Últimas

Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2009, 08h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

PALÁCIO ALENCASTRO

Galindo assume prefeitura em abril e recebe vários "abacaxis"

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Chico Galindo ficará responsável por executar obras e projetos, como PAC, rodoanel e avenida das Torres

   Chico Galindo está a cinco meses de assumir a cadeira de prefeito de Cuiabá, com expectativa de comandar o Palácio Alencastro por dois anos e oito meses. A exemplo de Dante de Oliveira (já falecido), que em 94 renunciou ao mandato para concorrer a governador, o prefeito Wilson Santos já começa a limpar as gavetas e transferir atribuições administrativas ao vice. O tucano já está em pré-campanha ao Palácio Paiaguás e pretende deixar o mandato até 5 de abril.

   Sobre os ombros de Galindo vão ficar não apenas o bônus na execução de um orçamento anual de R$ 1,3 bilhão, mas uma série de abacaxi a serem descascados, como as obras empacadas do PAC, a crise na saúde pública, o inchaço da máquina, dívidas milionárias que se acumulam há décadas e obras macro por concluir, como a avenida das Torres, o rodoanel e ainda os grandes projetos que, mesmo conduzidos pela Agecopa e pelo governo estadual, precisam do aval do Alencastro para concretização. A pressão da sociedade e dos organismos representativos aumenta sobre o gestor porque a capital mato-grossense será uma das 12 sedes da Copa do Mundo de 2014.

   Galindo não exerce hoje apenas a função de vice-prefeito. Tem mais compromissos e atribuições como secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão. A pedido de Santos, quase todas as ações das secretarias estão centralizadas no petebista. Ele é empresário, foi deputado estadual (2007/2008), preside o PTB regional e se tornou conhecido também pela sociedade que tinha com o irmão Altamiro Galindo, da Universidade de Cuiabá (Unic). Chico Galindo começou a atuar em Presidente Prudente (SP), onde foi candidato derrotado a prefeito e presidiu a Prudenco (93/94), autarquia que mantém a limpeza pública da cidade da alta paulista. Por conta de contratações sem concurso público na Prudenco, Galindo responde até hoje por atos de improbidade, situação que o tem incomodado.

    Mais do que o próprio Santos, o vice-prefeito e secretário torce para o projeto majoritário do amigo tucano vir a se consolidar. A proposta de assumir de vez o Alencastro é algo combinado desde o pleito do ano passado. Mesmo com um monte de abacaxi para descascar, Galindo se mostra pronto para tocar a maior e mais problemática prefeitura do Estado.

Postar um novo comentário

Comentários (39)

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É para isso que serve o vice-prefeito, assumir a Prefeitura e os abacaxis do município quando o Prefeito se vê impedido, e isso não seria diferente se Wilson Santos Permanecesse no trabalho à frente do Executivo da Capital, seria ele que estaria descascando abacaxis, se é de administrar signifique descascar abacaxi.

  • paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DEPOIS QUE CHAMAM ELE DE MENTIRO...

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de falar nesse momento à respeito do comentário da senhora MAGA, que diz que o Galinho não fez nada por Cuiabá. Senhora Maga, penso que tu não more em Cuiabá ou seja cega e paraplégica, pois basta andar pelos bairros de Cuiabá e verá que o que Wilson Santos fez é algo incomparável, e à administração do mesmo só compara a de Dante de Oliveira. Não tô dizendo isso por mim não, que inegavelmente sou simpático à figura politico/administradora de Wilson Santos, mas pela grande maioria dos que moram em Cuiabá. Senhora Magá, saía com sua cadeira de rodas pelos bairros, converse com a população e verá a aprovação de Wilson Santos, depois pode falar o que quiser.

  • CARLOS NASCIMENTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    GENTE EU FALEI, ESSE TAL DE PINÓKIO NAO CUMPRE OQUE FALA;


    VÁRIAS VX, S EU DISSE QUE ELE IA ABANDONAR A PREFEITURA.

    E O PINÓKIO JUROU, E PROGRAMA TE TV E COMIÇIOS QUE SEU COMPROMISSO COM CUIABÁ SERIA DE 4 ANOS COMO PREFEITO.


    O ´CONTADOR DE HISTORIAS MENTIU MAIS UMA VEZ AO POVO DE MATO GROSSO

    A RESPOSTA W, VEM EM 2010 NAS URNAS, POIS VC ESTÁ SE ACHANDO O IMBATIVEL


    VEREMOS SUA DERROTA COM TODAS SUAS MENTIRA JUNTAS.

  • ROBSON ANTUNES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O GALINDO É TAMBÉM CONHECIDO POR CHICO CAPELA, PROMETEU E NÃO CUMPRIU...A CONSTRUÇÃO DA CAPELINHA NO TERRA SANTA...PRA MIM...CUIABÁ TERÁ UM GRANDE ABACAXIZÃO NO EXECUTIVO...O PRÓPRIO GALINDO..XÔ!!!!

  • pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    hora srº galo irso santos, o senhor jurou na campanha que não deixaria a prefeitura, mas como sabemos que politico não tem palavra
    isso não é novidade para mim, e a prefeitura vai, ficar a deriva com o galindo, só por Deus mesmo, e vc vai perder p/ governo e depois volta p/ prefeirura? se não voltar melhor ainda. porque p/ governo se não leva, pode criar internet gratis pode criar o que quiser que o povo ja esta escolado com vc, nem a pau juvenal, se ta achando que fazer o povo de bobo tem limite e ja passou

  • kiko | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Quem vai ganhar com isso é o povo cuiabano, vai ganhar mais um .....( esse é comprovado tem diverços processos na justiça por desvio de dinheiro publico ) na prefeitura, e na verdade vamos trocar seis por meia duzia, porque quem mente roba e quem roba mente.

    E quem arca com a dispesa é o povo cuiabano.

  • Reinaldo Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O vice -Prefeito de Cuiabá,chico galindo é um um homem público extremamente preparado para assumir qualquer função pública,prova disto são os resultados obtidos pelo mesmo por conta de suas gestões por onde passou.É lógico que certas ascendências principalmente na vida pública incomoda muita gente e cria uma mexa de pessimistas que torcem para que aconteçaquanto pior,melhor.Finalmente o Vice Chico Galindo terá oportunidade de mostrar a sua capacidade de gestão e com certeza irá surpreender muita gente,pois no futuro terá o apoio do governador WILSON SANTOS.

  • Iris de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem sabe quando assumir o Galindo acaba com esta onda de nepotismo que assola a prefeitura de Cuiabá. Onde está o Ministério público e o Tribunal de Contas que não vê isto?É uma vergonha!!!!

  • ZÉ DO PONTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ô Gernano,eu acho que o ceguinho aqui é você,ou está com os óculos vencidos. Mandar uma cega andar pôr Cuiabá ,só mesmo um sadomasoquista,pois na certa a coitada não andaria 100 metros e seria atropelada ou quando menos tropeçaria nas crateras do Pinóquio. Cadê a acessibilidade da tucanalha? Não temos calçadas adequadas,faixas de pedestres e muito rampas de acesso,o que seria o mínimo. Olhar as obras do Pinóquio e do Dante? Eu diria só com super óculos ou com super sálario de D.A.S.

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...