Últimas

Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2009, 18h:16 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

EXCLUSIVO

Governador pede a secretários unidade no discurso pró-Silval



Governador Blairo Maggi conduz reunião com secretariado nesta 2ª, pede empenho e motivação da equipe e, ao final, defende unidade do discurso pela pré-candidatura de seu vice Silval Barbosa (PMDB) ao Paiaguás

   Blairo Maggi pediu empenho e motivação nesta segunda à tarde, na primeira reunião com o secretariado após o período de 15 dias de férias, e reafirmou que o seu pré-candidato à sucessão estadual é o vice-governador e peemedebista Silval Barbosa. "Quero pedir a unidade de todos os secretários pela candidatura do Silval", destacou o governador, durante a reunião do Palácio Paiaguás que durou duas horas, das 14h às 16h. Primeiro, Maggi solicitou que todos do staff estejam motivados. Segundo ele, "é preciso que continuem firmes até o final do mandato". Disse que não aceita que ninguém se desanime nesta reta final da administração e que prossigam trabalhando como se a gestão estivesse começando agora. Maggi comanda o Estado desde janeiro de 2003. Foi reeleito em 2006 e seu mandato de oito anos encerra em dezembro de 2010. No encontro, ele não tocou no assunto quanto a hipótese de renunciar ao mandato para abrir espaço a Silval na cadeira de governador.

  Depois da abordagem das questões administrativas, Blairo Maggi entrou na questão política eleitoral. Ele disse que respeita o posicionamento daqueles secretários que são de outros partidos, como Nelgo Egon (Desenvolvimento Rural) e José Aparecido, o Cidinho (Projetos Estratégicos), que estão no DEM, assim como Chico Daltro (Ciência e Tecnologia), que preside o PP, o petista Ságuas Moraes (Educação), e o presidente do Detram, Teodoro Lopes, o Dóia, que pertence aos quadros do PSB. Já os demais secretários, na avaliação de Maggi, devem se empenhar e construir discurso em torno do nome de Silval para governador. Ele não quer nenhum membro do primeiro escalão com discurso destoante daquele em defesa do nome de Silval.

    Sentada do lado direito do marido, a primeira-dama e secretária Terezinha Maggi ouviu em silêncio o apelo. Na semana passada, ela chegou a defender a pré-candidatura à sucessão estadual do empresário Mauro Mendes (PR), presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiemt). Agora, sob orientação do governador, Terezinha deve virar Silval de "carteirinha".

Silval diz que candidatura representa continuidade e que "MT não pode retroceder"

Ao final, o vice-governador, presente à reunião desde o começo, inclusive sentado do lado esquerdo do governador, fez agradecimentos à demonstração de apoio e solidariedade. Segundo ele, sua pré-candidatura ao Paiaguás representa o projeto da continuidade do atual governo. Disse, numa referência a futuros adversários nas urnas, como o tucano Wilson Santos, que "Mato Grosso não pode retroceder". Contou que, como deputado estadual, acompanhou outras administrações e lançava desafios, tanto que prometia um carro para quem apontasse uma obra no Nortão feita pelo governo da época. Foi com esse sentimento de isolamento e de exclusão que Silval comenta que, à época do governo Dante de Oliveira (1995/2002), defendeu o projeto do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) por uma nova divisão territorial do Estado. Hoje, segundo ele, todas as regiões estão integradas com ações governamentais e, por isso, não há mais razão para sustentar a tese da divisão.

   Secretários do PP, do DEM e do PT discursaram também no encontro do staff. Todos enfatizaram que vão aguardar definições partidárias, mas se manifestaram favoráveis a uma composição em defesa do nome do peemedebista Silval para governador. Em nome do PSB, Dóia seguiu na mesma linha. (Romilson Dourado)


Em reunião com staff, Blairo Maggi afirma entender a situação daqueles que estão em outras siglas, como DEM, PP, PT e PSB, mas cobra lealdade e apoio para Silval daqueles sem legenda ou que estejam no PR
Fotos: Edson Rodrigues

Postar um novo comentário

Comentários (25)

  • edgar graciano marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUERO PEDIR A TODOS OS ELEITORES, NÃO VOTE MAIS EM NENHUM POLITICO QUE NÃO E DE CHAPA E CRUZ, ESTÃO CHAMANDO OS CUIABANO DE INCOMPETENTES, SEM PROJETOS PRO POVO MATOGROSSENSE,SAI FORA CLANDESTINOS!!!!!!O POVO VAI SABER VOTAR....

