Últimas

Segunda-Feira, 30 de Março de 2009, 16h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

BASTIDORES

Governador chama rebeldes do PR para evitar debandada

  A comissão de rebeldes do PR está reunida neste momento no Palácio Paiaguás com o governador Blairo Maggi. Ele fez a convocação de surpresa. Estão no encontro a portas fechadas o presidente regional do partido, Moisés Sachetti, o secretário-geral Emanuel Pinheiro, o deputado federal Homero Pereira e os estaduais Mauro Savi e João Malheiros. Da comissão, faltou o federal Wellington Fagundes.

  Maggi ficou preocupado com a onda de descontentamento com o governo que começou a se formar dentro do PR, maior legenda do Estado, com 33 prefeitos, 17 vices, 227 vereadores, 5 deputados estaduais e 2 federais. A direção estadual alega que se sente impotente e com dificuldades para conter algumas desfiliações em bloco. A maior reclamação é porque o Paiaguás estaria prestigiando outros partidos, principalmente com nomeações em cargos DAS, em detrimento do próprio PR. A reunião deve servir para a cúpula republicana "lavar roupa suja". Maggi pode aproveitar o encontro para anunciar seu futuro político. A tendência é que desista da pré-candidatura ao Senado para virar ministro dos Transportes do governo do presidente Lula.

(Às 17h53) - Jornalistas aguardam o resultado da reunião entre Maggi e comissão

   Aos poucos, repórteres estão chegando no Palácio Paiaguás para cobrir a reunião entre o governador, membros da direção estadual do PR e das bancadas estadual e federal. O encontro não tem hora para terminar. Moisés Sachetti, que preside a legenda, começou a pontuar uma série de reclamações. Ele está cobrando uma postura mais firme e partidária de Blairo Maggi e maior prestígio do chefe do Executivo para com o partido. Moisés Sachetti lembrou que em Rondonópolis, o diretório municipal, sob o seu irmão e ex-prefeito Adilton Sachetti, também está tendo dificuldade para "segurar" os filiados e um grupo de vereadores, que não conseguem emplacar indicações em cargos do Estado no município, como diretoria da cadeia pública e da penitenciária Mata Grande.

(Às 18h23) - Governador se comprometeu a ouvir mais o PR, diz líder do Executivo

  Termina a reunião. O deputado Mauro Savi, líder do governo na Assembleia, disse, ao deixar o gabinete do governador, que cobrou uma postura de Maggi quanto à satisfação ao PR e este se comprometeu a ouvir mais a legenda, principalmente para as nomeações de cargos. "Cobramos do governador que as coisas precisam ser combinadas e que dê mais espaço na administração para o PR. Ele disse que precisa manter a governabilidade e que vai ter mais diálogo com o partido. Sendo assim, saio do encontro contente", destacou Mauro Savi.

(Às 18h33) - Maggi avisa que vai dispensar Ministério e quer buscar vaga no Senado

   Blairo Maggi revelou, na reunião com a comissão de rebeldes do PR, que vai dispensar o convite antecipado do presidente Lula para assumir o Ministério dos Transportes. Ele assegurou que sua intenção é concorrer a uma das duas cadeiras de Senado, a serem abertas com o vencimento dos mandatos dos senadores Serys Marly (PT) e de Gilberto Goellner (DEM). Maggi se pronunciou ao ser provocado sobre seu futuro político.

(Às 18h38) - Maurição, Mendes e Sérgio surgem como opção do PR para governador

Maurição, prefeito de Água Boa  Mauro Savi revelou, ao deixar a reunião que teve com o governador Blairo Maggi junto com outros líderes do PR, que o partido voltou a admitir a possibilidade de lançar para governador o empresário Mauro Mendes, derrotado à Prefeitura de Cuiabá no ano passado. Disse também que, em meio ao debate, o nome do deputado estadual Sérgio Ricardo, e também do pecuarista e prefeito de Água Boa, Maurício Tonhá, o Maurição, foram apresentados como alternativas. No caso de Mendes, há um complicador. Ele está inelegível pelos próximos três anos. A condenação em primeira instância veio junto com pagamento de multa por crime eleitoral em 2008.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Marcos Aurelio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E tome laranjada!!

  • manoel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    aff... ningem merece esse governadorzinho querer ser ministro de transporte credoooooooo.........

  • jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma ótima opção, que realmente engrandeceria Mato Grosso, embora a minha torcida seja para: Mario Roberto Candia de Figueiredo.
    Competente e do ramo.











































































  • João CARLOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NA HORA QUE O GVERNADOR PRESISOU DESTES DEPUTADOS PARA APOIAR MAURO MENDES NINQUEM VESTIU A CAMISA E AGORA QUEREM MAS CARGOS E OS LIDERES QUE VERDADEIRAMENTE VESTIRAM A CAMISA TEM DE FICAR FORA,ISTO É UMA PIADA.NÃO SEDA GOVERNADOR ABRA ESPAÇO REALMENTE PARA QUEM MERECE.

  • Atayde | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    45 neles

  • jose medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o problema do pr nao vai se resolver nesta reunião e o futuro do governador politicamente se continuar assim tem prazo de validade.

    ocorre que vivemos em um sistema capitalista, e esse sistema deu tão certo porque ele é a cara da personalidade humana, ou seja farinha pouca meu pirão primeiro.
    entretanto o governador suponho que tenha sido ele, disseminou uma filosofia, holistica na qual o que importa é o coletivo o todo é mais importante que o individual.
    lindo isso, mas ocorre que o todo é feito de pequenas partes, pra ser bem redundante.
    entao fica assim o individuo procura o governo, nao consegue ser nem recebido porque os secretarios consideram quase um crime atender demandas indiciduais.
    as associações procuram o governo e houvem a metafora do Pagot de que o estado é uma grande floresta e que a preocupação tem que ser com a floresta e nao com apenas uma arvore ou um grupo delas.
    entao é assim...um dia cai uma arvore outro dia outra quando menos se esperar, a floresta se foi.
    è assim o Homero esta se dando muita importancia, aquel negocio dele dizer que nao consegue falar com ninguem que nao o atendem, nao é só com ele não.
    Estes secretários voce tem dificuldade de falar com eles até pra tratar interesses do proprio governo.
    Entao o PR descobriu tarde, nós do PPS sentimos isso na pele tambem quando o governador era do partido.
    desse mato ai nao sai coelho, todo pleito é trattado com as dificuldade e os entraves burocraticos de praxe, eu não perco tempo em nem tentar.

  • carlos portela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o sergio ricardo foi um covarde na hora que o pr precisou dele para apoiar o mauro mendes e tambem um traira porque alem de nao ajudar seu partido ainda pedia voto pra wilson santos e nao fazia questao d esconder as ofenças ao governador brairo magi

  • gustavo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SERGIO RICARDO BEM QUE PODERIA MAS NAO AJUDOU O NOSSO AMIGO MAURO MENDES AGORA NAO PODE CHORRAR O LEITE ... SERGIO O PR NAO QUER VC PARA O GOVERNO AI MINHA GENTE VCS VAO VER O SERGIO APOIAR O WILSON MENTIRA COMO ELE APOIO..

  • antonio carmos pinheiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu quero saber quem vai ateder os vereadores do intrior pois esses sim tem dificuldade e não tem a quem recorrer,como eu apoiei o melhor prefeito de todos os tempos de comodoro e por falta de apoio politicos perdemos a eleição e agora. ele já não era ouvido e agora que perdeu como fica? por isso quero que alguem do pr me responda

  • renato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o mauricião é um bom nome , se tira dele a arrogancia pode até conseguir alguns votos , mais não creio nesse nome .

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.