Últimas

Sábado, 27 de Junho de 2009, 09h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

JUDICIÁRIO

Governador já nomeou 4 para TJ; Prado deve ser o próximo

  Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Blairo Maggi é o governador que mais tem nomeado membros do MPE e da OAB ao cargo de desembargador

  No sétimo e penúltimo ano de mandato, o governador Blairo Maggi está atraindo para si o poder de decisão de nomear mais membros do Ministério Público e da OAB das três últimas gestões para cargo vitalício de desembargador no lugar de magistrados que foram promovidos logo após a divisão territorial de Mato Grosso, quando surgiu o vizinho Mato Grosso do Sul, em 1.979. À época da divisão, o Pleno do Tribunal de Justiça era composto por somente 9 desembargadores e a maioria optou por atuar em MS. Por causa dessas vacâncias, o então governador Frederico Campos, último nomeado pelo regime militar (64/85), acabou por assinar várias promoções.

   Desembargadores como Benedito Pereira do Nascimento e Shelma Lombardi, promovidos à época, vieram se aposentar agora. Por mais que neguem e sustentem o argumento de que os Poderes são independentes, candidatos ao cargo vitalício de desembargador acabam recorrendo ao chefe do Executivo, principalmente quando se trata de indicação pelo quinto constitucional da OAB ou do Ministério Público. É nessa hora que entram as articulações de bastidores e percebe-se o poder da caneta do governador, a quem cabe, a partir de uma lista tríplice, escolher o nome a ser promovido. Ele recebe vários pleitos, até mesmo de ministros interessados em emplacar determinado nome ao posto de desembargador que hoje receber R$ 22 mil mensais, fora uma série de regalias e privilégios.

-------------------------------------
Ex-chefe do MPE, Paulo Prado se articula nos
bastidores para ser promovido à cadeira
de desembargador no lugar de Leônidas

-------------------------------------

   Maggi já nomeou Maria Helena Póvoas, Luiz Ferreira, Guiomar Teodoro e Paulo Cunha. No próximo ano, o MPE terá a chance de indicar mais um nome para substituir o desembargador Leônidas Duarte Monteiro. Desde já se movimenta de olho no cargo vitalício e sem alarde o procurador Paulo Prado, que deixou este ano o comando do MPE, depois de dois mandatos. Prado se diz "chegado" do governador. Sua gestão foi marcada por cordialidade, numa relação muito próxima com o Palácio Paiaguás.

   Nos últimos três anos já se aposentaram 6 desembargadores. A última foi Shelma Lombardi. Sua vaga, pelo critério de merecimento entre os juízes de entrância especial, ainda está em processo de escolha. Até o próximo ano, quando se encerra o mandato de Maggi, serão mais cinco desembargadores a entrar na compulsória, totalizando 11 (33%) dos 30 magistrados com assento no Pleno do TJ. De 2007 para cá se aposentaram Ernani Vieira de Souza, Munir Feguri, Omar Rodrigues de Almeida, Licínio Capinelli Stefanni, Benedito Pereira e Shelma. Em setembro será a vez de Díocles de Figueiredo. Em 2010 vão ser outros quatro desembargadores: Leônidas, Donato Fortunato Ojeda, Jurandir Florêncio de Castilho e Antônio Bittar.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Sonia Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Paulo Prado tem todo o perfil para ir para o TJ: puxa saco, conivente e só pensa em si mesmo! Dê a vaga logo para ele governador. Afinal de contas até na boate de seu filho ele vai para ser articular! Durante o tempo que esteve no comando do MP não organizou nenhum movimento contra a corrupção no Executivo, não mobilizou equipe e a única coisa que fez foi fazer campanhas, construir prédios e melhorar salário, logo, leva logo esse ser provido de luz para o grupo onde ele merece estar!

