Últimas

Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2008, 20h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

Governador passa mal antes da posse no TCE

   O governador Blairo Maggi passou mal por cerca de dois minutos nesta quinta, logo após subir três degraus do prédio da Escola de Contas do TCE, onde foi realizado a posse do conselheiro Antonio Joaquim, como novo presidente do Tribunal. Maggi chegou no novo complexo do Tribunal de Contas do Estado às 16h10. Resolveu utilizar a escadaria e, junto com jornalistas, subiu até o terceiro andar, onde se localiza o auditório.

   Ainda um tanto ofegante, o governador começou a conceder entrevista. Assim que o repórter-apresentador Toninho de Souza, da TV Record Canal 10, o perguntou sobre como o TCE poderia ajudar o governo na aplicação correta dos recursos públicos, Maggi colocou uma das mãos sobre o peito e deu sinal de que não estava bem. Ele segurou num dos braços de uma repórter ao lado e disse: "Estou com falta de ar. Estou desconfortado". Passados aproximadamente dois minutos, Maggi se mostrou recuperado do susto, apesar do semblante pálido.

   Aos 51 anos de idade e já dentro do sexto ano de mandato, o governador tem enfrentado uma agenda intensa nesta semana. A "explosão" dos números, apontando elevação do desmatamento em Mato Grosso, o que trouxe repercussão internacional, deixou Maggi nervoso e preocupado. Ele esteve nesta quarta em Marcelândia e Sinop (nortão). Sobrevoou a região em companhia de três ministros. Depois, mergulhou nas discussões sobre a crise ambiental. Bateu duro na contestação dos números do Inpe, órgão do governo federal, para quem foram divulgados de forma equivocada.

   Antes, esteve despachando na secretaria estadual de Meio Ambiente e ouviu muitas reclamações e reivindicações dos servidores. Nesta quinta, o chefe do Poder Executivo Estadual inaugurou obras no distrito da Guia, em Cuiabá e, à tarde, entre outros compromissos, esteve na posse de Antonio Joaquim no TCE.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A obra farraônica deve ter sido a causa do mal estar do governador, que recebe combranças para melhorar a saúde, educação e segurança pública, e a menos de 1 Km hospital cental , praticamente abandonado. Conselheidos vocês não dependem da Saúde e educação Pública podem gastar, empregar familhiares, gazolina avontade e outras inùmaras mordomias.

  • Neide | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tenho somente a pedir ao nosso governador que cuide da saude.Seu jeito de administrar o estado nao tem melho ,admiro muito como pessoa e politico. Voce Governador eh ETICO em todos os sentidos. Nas ultimas eleiçoes para governo votei somente para o Senhor, foi meu unico voto dos cinco que somos OBRIGADOS a votar. Entao peço que cuide da saude, pois nesta eleiçao se for recandidatar sera novamente meu unico candidato, porque a coisa esta preta. Governador,o senhor foi o unico que passou pelo Palacio e teve a preocupaçao de construir a Praça das Bandeiras(nao teve o interesse de roubar) e eh por isso e outras qualidades suas que o admiro tanto.Muita Paz e Saude ao Senhor e sua familia.Abraços

  • Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0




    ....o Governador Blairo Maggi acaba de dar uma entrevista na Tv Brasil- Record 24h - Cuiabá, que mudaria do Brasil caso tivesse 1 ha de mata destruida em suas fazendas nos últimos 10 anos e caso tenha qualquer denúcia de escravidão e trbalhos forçados por sua família.

  • ricardo felipe dos santos gouveia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Desejo muita saúde ao governador Blairo. Por tudo que ele passou nesta semana onde foi publicado em toda mídia nacional e internacional sobre a situação lamentável da gestão ambiental do Estado, vejo que certos setores o estão pressionando a contestar números incontestáveis do inpe, quando a estratégia correta, inclusive como homem honesto e realmente preocupado com a área ambiental, seria a de adotar uma força tarefa estadual para resolver esse pepinão ambiental. Vejo também que o governador está muito mal assessorado na área ambiental, particularmente em relação ao pessoal que ele colocou na sema, e a saída para esta dor de cabeça é simples, meu governador (votei no senhor), demita essa turma toda, refaça a politica ambiental do Estado, antes que esse pessoal mate o senhor de tanta preocupação e dor de cabeça.

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito embora nutra alguns antagonismos conceituais a respeito da administração Blairo Maggi, ainda assim, causa-me preocupação o mal estar sofrido pelo nosso Governador. As causas desse desiderato, por certo, foram as notícias negativas, repercutidas em caráter nacional, envolvendo o nome do Estado de Mato Grosso, tais como a comprovação de trabvalho em sub-condições humanas numa ds fazendas de Eraí Maggi; o estardalhaço midiático quanto ao fato de sua Excelência ser o terceiro Governador de Estado que mais viagens realizou duranteo ano de 2.007 e, por último, esta a mais demolidora, os números do INPE indicando Mato Grosso como um dos campeões de desmatamento no país. Tais acontecimentos, po certo, abalariam a saúde de quaquer um, principalmente de um Governador que, muito embora não lhe seja seu fã, vem trabalhando em prol do desenvolvimento de Mato Grosso e de sua gente. Assim, neste momento, quero manifestar o meu desejo expresso de que sua Excelência continue a gozar de uma ótima saúde e que esse mal estar passageiro seja, realmente, passageiro, para a nossa felicidde e de todos aqueles que amam o nosso Estado.

  • Jose Carlos de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é moage do governador.

  • Emerson Padilha Berger | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    LÍ O COMENTÁRIO DO RICARDO FELIPE QUE PRECONIZAVA UMA AÇÃO PRÓATIVA DO ESTADO PARA COMBATE AO DESMATAMENTO, UMA FORÇA TAREFA. ACHO ÓTIMA A IDÉIA, EMBORA QUALQUER AÇÃO DO ESTADO HOJE RESSOA COM POUCA CREDIBILIDADE DEVIDO AOS PROVÁVEIS INTERESSES ECONÔMICOS OBSCUROS QUE POSSA ESTAR ESCONDENDO. NO ENTANTO, A OPERAÇÃO DA POLICIA FEDERAL AGORA EM FEVEREIRO É QUE VAI MOSTRAR A AGIR SOBRE OS RESPONSÁVEIS PELO DESMATAMENTO, OU AQUELES QUE TENTAM ENCOBRIR TAIS INDICES REVELADOS PELO INPE, INCLUSIVES DIRIGENTES PÚBLICOS. A SOCIEDADE BRASILEIRA ESPERA UMA FAXINA TOTAL.

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

Novo cargo de 2º escalão em Cuiabá

ricardo lobo 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro criou um novo cargo dentro da estrutura do segundo escalão do Palácio Alencastro. É a figura do secretário-adjunto de Relações Comunitárias, espécie de porta-voz de mais de 300 bairros. E quem estreia no posto é Ricardo Lobo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.