!!

  • leila affi | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    marquito,meu neto querido vá em frente que a sua

    avó esta como sempre do seu lado pois acredita na sua determinação , sua convicção ,na sua fé e no seu idealismo.leila affi.

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...