  • juanito jr filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eta cuiabanos desmemoriados esse SENHOR deu acerca de 8 anos atras a guarda de uma criança que ja estava adotada por uma familia cheia de amor a sua mae biologica usuaria dedrogas a menor ACL essa drogada matou acriança de fome e ficou impune quem era o promotor causador dessa aberração , PP, é chega disso gente agora vão dizer que esqueram deu lulyte, nao sabem nao lembrem RD NEWS ESMIUÇA O CASO PRA NÓS É UM DESPAUTERIO ESSE SENHOR VIRAR DESEMBARGADOR ELE JA FOI LONGE DEMAIS SUA DECISÃO AUXILIOU PARA QUE A VIDA DE UMA CRIANÇA INOCENTE FOSSE CEIFADA.

  • Eleotério Andrade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acredito que o Governador poderia indicar o Dr. Marcos Machado tendo em vista que ele além de possuir todos os requisitos legais para assumir o cargo, possui também notório saber jurídico. Ademais, tem excelentes serviços prestados ao Estado de Mato Grosso.
    Nada mais justo!

  • LAURO EUBANK | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Romilson, li com satisfacao a materia que noticia a possibilidade de Dr. Paulo Prado ser indicado para compor o Tribunal de Justica. Prefiro olhar pela otica dos acertos do que por eventuais desacertos. Como Poconeano, neto de Mineco e Dona Angela, vejo nele um bom e dedicado filho, que nunca se esqueceu de suas origens, fomos praticamente criados juntos. Homem religioso e determinado. Por isso e por outras chegou onde chegou. Conduziu o Ministerio Publico em local de destaque no Estado de Mato Grosso, valorizando o trabalho de Promotores e Procuradores. Talvez por isso incomoda. Tenho certeza que se la chegar ira cuntribuir e muito para o engrandeimento do Judiciario, que alias e quem decide, pois na condicao de Representante do Ministerio Publico e mero parecerista, nao devendo atribuir a ele eventuais erros. Estamos torcendo por ele. Forte abraco

    LAURO EUBANK

  • ronaldo prita vista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    bem lembrado a atuação deste ilustissimo senhor na vara da infancia. carrega nas suas costas a responssabilidade de ter colaborado pela morte desta criança. somente o GADU e somente este saberá te dar um justo destino.

  • Fernando Cezar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É só no Brasil que galo faz farra no seu terreiro e elege raposa para tomar conta do seu galinheiro.

  • jorge matrixJ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O DOUTOR PAULO PRADO É E SEMPRE SERÁ O MELHOR DESEMBARGADOR, POIS JA ESTA PREPARADO PARA COMANDAR ESTAS PASTAS, PELA SUA DEVASTA EXPERIENCIA NO JUDICIARIO.QUANDO EXERCEU SUA PASTA DO COMANDO DA PROMOTORIA DA INFANCIA E ADOSLESCENCIA DESENPENHOU UM ÓTIMO TRABALHO NA SUA GESTAO.SEJA BEM VINDO C O SENHOR FOR AGRACIADO COM O TITULO DE DESENBARGADOR,JESUS TI ILUMINE PARA PODER TOMAR AS SUAS DECISOES. SEJA FELIZ

  • sebastiao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os três Poderes são armônicos entre sí, quando o assunto esta relacionado ao BALCÃO DE NEGÓCIO em que se tornaram - (negócios para eles, membros dos clubinhos ou seja partidos politicos).

  • Sandro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse governador tem moral para fazer o que ele quiser. Ja provou que é serio. Q que ta errado é algumas pessoas torcerem contra. Ateda copa ja tem gente falando mau.Aqui em Cuiabá o interresse pessoal é acima de tudo infeslismente.

  • Paulo Cesar Correa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O MP de Mato Grosso possui outros nomes fortes e de competencia juridica para ocupar a vaga destinada do quinto constitucional, como o Dr. BENEDITO CORBELINO Procurador de Justiça e ex-secretario de justiça e segurança, E MARCOS MACHADO. São portanto, pessoas de notório saber juridico e, isso é incontestável pelos brilhantes pareceres proferidos.

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...