  • Roberto Augusto Mello | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu acho que o Governador Blairo esta cerinho, temos que dar continuidade e seriedade na admistração, aqueles que estão xiando é porque esta louco para pegar uma boquinha na teta do governo, e sabe que com a administração atual não tem essa de ficar xupando na teta do governo, esse tempo ja foi.....Vamos trabalhar para a continuidade, Time que esta ganhando não se mexe.....força Blairo e Silval, aqueles que realmente gosto de Mato Grosso estão com vcs.

  • cidadã | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ricardo Alessandro,
    Você esqueceu de falar sobre o caus que esta na Cultura do Estado. Até agora não se tem um secretário adjunto. O secretário que lá está Ricardo, fala de porta aberta que não quer ficar na cultura e que BM é que quer que ele fique... Agora vamos falar sério. Nós merecemos tudo isso, por não sabermos VOTAR.

    Avança MATO GROSSO!!!!!!!

    Há de ter nomes que não seja esses que estão peliteano o governo e a COPA 2014...

  • SELMO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só faltam 15 meses ...nao vejo a hora desses botinados voltarem para suas fazendas!!!


    Continuidade ! me diz em falta esfera? SAUDE UMA M... SEGURANÇA UM CAOS, SOCIAL NOSSA NEM ME FALA!!!!


    Nessa reuniao nao vi nimguiem do PT presente!

  • ricardo josé de arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ihhh blairo, lamento informar, mas, pode até pintar de ouro esse seu vice que não decola de jeito nenhum, sabe porquê? o cara não tem carisma nenhum, está envolvido em esquemas com madeireira e favorecimento de terceiros no governo do estado (pena que o ministério público que sabe de tudo, mas, está conivente), e também, o cara é o simbolo da luta pela divisão do estado, e ninguém esquece disso. até bezerra, que é queimadíssimo, consegue mais votos do que o seu vice.

  • Celino Teodoro de Melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MT não vai retroceder? Vamos voltar a era Bezerra. Governador você só se esqueceu de falar com o povo. O Sr. acha que nós queremos esse pemedebista no governo? Toma vergonha cambada de botinudos. Vocês acham que votaremos em alguém indicado e apoiado pelo PR. Em 2010 queremos o novo na política. Vamos começar tudo de novo. Chega dessas velhas raposas sedentas de poder.

  • Marcos valério de almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Ilustrissimo Governador enganou o povo de vazea grande para votar no Murilo domingo que é um dorminhoco e não manda nem no seu nariz, agora que dar continuidade no seu excelente governo... Parabéns blairo...

  • Antonio Fangundes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Jackson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esqueci dá um pedaço da manga pró Totó Parente.

  • Ricardo Alexsandro Anzil | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tudo bem então vamos defender a continuidade :
    Na Educação: Mato Grosso ainda figura com um dos piores níveis da educação do País, tanto que o Governo não cumpre o mínimo de 25% de investimentos na educação.
    Na Segurança Publica: Os números de violência só aumentaram na gestão Maggi, as cadeias são um caldeirão de polvora, sálario digno só para os altos escalões da policia.
    No Social: Usou o programa o Fethab, criado no Governo Dante que o mesmo disse que ia acabar no seu governo para construir casas, de seu governo mesmo nada de novo.
    E o Progresso do asfalto está chegando principalmente nas regiões onde tem empresas da Amaggi e fazendas do Grupo Amaggi. Esse é o governo da continuidade que estão pregando. Agora é só escolher dar continuidade ou não , tá na mão do povo .

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.