Últimas

Quinta-Feira, 11 de Janeiro de 2007, 08h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Gabriel e as lembranças

   O jornalista Onofre Ribeiro, em artigo no Diário de Cuiabá desta quinta (11), lamenta a morte de Gabriel Matos. Confira reprodução abaixo.

    No último ano e nesse vi partirem alguns amigos conquistados no primeiro momento em que cheguei a Mato Grosso há 30 anos. Ontem foi Gabriel Francisco de Matos Neto. Na época ele estava ligado à construção da rodovia Transpantaneira, um projeto do governo José Fragelli (1971-1975). A rodovia pretendia sair de Poconé, atravessar o Pantanal até as barrancas do rio Cuiabá no Porto Jofre, e dali chegar a Corumbá. Foi o primeiro contato formal e oficial com o Pantanal, até então completamente desconhecido do setor público.

    Gabriel Muller, chamado na época de “Gigante do Pantanal”, pela poderosa revista “Realidade”, conduzia o projeto. Segundo ele, a rodovia Transpantaneira era uma forma de repetir no Pantanal o espírito das grandes rodovias integradoras que se construíam no Brasil naquele momento.

    Gabriel de Matos era o superintendente do projeto. Engenheiro agrônomo formado em Lavras, Minas, em 1956, fazia parte de uma geração de jovens técnicos mato-grossenses que estudaram fora e trouxeram para Mato Grosso o espírito nacionalista que marcava as universidades brasileiras. Com ele, Bento Porto, Osvaldo Fortes, Enzo Ricci, Ninomya Miguel, entre tantos. Era uma gente jovem que pensava um Mato Grosso possível e grande no futuro. Só mesmo o nacionalismo forte justificaria aquela crença, porque o imenso estado (não dividido), de 1 milhão e 200 mil km2, estava num estágio muito atrasado em relação ao Brasil e muito distante do ponto que hoje alcançou.

    Depois trabalhei com Gabriel na Sudeco – Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste, um poderoso órgão de planejamento e de articulação política da região com o governo federal. Foi um período agradável, porque Gabriel era muito agradável. Falava alto, gesticulava muito, mas era amigo, acima de tudo. Obteve muitos recursos federais para nosso estado.

    Depois tivemos propriedades rurais em Acorizal. Ele vendeu a sua há uns três anos. Registro com extremo pesar a sua passagem, pela memória que ele representa daqueles jovens técnicos mato-grossenses que lançaram as bases do presente, em tempos de extrema dificuldade. Todos estão partindo, apesar de serem pessoas que ficaram na memória do tempo, mas não se registrou a sua participação na história de Mato Grosso e nem os seus sonhos, completamente utópicos naquela época. Gabriel se foi aos 74 anos.

    Gabriel deixa-me profunda lembrança pela nossa convivência, como a convivência com Páscoa, a esposa mineira que ele trouxe de Lavras, e os filhos Gabriel e Aclyse, ambos pessoas das letras, bons escritores e bons poetas.

     Não posso deixar de citar outros amigos da mesma época que também se foram nos últimos meses: o engenheiro Carmelito Torres e Estevão Torquato. Conheci-os na Cemat e depois ao longo da vida nesses anos todos. Levaram uma importante memória de Mato Grosso dos últimos 30 anos, justamente os anos que permitiram que o nosso estado saísse da utopia que eles sonharam e entrasse no século 21. Certamente foram sonhar outras utopias onde estiverem. 


ONOFRE RIBEIRO é articulista do Diário de Cuiabá e da revista RDM (onofreribeiro@terra.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Uma petista das causas bolsonaristas

edna sampaio 400   A emblemática vereadora petista Edna Sampaio (foto) se mostra a cada dia defensora das pautas bolsonaristas. Na Câmara de Cuiabá se aliou e vota combinado com os direitistas e conservadores tenente Paccola (Cidadania) e Michelly (DEM). No episódio em que a colega parlamentar fez uma "sarrada"...

Esperança do Procon por candidatura

gisela simona 400   Quem pensa que Gisela Simona (foto), aquela que perdeu para prefeita de Cuiabá e se queimou politicamente ao se aliar a Abílio no segundo turno, não se movimenta politicamente com interesse nas eleições de 2022 está redondamente enganado. Ela tenta, por tudo, reassumir a...

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...