Últimas

Segunda-Feira, 27 de Agosto de 2007, 21h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

EXECUTIVO

Furlan contraria governo e eleva salário de Helny

  Contrariando orientação do governador Blairo Maggi e o programa de reforma administrativa conduzida por Geraldo de Vitto (Administração), o secretário de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Alexandre Furlan, presidente do Conselho Administrativo e com autonomia sobre algumas empresas e autarquias, aumentou o salário do presidente da MTGás, Helny de Paula. Agora, o vereador licenciado sai de um subísdio de R$ 6 mil para R$ 8 mil. Enquanto isso, dirigentes de empresas como MT Saúde, Imeq/Imetro, Sanemat, MT Fomento, Detran e Metamat, continuam com o salário de R$ 6 mil. Trata-se do mesmo vencimento de secretário-adjunto.

    Antes, presidentes e diretores de autarquias tinham salário de secretário (R$ 11 mil). Com a reforma sistêmica, o valor caiu para R$ 6 mil. Furlan resolveu contemplar o bolso de Helny porque este ameaçava deixar o cargo. Foi uma maneira de "segurá-lo" no governo. Agora, começa a enfrentar divergências. Terá de se explicar para o próprio governador.

    Divergências

    A administração Maggi tem sido marcada por desorganização e discrepâncias quanto à questão salarial. O contador-geral da secretaria estadual de Fazenda, Luis Marco, ganha, por exemplo, cerca de R$ 3 mil mensais. Antes da implantação da tal reforma sistêmica, seu vencimento era próximo de R$ 6 mil. Luiz Marco é um dos responsáveis pelo caixa do governo. Controla quase R$ 7 bilhões por ano.

    Enquanto o contador-geral da Sefaz recebe R$ 3 mil, existem quatro cargos comissionados criados na Educação pelo ex-secretário Luiz Pagot com salário de R$ 7,5 mil cada. São essas prioridades salariais para uns que vêm desmotivando muitos técnicos e executivos da administração estadual.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    No local onde o cargo é de indicação política o salário e alto. A onde o cargo é ocupado por um Técnico da mais alta responsabilidade o salário é pequeno.
    Isso é em todo orgão Publico.

  • JTA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu tenho plena conficção que o nosso país o nosso Estado só vai melhorar a partir do momento em que as Empresas Públicas, Secretarias e outros Órgãos deixarem de ser Administrado por Político. Tem que ser igual na Empresa Privada, para se chegar a ocupar um cargo de Secretario, Diretor, e ou presidente de uma empresa tem que ser Funcionário Efetivo do próprio orgão com capacidade e experiencia.

  • TAIG | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSA DISCREPANCIA AINDA VAI MAIS LONGE:
    ENQUANTO UM GESTOR GOVERNAMENTAL GANHA POR VOLTA DOS R$ 5.000, UM TÉCNICO DA AREA INSTRUMENTAL DE GOVERNO-TAIG, QUE TRABALHA IGUALMENTE AO SR. LUIS MARCOS, NA CONTABILIDADE GERAL DO ESTADO, RESPONDENDO POR PROCESSOS DE FECHAMENTO CONTÁBIL DE TODO O ESTADO, GANHA POR VOLTA DE R$ 2.000,00. NÃO DESMERECENDO OS GESTORES, MAS SUAS ATIVIDADES NÃO DIFEREM EM QUASE NADA DE UM TAIG.
    OU AINDA, POR QUE O SALÁRIO DOS TÉCNICOS - SEJAM INSTRUMENTAL, SEJA DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E SOCIAL, SEJA AMBIENTAL, ETC, QUE EXERCEM MESMAS FUNÇÕES - PORÉM EM ÓRGÃOS DIFERENTES, SÃO DISCREPANTES, CHEGANDO A SER O DOBRO, AS VEZES.
    FELIZES DAQUELES SERVIDORES QUE TIVERAM O DR. MARCOS MACHADO COMO SECRETÁRIO, NESSE PONTO TEM-SE QUE TIRAR O CHAPÉU PRÁ ELE, PORQUE ESSA SITUAÇÃO FOI RESOLVIDA.
    NÃO TÁ NA HORA DO SENHOR GOVERNADOR FAZER UM ESTUDO, COM GENTE COMPETENTE, E PROMOVER UM ALINHAMENTO DOS SALÁRIOS. É TÃO PEQUENO O IMPACTO NO ORÇAMENTO DO ESTADO, E SERÁ TÃO GRANDE O RESULTADO DESSA AÇÃO.
    O ESTADO PROMOVEU CONCURSO PÚBLICO PARA TÉCNICOS E A DESISTENCIA FOI GRANDE, NÃO SERA SINTOMA DO MAU SALÁRIO?
    POR QUE UM SOLDADO PM (QUE GANHA POUCO) GANHA TANTO QUANTO UM TAIG-NIVEL SUPERIOR EM INICIO DE CARREIRA? A INICIATIVA PRIVADA ESTÁ REMUNEANDO MELHOR, ACORDA...
    SENHOR GOVERNADOR, TRATE OS SEUS SERVIDORES COMO PESSOAS QUE TEM UMA PERSPECTIVA DE PARTICIPAR DA MELHORIA DE VIDA E PARTICIPAR DA DISTRIBUIÇÃO DO BOLO DA RIQUEZA DESTE ESTADO, NÃO SOMOS PEÕES, NÃO ESTAMOS NO ESTADO PARA SERMOS TRATADOS NA SOLA DA BOTA. OS VALORES DA AMAGGI NÃO SÃO OS MESMOS DO ESTADO, A INICIATIVA PRIVADA VISA LUCRO, O ESTADO DEVE VISAR PAZ SOCIAL, BEM ESTAR PRÁ POPULAÇÃO. NÃO ADIANTA SERMOS CAMPEÕES DE PRODUÇÃO SE O SOCIAL E A GESTÃO DA MÁQUINA ESTÁ ESQUECIDO.
    QUANDO O SERVIDOR É REMUMERADO COM JUSTIÇA, OS SERVIÇOS PÚBLICOS SÃO PRESTADOS COM SATISFAÇÃO.
    CONFIAMOS NO SENHOR POR DUAS VEZES, ACREDITAMOS NO SEU BOM SENSO.

Covid mata 20º pastor da Assembleia

aparecido domingues pastor cidao 400   Morreu neste sábado mais um pastor da Assembleia de Deus em consequência da Covid-19. Aparecido Francisco Domingues, o Cidão (foto), que era vice-presidente em Paranaíta, é o 20º pastor da Igreja em Mato Grosso a vir a óbito, após ser infectado pelo novo...

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...