Últimas

Sexta-Feira, 09 de Fevereiro de 2007, 06h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Governador frustra os 14 novos parlamentares

    Blairo Maggi disse que os novos deputados, que chegaram à Assembléia cheios de sonhos, desejos e ávidos por projetos, precisam entender qual é o tamanho do Estado e o que o governo pode responder aos seus anseios. Adianta que o Estado não tem capacidade financeira orçamentária 'para resolver todos os problemas de uma vez só'.

     Sua mensagem representa um balde de água fria, principalmente sobre os 14 parlamentares que há uma semana assumiram cadeira no legislativo mato-grossense pela primeira vez. Maggi disse que todos os novos deputados chegam trazendo muitos sonhos. "Eles trazem nas suas bagagens, nas suas malas verdadeiras montanhas de projetos e desejos e das prioridades das regiões das quais vieram", comenta o governador. Em seguida, completa: "Com o tempo, eles terão de entender qual é o tamanho deste Estado, qual é o potencial e o quanto o Estado pode responder aos anseios".

    Como o governo mato-grossense não tem condições orçamentária e financeira para fazer grandes investimentos, Blairo Maggi aponta que a alternativa é ter capacidade de disernir prioridade dentro das prioridades e, a partir daí, passar à execução. Disse que, nesse caso, a Assembléia tem ajudado o Poder Executivo.

    Maggi conta que nos primeiros quatro anos de mandato o governo fez muitos cortes. "Fizemos contingenciamento, redução de pessoal e de custos". Segundo o governador, foram cortados mais de R$ 500 milhões de custeio da máquina no último ano para poder fechar as contas. Adianta que não é porque a economia começa a melhorar que vai afrouxar as contas e o controle.

    Estrutura

    O governo do Estado é conduzido por um orçamento anual de R$ 6 bilhões, dos quais 23% são consumidos com pagamento da dívida pública. Sua estrutura é composta por 22 secretarias, além de órgãos, empresas e autarquias. Juntos, empregam cerca de 80 mil servidores. A folha salarial supera a R$ 100 milhões por mês.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prédio da Câmara receberá decoração

misael 400 curtinha   A Câmara Municipal de Cuiabá vai gastar R$ 41 mil com decoração natalina. E quem executará os serviços para deixar o prédio do Legislativo todo iluminado é a Capriata de Souza Lima & Souza, vencedora do pregão eletrônico. Com seus 25 vereadores, 521...

Avalone aposta em Nigro pra prefeito

carlos avalone 400 curtinha   Carlos Avalone (foto), hoje vice-presidente da Executiva estadual do PSDB, está cheio de planos como futuro presidente tucano. Já anunciou que em fevereiro Paulo Borges renuncia ao comando partidário e, então, passa a tocar a legenda no Estado e com a missão de coordenar os trabalhos...

"Choque" de agenda de EP e de MM

mauro mendes 400 curtinha   Prefeitos e primeiras-damas estão sendo convidados para dois eventos programados para o mesmo dia e horário, em Cuiabá. Um partiu do prefeito Emanuel Pinheiro, que entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá em 18 de novembro, às 20h, e espalhou convites para tanto gestores municipais,...

Mutirão já negociou quase R$ 40 mi

O Mutirão Fiscal Fecha Acordo do Governo de Mato Grosso, em parceria com o Judiciário, já negociou, na primeira semana, R$ 22.430 contratos, somando brutos R$ 37,7 milhões. E, com os descontos, ficaram em R$ 20,8 milhões, sendo R$ 12 milhões à vista. As negociações são feitas por meio da PGE e da Sefaz. O mutirão começou em 1º de novembro e segue até o próximo dia 29. Funciona no segundo...

Parceiros pra eventos de final de ano

emanuel pinheiro marcia 400 curtinha   Esta semana o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro e a primeira-dama Márcia, que faz trabalho social voluntário, iniciam a maratona de reuniões com empresários em busca de apoio e parcerias para realização de festas natalinas e do réveillon. A ideia é,...

Fora da disputa e elogios à prefeita

toninho domingos 400 curtinha   Irmão do ex-prefeito Murilo Domingos (já falecido), o empresário Toninho Domingos (foto), que foi vice-prefeito por duas vezes, das gestões Nereu Botelho (94/98) e Jayme Campos (2001/2004), disse neste domingo que não está animado para concorrer à sucessão em...